Meditação para Encontrar a Luz com Seraphis Bey

Sente-se confortavelmente. Respire profundamente. A cada inspiração encha o seu peito com muita luz. E ao expirar solte tudo aquilo que não for bom para você.

Inspire profundamente. E expire exalando todos os sentimentos ruins que estejam aí dentro.

Inspire profundamente. E expire toda e qualquer tensão.

Permaneça como você está, bem relaxado. Você se sente tão relaxado que quase pode flutuar. Sinta essa sensação. Sinta como se seu corpo estivesse flutuando. Se por um acaso você começar a se ver flutuando realmente, não tem problema deixe-se levar por essa sensação. Agora você vai imaginar que você está dentro de uma grande caverna. Não, a caverna não está escura porque existe uma grande fogueira, um fogo com chamas altas à sua frente.

Você flutua e pode até estar passeando por cima do fogo. Não tem problema. Flutue pela caverna. Passeie pela caverna. Observe cada ponto que você consiga enxergar através da luz do fogo. Você gosta desta sensação, mas sente como se estivesse preso. Você não encontra a saída. Você está flutuando, olhando toda a caverna, mas não encontra a saída. Aquilo vai lhe causando uma angústia, um medo, uma sensação de aprisionamento que vai crescendo em seu coração.

E aí você volta a se sentar perto do fogo, para que você consiga analisar com muito cuidado tudo à sua volta para tentar encontrar uma saída. Porque ela existe. Você não chegou aí colocado, você chegou até aí pelas suas próprias pernas; mas onde é mesmo a saída? Você não se lembra. Você está aprisionado aí há muito tempo. Várias vezes você tentou sair e não conseguiu. Apenas o fogo tem sido seu companheiro.

E aí você começa a procurar, com o seu coração. Você enche o seu coração de fé, de confiança, de que a saída lhe será mostrada; de que a saída está em algum ponto ali à sua volta, mas que você ainda não conseguiu vê-la pelas sombras que o próprio fogo faz.

Então você pára, se interioriza, busca o seu coração, e começa a fazer uma linda prece, acreditando que ela vai lhe mostrar o caminho a seguir. Não, a prece, não é uma prece conhecida; você fará a sua prece. Diga aquilo que vier à sua mente. Diga aquilo que vier ao seu coração.

Você orou, você pediu muito para encontrar a saída. E você pediu com tanto amor, você pediu com tanta fé, você pediu com tanta confiança, que de repente parece que a luz daquele fogo já não produz mais sombras. Ela é capaz de iluminar toda a caverna e você consegue ver exatamente, aonde existem possíveis caminhos, possíveis saídas. E de repente, uma lhe chama atenção. Parece um pequeno caminho de terra. E você se levanta, e ao chegar mais perto, você vê que parece sim um caminho; a rocha tem uma abertura.

“Mas o que será que eu vou encontrar depois?”, você se pergunta. E aí você pensa: “Vou fazer um caminho. Qualquer coisa eu volto”. E aí você recolhe muitas pedras, pedras pequenas; pega um daqueles gravetos com fogo e vai entrando por aquela abertura. A cada passo, você coloca uma pedra; e você vai seguindo adiante, colocando as pedras, por cada decisão que você toma, porque muitos outros caminhos se abriram.

E você está confiante. O seu coração está batendo rápido. Você acredita que vai encontrar a saída, e alguma coisa dentro de você, grita no seu peito: “Vá! Vá adiante! Continue! Não pare! Acredite!”. As suas pedras começam a acabar, mas você tem muitas pelo caminho ainda, e você começa a pegar as peças no próprio caminho para mostrar o seu caminho feito.

E de repente, você vê uma pequena luz. “Não, será que eu estou enganado? Será que estou mesmo vendo um feixe de luz?”, você pensa. E aquilo vai lhe dando mais e mais coragem de seguir adiante. E de repente aquela luz começa a aumentar, e você percebe que sim, você encontrou a saída. E aí você começa a correr, você começa a se aproximar daquela luz que está cada vez mais intensa, até que você chega na abertura. E toda aquela luminosidade do Sol toma conta do seu corpo.

Você se sente vitorioso. Você encontrou a saída. Você acreditou. Você confiou. Você deixou o seu coração falar. Então você encontrou a saída. Você encontrou a luz. E aí você se ajoelha, e chora; chora muito, mas não um choro de tristeza, um choro de emoção, um choro de felicidade, um choro de gratidão, por ter encontrado a saída e a luz.

Esta é a caminhada de vocês. Vocês estiveram aprisionados naquela caverna, durante muito tempo. E aos poucos, vocês foram acreditando, confiando, e foram encontrando os raios de luz. Não, vocês ainda não acharam a saída da caverna, mas vocês sabem que a Luz está próxima, porque vocês já veem raios de luz surgindo em alguns pontos daquela caminhada.

Então continuem. Continuem com muita fé. Continuem com muita força, e a cada passo que vocês derem, vocês vão ver mais um raio de luz, e a certeza de que a saída está muito perto; de que a saída está logo ali. Mas vocês têm que acreditar, porque foi a sua fé, foi a sua confiança, foi a sua força, o seu amor, que lhe deu forças para sair daquela caverna e tentar buscar a luz; tentar buscar um novo caminho.

E você já está vendo os raios de luz. Então continue. Alguns, infelizmente tomaram o caminho errado. Em vez de se aproximarem do Caminho da Luz estão se aprofundando mais e mais na caverna. Não, mas para esses não é o fim. Lembre-se, você marcou todo o caminho. Então basta voltar. Basta voltar e aonde teve aquela bifurcação em que você teve que tomar uma decisão, escolha o outro lado e comece tudo de novo. Não desista. Se um caminho foi errado o outro será o certo.

Então não desista. Continue caminhando. Acredite. Você se atrasou um pouco. Talvez você chegue, como um dos últimos, mas não importa você chegará, porque você soube parar; você soube ver que aquele caminho não estava bom, não estava lhe levando à lugar algum. Só estava lhe levando à mais escuridão.

Então você voltou. Você recuou e teve a chance de escolher o caminho certo. Então levem, levem este ensinamento para a vida de vocês. Os caminhos errados são passíveis de serem refeitos. Basta que vocês sempre deixem uma marcação para voltar para a luz. Que é o amor deixado no caminho, que são as pessoas que poderão os guiar para o caminho certo. Permitam-se viver o caminho certo. E se vocês errarem, não insistam no erro. Parem. Voltem. Peçam ajuda e vocês encontrarão o caminho certo. Tenham certeza disso.



62 visualizações
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2016 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com