Sananda - Vocês Não São Pastores de Ovelhas

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!


A minha vinda que hoje mais uma vez, é repleta de muita alegria, de muita gratidão. Me sinto com a mesma energia, com o mesmo amor, com a mesma missão que tive há dois mil anos atrás. Passar toda minha verdade, passar toda a verdade de Deus Pai/Mãe, para cada um de vocês. Jamais me cansarei de dar glórias ao Pai, de poder hoje voltar a ter voz, me fazer ouvir novamente. Apenas, ainda tem um pedacinho de meu coração que fica apertado. Sim, não se esqueçam que eu vivi como humano; eu sei o que é ter um coração apertado de dor, de sofrimento, por perceber que tantos filhos neste planeta não conseguem ouvir a minha voz; por perceber que foram tão modificados, tão manipulados, que não se permitem viver a verdade. Preferem acreditar nas mentiras estapafúrdias, do que ver uma verdade tão simples.


Mas neste momento, ao mesmo tempo em que tenho o coração apertado, também tenho uma grande esperança, também tenho muita alegria no futuro que virá. Porque será o momento da verdade, será o momento da revelação, será o momento do palco daquele grande teatro desabar. Os teatros estão caindo, estão desmoronando, as peças não podem mais serem encenadas, os atores não estão conseguindo mais ter público para as suas estranhas palavras. Sim, reconheço que ainda tem muita palavra sendo dita e ouvida, mas isto está chegando ao fim.


Tudo aquilo que não for bom para cada um de vocês, será eliminado do planeta; não haverá mais nenhum tipo de manipulação desta maneira. Todos conhecerão a verdade, todos terão acesso à realidade. Infelizmente temos total consciência que nem todos irão acreditar. Muitos estão tão envolvidos, tão entranhados, tão acomodados e moldados a toda esta rede de mentiras, que será muito difícil para eles aceitar a verdade. Jurarão até o fim, que esta verdade é que é a mentira, não aceitarão o que será dito. Não se permitirão viver este Mundo Novo; brigarão contra, criarão problemas, destruirão muita coisa, pelo simples fato de quererem fazer valer aquilo que eles ainda acreditam.


Serão momentos intensos. Mas o que sempre temos dito aqui? Quem confia, quem acredita, nada o atingirá, desde que a confiança e o crer sejam profundos e verdadeiros. Cada conflito, cada problema sempre tem início, meio e fim. O que os diferencia é o tempo de duração de cada um, mas todos seguem o mesmo ritmo. Então, o que quero passar para vocês aqui hoje é esperança. Mesmo após as verdades aparecerem, como vocês tanto querem, como vocês tanto suplicam, o oásis ainda não aparecerá. Porque toda essa confusão, todo este desequilíbrio, terá que ter um fim. Aí sim, vocês começarão a colher os frutos de tudo que será feito.


Tenho dito aqui e disse recentemente, nada esperem, não tenham expectativas, porque elas detonam a fé. Porque quando vocês esperam, quando vocês têm expectativas e não acontece, a decepção é um sentimento muito forte e derruba todas as barreiras que vocês têm e criaram. Então nada esperem. Vivam o aqui e o agora. Vivam o momento emanando Luz. Cada conflito, cada problema, cada pequena batalha que vocês vejam, nada falem, nada pensem, não teçam comentários. Apenas pare, olhe para o conflito e emane Luz. Não há mais o que vocês fazerem. Esta é a missão de vocês agora: emanar Luz. Nada mais. Não tenham ansiedade, não tenham expectativas, não tenham preocupação. Vivam cada momento.


Cada um de vocês tem o seu porto seguro, a sua casa; se mantenham nela. Nada de tomar partido e querer obrigar alguém a algo, a pensar como você. Eu já ensinei isso aqui. Agora é o momento de cada um descobrir o seu próprio caminho. É o momento de cada um descobrir o que quer como meta de alma. Então, não serão vocês que irão influenciar ninguém. As pessoas terão que decidir, cada um deles. E mesmo aqueles que são do sangue de vocês; não tentem convertê-los. Vocês não são pastores de ovelhas. Não serão vocês os pastores. Não tomem para si esta missão. Vocês já fizeram uma escolha, permaneçam nela, mas literalmente calados.


Somente assim vocês quebram a cadeia; a cadeia das confusões, dos conflitos que serão fomentados em todos os lugares do planeta. O inimigo entrará nas suas casas, de uma forma ou de outra. Vocês terão pequenas batalhas em casa; e o momento é de recuar, não de atacar. Então, simplesmente escutem e fiquem calados. Olhem nos olhos daquele ou daqueles, que proferirem palavras pesadas contra vocês; olhem nos olhos e emanem Luz. Apenas isso. Nada digam, nada comentem, não digam uma só palavra. Porque com esta ação vocês quebram tudo aquilo que foi fomentado dentro da sua casa.


Não serão momentos fáceis, posso até afirmar que haverá sofrimento. Mas prometo à vocês, que depois que tudo se acalmar, vocês terão uma importância muito grande em todo o processo. Porque serão vocês que irão manter o equilíbrio, serão vocês que irão ouvir as lamúrias e dar forças, aqueles que lhes pedirem. Nunca tentando convencer ninguém. Repito: vocês não são pastores de ovelhas. Vocês podem dizer a verdade, contar a história, jamais julgar, jamais apontar o dedo. Contem a história, não a opinião de vocês. Porque a história é uma só; ela até poderá ser contada de várias formas, mas ela é uma só. Então não tem opinião. Não coloquem as suas opiniões na história que irão contar. Contem apenas a verdade, e cada um que ouvir a história, terá que passar por um processo de transformação interna, muito profundo, muito dolorido, muito sofrido. É como se de repente, se vissem afogados em todos os problemas que sempre negaram; se vissem afogados nos seus grandes egos, nas suas formas erradas de pensar, e terão que lidar com tudo ao mesmo tempo.


Será fácil para eles? Não, não será. Não será. Porque vocês fizeram uma escolha, vocês que acreditaram na nossa palavra, fizeram uma escolha; e temos ajudado à todos, amorosamente, a se livrarem de tudo isso, mas eles não. Muitos também fizeram uma escolha, em não acreditar em nada, em não querer saber de nada. Continuarem as vidas medíocres que sempre tiveram. Então colherão as suas decisões, colherão as suas escolhas. O que fica muito claro aqui é que ninguém foi abandonado. Vocês são sabedores hoje, que têm Mestres, Guias e Anjos à sua volta, ou seja, uma equipe de Luz para ajudá-los. Vocês não são privilegiados. Todos os habitantes deste planeta, possuem, cada um, a sua equipe. Então caberá aos Mestres Espirituais de cada um, ajudá-los nessa caminhada, eles não estarão abandonados.


Então não há porque acharem que abandonamos eles, que eles estão sofrendo, porque nós os abandonamos. Se fosse questão de abandonar, já teríamos separado o joio do trigo, e encerrado esse assunto, há muito tempo. Mas a nossa perspectiva, o nosso grande desejo é que todos deste planeta ascendessem. Infelizmente sabemos que isso não acontecerá. Porque muitos já fizeram a sua escolha; e não há mestre que os fará mudar, pelo contrário, os Mestres respeitarão o livre-arbítrio de cada um.


Então neste momento, foi dada à vocês uma missão: emanar Luz. Somente isso, nada mais, nenhuma palavra além disso. Vocês não são pastores das ovelhas, então não têm que tentar convencer ninguém. O processo agora será outro. E apenas peço à cada um de vocês, em hipótese alguma, aconteça o que acontecer, não vibrem medo. Se sentirem medo, se perceberem que sentem medo, chamem por nós, não importa que..., Eu, Maria, Miguel, Uriel, Rafael, Gabriel, Metatron, Saint-Germain, Rowena, Nada, Hilarion, El Morya, Lanto, Kuthumi, não importa. Não importa que não sejamos os seus Mestres. E muitos outros que não citei aqui. Chamem por qualquer um de nós, o primeiro que vier à mente... “Me ajude! Estou com medo!” E imediatamente você será ajudado. Não será impossível vocês sentirem medo, terem angústia, sofrerem pelo que vocês verão. Apenas peço: não fiquem com este sentimento.


Vocês são nossos Pilares de Luz, se mantenham como tal. Sentiu medo, angústia, sofreu; peça socorro imediatamente à qualquer um de nós. E imediatamente, vocês serão banhados na nossa energia. E lhes daremos forças para vencer, cada minuto, cada momento, cada situação.



762 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo