Arcturianos - Fizemos a Nossa Parte

Irmãos da Terra. É com muita preocupação que estamos observando o seu planeta neste momento. Temos a consciência da caminhada da civilização humana. Temos a consciência do que vocês estão colhendo em virtude das ações efetuadas ao longo do tempo. Em relação à isso nada podemos dizer e nem nada podemos questionar. Apenas estamos observando a real situação no coração de cada um de vocês.


Vocês tomam posições extremamente arrojadas, ponderadas, corajosas, e embarcam numa viagem de mudança, com os corações abertos e fortes, provocando até mudanças no planeta. Sim, vocês são capazes disso. Vocês fizeram isso. Vocês aceleraram todo o processo do seu planeta. Naquele momento havia a preocupação do viral, mas ele ainda não havia atingido o coração de vocês.


Não, o processo não parou, e nem perdeu velocidade. Tudo está caminhando. A única preocupação que temos agora é porque aqueles corações corajosos, aqueles corações cheios de força, confiantes, estão se despedaçando; estão se deixando abater; estão murchando. Esta é a nossa preocupação.


É como se vocês estivessem viajando numa estrada muito bonita, muito bem cuidada, em que vocês podem atingir velocidades altíssimas, sem se preocupar. E aí vocês começam a achar o que o caminho será todo assim. Sempre essa estrada bem cuidada e bonita, e que vocês praticamente não precisam ter atenção com nada. E aí de repente uma pedra. E aquela pedra pegou todo mundo de surpresa. Não deu tempo de frear. Podemos dizer que um acidente aconteceu.


E vamos multiplicar isso pelas estradas de muita gente. Então muitos sobreviveram à esse acidente; muitos não. Quem não sobreviveu, era o momento, era a escolha de alma. Agora quem sobreviveu, percebeu que a estrada não seria tão cuidada, quanto imaginava. Não, mas espera aí, não foi a estrada que teve problema; foi uma pedra. A estrada continua lá, bem cuidada, limpa; mas tinha uma pedra. Nada tem a ver com estrada. E isto foi suficiente para que vocês não queiram mais seguir a estrada, naquela velocidade. Vocês agora têm medo. E com isso vocês fazem exatamente o caminho inverso da estrada que vocês trilharam.


Vocês estão voltando, em vez de irem para frente. Não estou dizendo aqui que vocês têm que continuar aquela estrada, sem ter atenção. Aí é que está o ponto. A estrada tem que ser trilhada com atenção, com cuidado, para que vocês de longe vejam a pedra, não com descuido. Porque aqueles acidentes foram descuido, porque vocês se acomodaram; acharam que estava tudo pronto. “Nada mais precisamos fazer”; e vou até dizer que vocês puderam até dormir no volante, por que a estrada era tão boa, tão reta, que não há mais preocupação.


Então a pedra veio para provar que não é bem assim. Então o que podemos dizer para vocês é que a estrada continua reta e bonita, apenas vocês tem que dirigir com atenção, para que novas pedras não lhes peguem no caminho. Vocês não podem ter medo. Vocês podem voltar a ter aquele sentimentos de garra, força, coragem que vocês tiveram lá atrás? Eu acho que podem. Então voltem a ter esses sentimentos. Continue na estrada firme, tranquilo, agora, com mais atenção, para que você não seja pego de surpresa.


Então seja cuidadoso. Tenha fé; tenha confiança; de que você será sempre capaz de ver a pedra lá na frente, e reduzirá a velocidade e passará por ela calmamente. Porque estamos dizendo tudo isso? Nós tivemos autorização de nosso Deus Pai /Mãe para atuar neste viral, a nível global. E assim fizemos.


Aonde, toda a manutenção da segurança do isolamento, foi mantido, as coisas estão voltando ao normal. Não, o que fizemos não acabou com o vírus. Apenas tiramos a força dele. Porém, se vocês relaxam e continuam naquela estrada, sem olhar para frente, mesmo depois do acidente, vocês terão outro acidente, porque ele continua aí no meio. Nós não podemos simplesmente eliminá-lo, porque através desse viral, muitas lições estão sendo apreendidas, então nós não podemos exterminá-lo. Nós tiramos a força energética dele. A carga energética lançada neste vírus foi praticamente anulada. Então ele agora é um vírus como outro qualquer, realmente.


Só que ele continua tendo as mesmas consequências. Se todos se mantivessem protegidos, isolados, vocês já estariam voltando à uma vida normal agora. Aí, dependendo da atitude daqueles que coordenam, que governam, tudo pode dar certo ou não. Aqueles povos em que tudo foi feito de forma realmente coordenada, de forma a pensar no povo, as coisas estão voltando ao normal. E voltarão. Mesmo naqueles lugares onde tudo parece perdido, tudo voltará ao normal


O que está mantendo esse vírus com toda essa força ainda é o medo. O medo de pegar o vírus; o medo de morrer; o medo de ficar doente; o medo. Enquanto o povo vibrar medo, nem a nossa ação adiantará. Então a única mensagem que deixamos aqui hoje: quem já está na caminhada, naquela estrada, dirija, mas de forma cautelosa, de forma cuidadosa, para que os próximas pedras vocês tenham condições de desviar; porque muitas outras pedras virão.


Muitas lições a civilização humana ainda tem que passar. Muitas lições ainda têm que ser apreendidas. Então muitas pedras ainda virão. E é exatamente a resposta que vocês dão à cada pedra, que determina o futuro do seu planeta. Se vocês continuam com fé, com garra, com força, coragem, as pedras parecerão à vocês pequeninas pedras, e vocês continuarão elevando a vibração do planeta cada vez mais para frente.


Agora enquanto vocês vibrarem medo, medo das próximas pedras, medo do acidente ainda, tudo começa a perder velocidade. E aí vocês ficam perguntando: “Porque que nada acontece?”. Porque vocês não confiam. Fizemos a nossa parte e foi bem sucedida, mesmo que vocês não entendam. Foi muito bem sucedida. Agora depende de vocês, fazerem o que for necessário para se manter naquela estrada com cuidado, com atenção. É só isso. E seguir a vida com muita força, muita garra e com muita fé; sem medo. Enquanto houver o medo, nada vai para frente na velocidade que vocês querem. Não as coisas não param. É como se fossem, as marchas daquele carro que está naquela estrada. Se vocês têm muito medo são as primeiras marchas que são acionadas. Se vocês têm fé e confiança, vocês estão na marcha máxima, e todos acelerando, aceleram também o planeta; o evento no planeta.


Então pesquisem o que vocês estão sentindo. Olhem atentamente o que vocês estão ressoando. E escolham qual o futuro que vocês querem.


Somos os Arcturianos. Falo aqui como representante da minha raça. O nosso amor por esta civilização humana é imenso. E se pudéssemos hoje, simplesmente extinguir todas as doenças deste planeta, tenham certeza que faríamos. Mas isto não é possível, porque na grande maioria das vezes, cada doença é uma grande lição a ser aprendida.



360 visualizações

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2020 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com