Sananda - O Amor de Gaia

Atualizado: há 5 dias

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!


Hoje, o meu sentimento de estar aqui, continua o mesmo – é de profunda gratidão, uma gratidão imensa por poder espalhar as minhas verdades. As verdades de Deus Pai/Mãe, acima de tudo aquilo que é dito no seu mundo. Estar aqui mais uma vez conduzindo todo este povo, mas hoje de uma forma muito mais tranquila, porque nem eu me desloco fisicamente e nem ninguém. A passagem de conhecimento é tranquila e extremamente agradável. Os tempos evoluíram e tudo que vocês têm hoje, não veio do nada. Sabíamos de todas as ferramentas que precisaríamos ter em nossas mãos no tempo atual, para que pudéssemos ter voz, para que pudéssemos ser ouvidos.


A despeito de um grande número de vocês, estarem acreditando que o seu mundo está totalmente sem controle, sem ritmo, sem um comandante, que tudo está acontecendo da pior forma possível, e que esperança praticamente inexiste hoje; temos vindo aqui constantemente, dizer exatamente o contrário. O seu planeta continua se preparando para a ascensão; o seu planeta continua produzindo alimentos, continua mantendo o ar que vocês respiram, continua fazendo brotar água para que vocês bebam. Então mesmo que muitos digam que não é nada disso, que não há alimentos, que não há água potável; é uma grande mentira. Para que cada vez mais vocês se tornem desesperançosos e totalmente dependentes daquilo que eles lhes apresentam como alternativa.


Muitos de vocês estão ouvindo um chamado, o chamado da Terra. A grande maioria de vocês hoje gostaria de estar neste momento, agora, sentados no solo de Gaia, ouvindo uma bela cachoeira ao longe, ouvindo os pássaros cantando, sentindo a brisa do vento puro ao seu redor, sem se importar com quem está olhando ou quem está concordando, apenas sentindo a conexão com Gaia, profundamente, como se vocês fossem um só. Posso afirmar à cada um de vocês que este chamado, não é coisa da mente de vocês, não é coisa daquelas pessoas, que hoje estão com a cabeça no mundo da Lua, como muitos continuam insistindo em dizer. Este chamado vem de Gaia.


Gaia reconhece cada filho que ela tem, Gaia é a grande mãe. Então hoje, ela quer ter aqueles filhos: que a amam, que a respeitam, que acreditam na sua vida, que ela é um ser vivo que tem alma; ela quer ter seus filhos perto dela. Mas não é perto no sentido de morar longe, pegar um carro ou algum outro meio de transporte, e estar com ela algumas vezes. O que ela quer, é que cada um de vocês esteja literalmente nela, com os pés na terra; não alguns andares acima, é literalmente com os pés na terra. E por quê este chamado? É a forma do amor de Gaia por cada um de vocês, de ajudá-los nesta caminhada, ajudá-los a evoluir, ajudá-los a transmutar, tudo isto que está aí dentro de vocês ainda.


Pisar na terra, sentir a terra, é estar totalmente conectado com a mãe Gaia. É como se a cada passo que vocês dão, imediatamente uma corrente de pura energia sobe por um dos seus pés, aquele que está tocando o solo, rapidamente varra todo seu corpo e saia pelo próximo pé, quando vocês derem o próximo passo. E o processo continua, mesmo vocês parados, entra por um e sai pelo outro. Não se preocupem com quem tem apenas uma perna, entra e sai pelo mesmo pé. Gaia não se apega a esses detalhes. Ela faz o que tem que ser feito.


Então este amor de mãe Gaia, por cada filho amoroso e respeitoso, faz com que vocês se unam a uma grande egrégora de amor e de luz, em volta do planeta. Porque cada um de vocês está em um ponto, mas existe uma egrégora que circunda todo o planeta, como uma grande camada de atmosfera. E cada um de vocês que recebe esse chamado e que atende à este chamado, ganha uma conexão nesta egrégora.


Entendam: aqueles que não podem, por qual motivo seja, se deslocarem para morarem diretamente no solo de Gaia, não são abandonados; é óbvio que não. Se fosse assim esta egrégora teria minguado, e pelo contrário, ela está crescendo a cada dia. Então mesmo vocês, que moram metros acima do solo de Gaia, mas que mantêm sempre o aterramento, a conexão com ela, também ganham esta conexão com esta egrégora. É claro, que não posso aqui dizer que a força da conexão é a mesma, mas ela funciona e mantém vocês presos à esta egrégora.


O intuito desta mensagem, é na verdade colocar uma ponta de esperança, uma ponta de mais vontade, de vocês estarem mais próximos de Gaia. muitos já têm esta vontade, estão acumulando ela em seus corações, Mas a cada dia encontram uma razão, um motivo, uma desculpa para não irem além. Ah, e posso garantir que os motivos para não ir, sempre aparecerão, porque esta também é uma forma de enfraquecer esta egrégora, porque quanto mais próximos de Gaia, mais esta egrégora se fortalece. Então eu diria para estes que ficam encontrando desculpas, encontrando subterfúgios, que acordem, que peçam à Gaia que os ajude a eliminar todos os obstáculos, um a um, e tenham a certeza, que ela terá o maior prazer em fazer isso.


Mas cabe aqui colocar uma ressalva: jamais Gaia fará algo para prejudicar, quem quer que seja. Então não entendam com isso, que Gaia levará apenas aquele que acredita nela e o resto da família ficará longe. Isto não seria o ato de uma mãe amorosa. Então, Gaia saberá fazer com que toda a família seja deslocada, e com muito amor; e posso até acrescentar; que com muita mais esperança, com muita mais abundância, com muita mais prosperidade. Por quê? Porque quanto mais próximos todos estão do planeta (não importa se acredita ou não na energia de Gaia), estando próximos à ela, ela pode cuidar para que pouco a pouco, eles comecem a sentir a sua energia. E ela cuidará, para que através de uma boa troca de prosperidade e de abundância, essas pessoas percebam que algo em suas vidas mudou, desde que foram para perto da terra (mesmo que não acreditem); chegarão à conclusão de que suas vidas evoluíram, de que suas vidas se tornaram mais iluminadas, mais calmas, com muita mais harmonia e amor.


Não entendam isso, que Gaia estará comprando ninguém, logo vocês pensam desta forma. A prosperidade, a abundância está