Sananda - A Idolatria

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!


Espero que a grande maioria, ou quem sabe todos, tenham gostado da mensagem de Maitreya. Nada muda. Não existe diferença entre a minha energia e a dele. Ele é tão capaz quanto eu. A única diferença é que vocês foram ensinados a me idolatrar, a me colocar naquele pedestal numa cruz, pelas suas religiões. Em termos de capacidade, energia e amor, não há diferenças entre nós. Somos almas evoluídas. Almas que um dia tiveram uma vida neste planeta e ascenderam. Então sabemos exatamente o que é passar pela dualidade da Terceira Dimensão. Mas o nosso crescimento e a nossa evolução foram bastante parecidos. Então não façam diferença entre mim e ele; apenas é uma imagem que vocês ainda têm que criar em suas mentes, já que vocês não foram acostumados à olhá-la todo o tempo.


Vou aproveitar para falar um pouco de idolatria. Vocês foram ensinados a idolatrar aquele Deus vingativo que julga, que condena, que separa entre o céu e inferno as almas que chegam até ele. Esses são os conceitos que foram trazidos até vocês; e mesmo com toda essa dificuldade de chegar até ele, vocês aprenderam a amá-lo. Mas principalmente aprenderam a temê-lo; aprenderam a... muitas vezes a não fazerem determinadas coisas, porque seriam castigados por ele. Então quando venho através das minhas Cartas, dizer à vocês que este Deus não existe, que o que existe é um Deus amoroso, extremamente consciente de sua criação e que quer, (e foi assim que ele planejou), que cada um de vocês viva no equilíbrio, na saúde, na prosperidade e na abundância.


Ele não julga para onde a sua alma irá, porque isso também não existe. O fato de Deus Pai/Mãe não julgar, não quer dizer que você agora poderá fazer o que quiser: "Já que Deus não me julga, então estou livre para fazer o que quero!” E eu posso lhe afirmar que você está; se você achar por bem fazer qualquer coisa, mesmo que envolva o sofrimento de outro, nada poderemos lhe impedir. Agora você estará plantando isso e com certeza, colherá a mesma coisa lá na frente. Então não é que o Universo seja um grande palco de libertinagem e liberdade desenfreadas. Tudo tem uma consequência, porque toda a energia que vocês emanam, volta para vocês de um jeito ou de outro.


Apenas vamos dizer, que vamos mudar o ator da história. Não é Deus que lhe castiga, é você mesmo. Tudo aquilo que você faz contra o outro ou contra você mesmo, quem decidiu fazer aquilo não foi ninguém, foi você. Então não tem outro ator. Ninguém é responsável pelas coisas que lhe acontecem, você de alguma forma plantou aquilo e está colhendo. Então o único ator aí é você mesmo. Pode ser que a lição venha através de outra pessoa. Sim, pode. Ela poderá ser o veículo pelo qual o problema chegará até você, mas foi você que criou aquele problema, não ela.


Mas voltando à idolatria. Muitos de vocês vivem obcecados pelas suas religiões, obcecados por este Deus punitivo e pouco amoroso; porque dentro do conceito de vocês, ele é o responsável pelo sofrimento das pessoas no planeta, pela fome, pela violência, pela miséria, pela pobreza; ele é o responsável porque é ele quem decide tudo. Mas mesmo assim vocês o amam, o idolatram, não entendem porque ele age desta forma, mas continuam idolatrando. Porque da mesma forma que aqueles que lá atrás, os Rabinos da religião Judaica, insistiam ao povo nesse Deus punitivo, todas as outras religiões, mantiveram essa história de que Deus castiga; de que Deus determina as coisas; de que Deus determinou que humanos podem morrer; de que Deus determinou que os animais podem morrer; que vocês podem fazer a justiça pelas próprias mãos. Deus determinou isso tudo. Cada religião colocou da sua forma, mas no fundo todas falam a mesma coisa; que Deus é esse carrasco que simplesmente pune seus filhos com sofrimento, e vocês continuam idolatrando esta figura.


Consequentemente para aqueles que seguem a religião, que me colocou como centro, também me idolatram porque foram ensinados a me idolatrar. A olhar e me ver na cruz e acreditar que eu entreguei minha vida para redimir os pecados de vocês. Não vou aqui comentar sobre isso. Quem quiser entender, leia minhas Cartas. E vocês me idolatram; oram aos pés da Cruz. Por que eu tenho que ser representado por um humano preso numa cruz? Por que não posso ser apenas um ser evoluído que ama vocês? Porque não traria palpabilidade, não traria o resultado que seus líderes religiosos sempre quiseram ter – a manipulação das massas através dos líderes religiosos. Neste caso os líderes de Luz, porque é Deus que castiga, sou eu que castigo, são os santos que castigam, é Maria que castiga. Então vocês são controlados por todos eles, todos eles apontando o dedo dizendo que você é culpado, então vai pagar.


Então aonde entra a idolatria? A idolatria é esquecer de si, para viver em função de algo. Então tem aqueles que são 100% religião e acham que com isso, estão aplacando a ira de Deus. “Se eu passo o dia inteiro pregando, orando dentro de um templo, igreja, eu terei o perdão de Deus”. O que você faz por si e pelo outro? Nada, porque nem eu nem Deus pedimos nada. Deus não barganha, nem Ser de Luz nenhum barganha nada com vocês. Essa história de que vocês têm que fazer isso, para que o Ser de Luz os atenda, é uma grande piada porque não existe barganha. Então não seríamos Seres de Luz. Onde está o nosso amor incondicional? Ah sim, a gente só vai lhe amar se você andar de joelho 100 quilômetros. Isto não é amar incondicionalmente, porque nós estaríamos colocando uma condição para lhe amar


Mas quem disse isso? Não fomos nós. Exatamente, foram os seus líderes religiosos, para que vocês continuem tendo medo e nos idolatrando; sempre nos colocando num pedestal, inalcançável, inatingível. Então muitos hoje ainda não admitem, que eu, o Cristo, possa estar aqui falando através de um humano. Não, não sou eu, é qualquer coisa, menos eu. Porque o ser humano é pecador, é sujo, não poderia jamais receber tamanha glória. Para esses, eu tenho a dizer: “Que pena, que você não acredita no que estou dizendo aqui. Mas um dia você acreditará e será bem difícil para você aceitar tudo o que vier”. Porque você fechou o seu coração, você simplesmente acredita no que os humanos falam, não no que nós Seres de Luz falamos.


É interessante, como que cada líder religioso, se coloca no papel de Juiz também, porque discrimina, aponta o dedo, julga, separa, exclui, porque Deus não gosta. Aonde Deus disse que não gosta? Não gosta pelas filosofias criadas pelas religiões, não pela vontade dele. Quem ama incondicionalmente, não impõe condições, não separa, não exclui, não segrega, não aponta o dedo, não julga. Então não existe essa história de que o ser “A” ou o ser “B”, não gosta de determinado tipo de gente. Para nós, vocês são almas, que por uma condição de vida, estão com uma roupagem física. O que nós vemos é a alma. E se a alma vibrar alto, se a alma é de luz, se a alma exerce um caminho de amor, estaremos ali gratos pela existência daquela alma. Caso contrário, se for uma alma que não vibra luz, que vai contra tudo o que Deus Pai/Mãe planejou, teremos mais amor ainda por ela, pois ela está perdida e precisa encontrar o caminho.


Então como julgamos, como separamos? Então vamos tentar absorver, que essa história de idolatria não é boa para vocês. Primeiro, porque cada ser humano foi criado à semelhança de Deus Pai/Mãe, com a força de Deus Pai/Mãe, com a Luz de Deus Pai/Mãe. Então para que que vocês precisam idolatrar alguém ou algo, para que as coisas aconteçam? Quem cria o seu mundo, quem cria o seu caminho é você mesmo; não o Ser de Luz. O Ser de Luz está ali para apoiá-lo, não para fazer para você. Se você pede a nossa ajuda, estaremos ao lado. Se você não está aguentando, está fraco, precisando de um suporte, estaremos ao lado. Agora, não é gritar para nós: “Me dê isso...”, achando que porque você segue no caminho da retidão nós lhe daremos.


E o que você está fazendo para ter o que você está pedindo? Você está tendo foco? Você está agindo corretamente? Você está agindo evoluidamente? Porque se você está agindo desta forma, você terá o que você está pedindo, mas não pela nossa interferência, porque você mesmo está criando seu caminho. Então para que idolatrar? Para que achar que se não rezar 24 horas por dia, você não é merecedor de nada? Eu diria que mais vale aquele que tira 5 minutos e ora fervorosamente, sendo grato por tudo que ele tem, do que aquele que ora 24 horas e só pede.


Então entendam que a idolatria por qualquer coisa, seja um ser, seja pela sua religião, não vai levar você a nada. Porque não é você idolatrando, abrindo mão da sua vida em função de algo, que você terá prosperidade e abundância. A vida é uma sucessão de obstáculos onde você vai aprendendo ao longo da sua caminhada, a transpor cada um deles. Então se você se preocupa com idolatrar os santos, idolatrar a sua religião, você está tirando o foco da sua caminhada, dos testes que você tem que passar, das lições que você tem que aprender; e a sua vida será vazia. Porque nada você conquistou, focado apenas em uma coisa, focado apenas em servir e idolatrar. O seu caminhar ficou esquecido.


Então posso dizer, que muitos aqui agora, ainda agem desta forma, ainda acham que a religião tem que estar à frente de tudo, que você tem que viver servindo a religião 100% do seu tempo. Então eu lhe digo, você não tem que servir à ninguém, a sua vida é sua, foi-lhe dada por Deus Pai/Mãe. Então você tem que tomar conta dela, você tem que estar sempre atento a sua caminhada. Você pode até usar alguns pontos da religião, para lhe dar apoio, perfeito. Mas não idolatrá-la todo tempo, como se não houvesse mais nada no mundo. Afastar-se das tentações, como vocês dizem, porque fica 100% do tempo focado na religião, é não aprender nada. É aquele eremita, que se isola numa caverna. O que ele aprende? Muito pouco porque ele não viveu nenhuma experiência, não ultrapassou barreiras, não ultrapassou limites, viveu segundo sua ótica e a sua idolatria por si mesmo.


Então à quem vocês têm que idolatrar? À ninguém. Não existe idolatria, nem um Ser de Luz, seja ele qual for, quer idolatria; nenhum. Todos nós queremos servir à vocês. Não exigimos que sejamos amados, porque somos puro amor, amamos à todos incondicionalmente. Mesmo aqueles que nos viram as costas; pelo contrário, são esses que nós amamos e temos mais cuidado, porque ainda não encontraram o caminho certo.


Então repensem, a todos os dogmas e crenças que vocês foram acostumados a idolatrar. Queremos ser amigos, irmãos, não apoios, nem muletas para ninguém. Porque quem se escora no Ser de Luz, não evolui. Porque pensa que nós estamos fazendo, mas não estamos fazendo nada. Porque não somos apoio, nem muletas; caminhamos ao lado. Ajudamos quando vocês pedem, mas não fazemos nada para vocês. As decisões são unicamente de vocês. E não custa lembrar; cada decisão tomada, será colhida lá na frente.


Esta é a verdade. Esta é a verdade que seus líderes religiosos não costumam dizer para vocês. Que tudo que acontece a cada um de vocês, ao seu mundo, é resultado das escolhas de todos, é resultado do somatório das escolhas de todos os habitantes. Então não culpem ninguém. Ninguém é culpado de nada. A culpa é a colheita. De quem? Do que você plantou, ninguém plantou para você colher. Cada um planta e colhe sua própria plantação, ninguém planta para o outro.


Então pensem, pensem muito. Pensem nos pesos que vocês colocam em certas coisas no seu caminho, principalmente nas religiões e nos Seres de Luz que vocês idolatram.



686 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2020 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com