Maria - A Flor Mágica

Atualizado: 28 de mar.

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU MARIA!


Venho aqui hoje mais uma vez, trazer o meu amor, o meu manto, o meu abraço, a minha energia para cada um de vocês. Em algumas vezes me represento para vocês como uma rosa, algo tão belo criado pela natureza no seu planeta. Uma bela flor com muitas cores, mas sempre trazendo um sentimento que pode ser de alegria, pode ser de tristeza, como vocês queiram. Vocês usam as rosas para celebrar o amor, como um presente, como um belo enfeite para as suas casas, mas muitas vezes representando a saudade de alguém que se foi. Vou tirar este exemplo para dizer para vocês que tudo é aquilo que vocês colocam. Uma mesma flor pode representar o amor e pode representar a saudade, dois sentimentos tão antagônicos, tão diferentes.


Então pergunto a vocês: Onde está a verdade em cada coisa, onde está a mentira, onde está o certo, onde está o errado? Vocês foram acostumados a sempre colocarem nos extremos cada coisa; o bem, o mal, o certo, o errado, o feio, o bonito, o fácil, o difícil. Mas quem, quem determinou cada um destes pontos, quem determinou que algo é belo ou feio? É a opinião de cada um. Sim, não vou esquecer que existem certas atitudes que são contrárias à sua sociedade; então poderíamos classificá-las como erradas. Mas pergunto: Todas são iguais, todas têm o mesmo grau de malignidade, todas têm o mesmo intuito, todas têm a mesma carga de energia quando praticadas?


Então na verdade, vocês colocam todos no mesmo balaio. Da mesma forma, podemos mensurar o que vocês fazem de bom. Um doou 1000 unidades, não importa do quê; outro, doou apenas uma. Ambos fizeram uma boa ação, mas e o coração? Será que aquele que doou 1000, fez de coração aberto ou fez para parecer bonzinho; e aquele que doou apenas uma, doou com tanto amor que para o universo parece que foram bilhões de unidades. Então o que quero dizer com isto tudo?


Vocês rotulam, julgam, criticam, dentro do conceito de vocês. O que vocês acham feio, tem alguém que acha bonito, e vice-versa; nada está fechado, nada é definido, nada no seu planeta todos os habitantes concordam com a mesma coisa. Cada um tem uma visão, cada um tem um pensamento, cada um tem um coração, e o mais importante, cada um é uma alma com muitas histórias, muitos aprendizados e muitas lições aprendidas e a aprender.


Então por que que vocês se acham no direito, na competência de emanar uma opinião a respeito do outro? Com que direito? Vocês se acham melhores, se acham piores, por quê? Deus Pai/Mãe ama à todos igualmente, mas muitos de vocês acham que ele os esqueceu, porque é muito sofrimento, muita dor, muita escassez. Por quê? As respostas não estão nesta vida, as respostas estão na caminhada de suas almas. Então se cada um de você entendesse, que cada pedra no caminho, cada obstáculo, cada ponto de reflexão, é a oportunidade de aprender aquela lição, suas vidas seriam diferentes.


Cabe a cada um de vocês, olhar para dentro de si mesmo, e ver: “Por que estou passando por isso, o que preciso aprender, por que isto não é mais fácil?" E no momento em que você se abrir para escutar a resposta, a lição se encerra, desde que você a aprenda e compreenda o caminho tortuoso que estava seguindo. Nada, meus queridos filhos é impossível em suas vidas. Vocês são seres poderosos, centelhas de Deus Pai/Mãe. Se vocês são centelhas de Deus Pai/Mãe, vocês têm o poder dele, desde que vocês acreditem nisso, acreditem que são seres amados, e que não é porque Deus Pai/Mãe os ama, que ele lhes dá tudo facilmente.


Cada vitória, cada presente, cada passo de evolução é o resultado de suas próprias escolhas de alma ou da sua própria consciência. E cada vez que isto acontece, Deus Pai/Mãe vibra e lhe dá mais e mais oportunidades para você evoluir. Porque este é o propósito de cada alma: evoluir, se tornar Luz, fazer pelo restante do universo que tanto precisa de Luz. Vocês não são os únicos no universo que vivem a Terceira Dimensão, existem inúmeros orbes que estão nesta mesma dimensão e que precisam receber Luz. Como? Dos seus próprios fractais. Vocês têm espalhados fractais pelo universo todo, e quando um fractal evolui, a alma como um todo evolui, e puxa todos os outros fractais para a evolução.


Agora quando vocês resolvem criar raízes nos problemas, apenas reclamarem, apenas criticarem, serem negativos em relação ao mundo, isto também reverbera e vocês vão ficando cada vez mais entranhados na Terceira Dimensão. Porque a lição não está sendo aprendida, a lição está sendo entendida ao contrário, é só revolta, é só amargura, é só sofrimento e dor. Por que vocês acham que Deus Pai/Mãe esqueceu de vocês e os provoca o sofrimento? Deus Pai/Mãe é puro amor. Se vocês hoje sofrem é o resultado das escolhas que suas almas fizeram. Vocês hoje não se lembram, mas breve lembrarão, e aí talvez vocês possam se libertar ou não.


Será que todos vocês estão prontos para ver e sentir tudo o que suas almas fizeram? Sem revolta e sem julgamento? Será que vocês estão prontos? Eu diria que não, que se hoje vocês se enchem de razão e apontam o dedo, e odeiam um assassino e querem ver a sua morte, como vocês se verão como executores da mesma ação? Vocês se odiarão, quererão suas próprias mortes? Ah, claro que não… com vocês é diferente. Percebem o quanto vocês não podem apontar o dedo, não podem nem pensar em julgar o outro?


Suas almas podem ter evoluído e no ponto que vocês estão hoje, vocês não praticariam mais isso. Mas algumas outras não evoluíram, continuam praticando o que praticaram há milênios, éons de tempo atrás. E por isso elas são inferiores a você? Seja grato, por sua alma hoje ter esta consciência, mas nem todas chegaram a este ponto e é aí que se dará a grande separação deste planeta. Aqueles que ainda têm uma longa caminhada para evoluir um dia, não permanecerão aqui, irão para outros orbes de Terceira Dimensão. E vocês, se superarem toda a sua própria análise, o seu próprio julgamento, poderão quem sabe, ir para a Quinta Dimensão aqui mesmo, neste lindo planeta.


Não é fácil meus queridos. É preciso muito amor, principalmente por si mesmo. Se perdoem, mas não é perdoar e no dia seguinte cometer o mesmo erro, porque aí a lição virá muito maior. É perdoar e aprender a lição, é pedir perdão e aprender a lição. O que é preciso neste momento é só um sentimento: Amor. Amor por um irmão, amor pelo planeta, amor por você mesmo, pois quando você se ama, você consegue amar o outro do jeito que ele é, sem rótulos, sem críticas e sem julgamento.


Então eu gostaria que cada um de vocês criasse o hábito de ter uma flor dentro de casa. Não precisa necessariamente ser uma rosa, uma bela flor que lhe agrade, que lhe toque o coração. Se puderem plantá-la melhor ainda, porque ela crescerá nutrida pelo amor de vocês. E vocês terão ideia se estão emanando amor ou não. Não precisa falar com a planta, apenas cuidá-la, como se aquela flor fosse você, lhe representasse. E se você coloca amor nela, você está cuidando de você mesmo e o contrário também será verdadeiro. Então como será que esta flor estará daqui a um tempo? Bela, imensa, terá dado novos brotos e novas flores surgido? Ou terá morrido porque você não soube dar amor a você mesmo?