Arcanjo Miguel - Sobre o Coronavírus

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!


Neste vídeo de hoje, eu farei uma pausa sobre os textos complementares das Cartas de Cristo. Se faz necessária uma abordagem profunda a respeito do que está acontecendo no seu mundo. Sim eu vou falar sobre esse novo vírus.


Muitos têm me perguntado, como essas doenças surgem, se são obras dos escuros para desestabilizar; qual é a verdade a respeito deste vírus? Então estou aqui hoje para colocar a verdade. Eu tenho dito para vocês já há algum tempo que tudo está acelerado, tudo está extremamente rápido, no acontecimento e nas consequências. Este vírus não é obra dos escuros; eles têm uma parte aí, mas não foram eles que criaram.


Pensem o seguinte: nós estamos destruindo as bases deles há muito tempo. Sim eles têm pessoas encarnados no planeta que agem exatamente do jeito que eles querem. Mas não, este não foi criado por eles; a participação deles é outra que falarei mais adiante. Então não tem jeito, eu preciso repetir isso porque tudo se baseia nisso, vocês colhem o que vocês plantam. O que o homem fez ao longo do tempo? O homem desmatou, o homem invadiu as florestas, o homem mudou o habitat dos animais, o homem alterou o ciclo normal de equilíbrio que havia em todo o planeta.


Então muitas doenças que vocês têm hoje eram doenças exclusivas do equilíbrio da floresta. Eu já disse para vocês meus irmãos, tudo existe em equilíbrio. Doenças que são transmitidas por mosquitos são consequências do quê? Da exterminação de muitos pássaros, de muitos animais terrestres que comem insetos. Então o desequilíbrio desses mosquitos avança para as cidades. Então a grande maioria do que vocês passam hoje, não tem como negar, é consequência das suas próprias ações. Vocês desequilibraram o planeta; estão sofrendo o resultado deste desequilíbrio.


Entendam o seguinte: existem vários tipos de vegetação no planeta; o planeta não é totalmente coberto por florestas, existem áreas que não têm árvores, têm uma vegetação rasteira. Então é como se a própria natureza delimitasse: “Olha, aqui nesta vegetação rasteira, você, homem, pode viver seguro, em equilíbrio!”. Muitos têm medo de adentrar dentro de uma floresta, porque é uma coisa gigantesca, imensa, e muitos têm respeito por aquele local, por aquela egrégora criada ali.


Então ali existe todo um equilíbrio. A natureza criou todo um equilíbrio dentro daquela floresta. E aí o que aconteceu? Como eu já disse aqui, começou a derrubar as florestas; e para onde foram os animais que tinham como habitat aquele espaço que foi derrubado? A floresta tem um limite de concentração, ela não pode absorver todos os animais que perderam o lugar onde eles viviam. Então o que acontece? Eles foram procurar outros lugares, passaram a viver nas suas cidades.


E com esses animais todas as doenças que eram inerentes da floresta, passaram a atacar o homem. E vocês continuam achando que tudo é culpa da natureza, que tudo é culpa de Gaia. Olhar as próprias ações jamais! Então, de tempos em tempos, é como se vocês criassem ciclos de pandemias no seu planeta. Muitas pandemias já aconteceram no seu planeta; esta é mais uma, por que lembra daquelas egrégoras? Vocês alimentam o medo de morrerem de uma doença, uma doença externa, uma doença causada por algum microorganismo, e esta egrégora vai crescendo. Aí chega um dia que ela volta. Chegou a hora de voltar; chegou a hora da reação.


E aí tudo começa; aparece uma doença nova que ninguém conhecia causando mortalidade, causando pânico. Aí é onde entram os escuros; disseminar o pânico através da sua mídia é prato cheio para eles, é a arma mais forte que eles têm. Ninguém precisa nem fazer nada, basta dar uma ordem: “Coloque isso para ser divulgado”. E aí começa, e aí isso cria o quê? Cria o pânico, cria mais medo, e aí está, todos vocês recolhidos, cheios de regras de convivência, que aliás deveriam ser regras que deveriam ter sido adotadas há muito tempo. O cuidado com o outro, teria que ser aprendido a muito tempo.


Então quem está doente, deveria se recolher a sua casa, tomar todos os cuidados para não contaminar nem a sua própria família. Mas o que acontece entre vocês? Muitos de vocês têm prazer em contaminar o outro, em dar muitas vezes aquele grande espirro em cima dos outros, para que todos se contaminem: “Ah, eu não vou sofrer sozinho vamos todo mundo aí sofrer comigo”. Então vocês não se recolhem, vocês não se preocupam com quem está à volta e a coisa se dissemina.


Porque vocês não têm hábitos ideais de higiene; vocês não pensam no outro; pensam só em vocês mesmos. Seus patrões não admitem quando você liga e fala que está resfriado, ou que está gripado e que não vai trabalhar. Ele lhe responde: “Eu não quero saber, eu quero você aqui”. E aí você vai e acaba contaminando todo seu meio de trabalho, porque o seu patrão não entende que a doença não é para ser espalhada. E ele também não percebe que quando você vai para o trabalho, e várias pessoas ficam doentes, quem perde? Ele não consegue ver isso; porque ele só consegue ver o lucro que ele terá no final do mês, porque você está trabalhando.


Então meus irmãos, está tudo errado. Está tudo errado. O sistema todo está errado, no mundo inteiro. Então vocês estão colhendo o que vocês plantam. Pessoas que estão supostamente achando que estão com vírus, vão trabalhar normalmente. Onde está o amor ao outro? Se existe uma desconfiança, proteja-se não espalhe para o outro; o outro não pediu para ficar doente por sua causa. Mas é assim que vocês agem. Muitas vezes sem maldade, sem consciência, do que estão fazendo, porque vocês não foram treinados para isso.


Então meus irmãos, quando eu disse para vocês não terem medo e nem entrarem em pânico, vamos entender que vocês são uma massa muito pequena em relação ao resto do planeta. Então está aí. E lhes digo: a bomba ainda não estourou. Vocês estão recebendo somente pequenas fagulhas da bomba, que já estourou em outros lugares. Ela ainda vai estourar aqui, ou vocês acham que as medidas que estão sendo feitas agora, vão adiantar e ninguém mais vai ficar doente?


Quem estava contaminado, já contaminou outros que ainda não têm sintomas, mas que estão já contaminando outras pessoas. Então não adianta meus irmãos; então agora temos que agir de uma forma diferente. O problema está aí; não há como fechar os olhos e dizer: “Não, isto aqui não me atinge!” De certa forma, se vocês estão equilibrados e confiantes, realmente, nem neste nem nenhum outro vírus atinge vocês, concordo plenamente. Mas e o restante, os que estão na sua casa, o restante da sua família todos ressoam da mesma forma que você? Eu acredito que não, porque é o que mais eu vejo e ouço vocês falando, é o sofrimento que vocês têm dentro das suas casas, por não terem eco nas suas palavras.


Então está aí. Então, eu não poderia simplesmente aqui chegar e dizer: Bom quem está aqui, quem me acompanha, quem acredita no que falo está bem, e ponto final? E o restante, e o resto da família, como fica? Vocês têm idosos em casa, que são os mais vulneráveis, pela própria idade, por muitos hábitos que mantiveram durante muito tempo, como o fumo. Então vocês têm que ter cuidado, ou vocês vão simplesmente lavar as mãos, no amplo sentido da frase?


Então meus irmãos, eu já disse para vocês, quem se mantém equilibrado, quem se mantém saudável, sem vícios, com a mente forte, com a mente fortalecida...; não estou dizendo que vocês estão imunes 100%, mas caso vocês venham a ter, será como um simples resfriado, vai passar naturalmente sem grandes reações. Agora e os outros? Então, eu não posso aqui simplesmente cruzar os braços e dizer: Bom quem não está equilibrado... Não, jamais poderia fazer isso.


Então meus irmãos vamos começar uma nova caminhada. Quem não iniciar hoje, pode iniciar quando quiser. E vão terminar no dia que eu chegar aqui e disser parem. Aí vocês vão parar. Então hoje, não é para usar a folha da espada que vocês já estão usando com as pessoas doentes. Vou repetir, porque muitas vezes eu falo as coisas aqui, e vocês depois mandam mensagem perguntando exatamente o que eu falei.


Não é para usar a folha da espada que vocês já estão usando com as pessoas doentes. Entenderam? Muito bem. Vocês vão imprimir outra folha da espada; uma nova, vazia, sem nome algum; e vocês vão colocar o nome de todos os seus familiares. “Ah, é muita gente, eu não sei o nome de todos”. Não importa, ponha o primeiro nome, ponha até onde você se lembrar; você também não pode ser a salvadora do mundo. Mas você já estará fazendo a sua parte. Então coloque o nome dos seus familiares. Não sabe o nome inteiro? Bote o primeiro nome. Encham dentro do círculo da espada os nomes de todos. Antes que alguém pergunte: “Posso colocar amigos, posso colocar animais?”. Pode. Vocês podem colocar o nome de quem vocês quiserem. Está entendido?


Vou repetir: vocês vão imprimir uma nova folha da espada; vão colocar os nomes dos seus familiares, amigos, animais, quem vocês quiserem. Não sabe o nome todo, põe o primeiro nome. “Ah, Mestre, mas não coube tudo em uma folha”. Façam outra folha, quantas folhas forem necessárias. Esta é a minha contribuição, e todas essas pessoas estarão na egrégora de luz; não para serem tratadas como aquela folha que vocês já têm hoje, mas para serem equilibradas, ao máximo, para que nada as aconteça.


Quem hoje não usa folha alguma a sua frente, vai colocar as folhas à sua frente e tudo continua igual. Quem hoje faz parte do grupo que pede cura, que não emana, apenas pede, vai colocar as folhas junto da folha que hoje pede a cura. Simples assim. Nada muda apenas vão ter mais folhas. Pronto. Esta é a minha contribuição. E vocês vão fazer isso até quando? Não sei, dependerá de como vocês vão passar por tudo isso. Eu direi o dia em que vocês terão que finalizar este tratamento.


Então estou dando a chance de vocês cuidarem das suas famílias, dos amigos, dos animais, de quem for; para mantê-los equilibrados, e longe desta doença o mais possível. Então é importante também dizer, que o fato daquele nome estar ali naquela folha, impedirá totalmente dele ficar doente. Meus irmãos, da mesma forma que vocês que estão aqui, nesta caminhada comigo, que fazem o que eu peço; mas se vocês começam a ter medo, se vocês começam a emanar palavras negativas, se vocês começam a ter um comportamento totalmente negativo, as proteções vão embora. Aquele equilíbrio vai embora.


Então eu não estou dizendo aqui que quem está nas folhas não ficará doente. Quem estará nas folhas, apenas terá uma proteção extra, mas tudo dependerá da vibração da pessoa. Se ela só vibra doença, se ela só vibra medo, se ela só vibra pavor de tudo, a proteção se esvai, porque ela está atraindo exatamente aquilo que ela mais tem medo. O medo destrói qualquer proteção. Entenderam isso?


Então amanhã se alguém que vocês colocaram na folha da espada, vier a ficar doente, não vão dizer, que nós não temos força para nada; porque vocês estarão condenando a mim, o Arcanjo Rafael, Mãe Maria, os Pleiadianos, os Arcturianos, nenhum de nós teve força para nada, ou a pessoa no caso é que colheu exatamente o medo que ela estava plantando?


Então entendam bem, isto é uma proteção extra, mas depende muito da pessoa; não apenas de nós. Não joguem para nós esta responsabilidade. A responsabilidade é toda de vocês, do que vocês vibram, do que vocês emanam para o Universo. E aí eu volto a repetir o que já disse aqui milhões de vezes: as suas notícias ficarão cada vez mais assustadoras, porque é isto que está sendo controlado pelos escuros. Então não pensem que vocês vão ligar as suas televisões e vão ouvir: “Olha o vírus está perdendo força, está tudo bem, não há motivo para alarde!”. Não, a cada momento eles vão aumentar o número: “Olha, antes tínhamos 10, agora temos mil, agora temos 10 mil!”. E o pavor cada vez aumentando; esta é a função dos escuros; é isto que eles estão fazendo.


E quanto mais o medo que eles emanam e vocês absorvem, mais o vírus se alastra, exatamente por isso virou uma pandemia. Eu já estou sendo chato, repetindo toda hora essa frase, vocês colhem o que vocês plantam. Não existe nenhuma controvérsia a respeito disso. Em nenhum momento você colhem e não há semeadura, sempre há.


Então está aí a minha ajuda, para que vocês possam manter os seus familiares com uma proteção extra. E falem para eles: “Não tenham medo, pensem que este vírus é uma simples gripe, que se vocês pegassem no dia a dia correriam o mesmo risco”. Então não tenham medo; confiem nas suas proteções, confiem na sua força, confiem no seu corpo.


E mantenham-se equilibrados. Tudo faremos para mantê-los equilibrados.

Vocês têm a roupa violeta, vocês têm o meu manto. Aí não é simplesmente de manhã vocês acordarem, vestirem a roupa violeta, vestirem o meu manto e ficar ao lado de quem está espirrando ou tossindo perto de você. Confiando que aquela proteção que eu lhe dei é o bastante; ela é uma proteção extra, dentro do seu equilíbrio. Se você estiver em equilíbrio, se aquela pessoa que espirrou ao seu lado, você imaginar que a sua roupa violeta e o meu manto, simplesmente eliminaram tudo que veio contra você; perfeito, você estará protegido. Nada lhe acontecerá, porque ao tocar a sua roupagem violeta, aquele microrganismo será incinerado, energeticamente falando, e perderá toda a sua força. Mesmo que ele chegue até você, ele não causará mais nada.


Então depende da confiança que vocês têm, no que eu ensino; não é vestir a roupa, chegar dentro de um transporte cheio, e ficar com medo das pessoas que estão ao seu lado. Porque enquanto você emanar este medo, aquela roupa se foi. E aí você abre todas as suas defesas, a sua aura fica toda esburacada, e é através dos buracos que o vírus vai entrar. Então peguem seu transporte cheio, não tem problema; pensem sempre que vocês estão com uma grande roupa violeta, como se fosse uma roupa de astronauta em volta de você. E que tudo que tocar essa roupa é destruído; a energia é destruída, tudo, não só os vírus, os pensamentos, as formas-pensamento, a energia ruim daquele que está ao seu lado. Ou seja, é como se você fosse uma ilha de luz no meio daquele povo todo, e ninguém consegue lhe tocar, porque a sua luz afasta tudo que for de ruim.


Então saibam aproveitar aquilo que eu passo para vocês, não é simplesmente falar as palavras e sair por aí, sem acreditar no que vocês acabaram de fazer, sem acreditar que vocês não estão suscetíveis a nada, desde que acreditem. Então está aí meus irmãos, este vírus é igual a muitos outros. Eu já disse aqui e vou repetir: procurem na sua internet quantas pessoas morrem de gripe, gripe normal, todos os dias pelo mundo. Procurem, façam essa pesquisa e vocês vão se surpreender. Aí eu pergunto: alguém fala sobre isso, alguém dissemina esses números? Não, mas morrem pessoas, milhares todos os dias.


Então este vírus, tem o mesmo comportamento da gripe, que também afeta mais aos idosos, aos bebês. Claro, porque os bebês ainda não têm a proteção necessária, e os idosos pela própria debilidade da idade. É igual, nada muda, mas foi feito uma coisa que mata qualquer um que pega. Não, não é assim. E não quer dizer que porque o idoso pegou, também vai morrer, a probabilidade é maior, não quer dizer que vá, depende da saúde do idoso. Se ele é uma pessoa equilibrada, se ele tem uma alimentação equilibrada, se ele toma as suas medicações corretamente, se ele tem uma mente aberta, acreditando que ele é capaz de vencer qualquer coisa, ele vai passar tranquilamente.


Mas infelizmente não é o que acontece com a maioria dos idosos; todos têm muito medo, medo de tudo e isso debilita cada vez mais eles. Então está aí meus irmãos, a verdade é uma só, nada foi criado. Este é um vírus da natureza, que estava quieto na floresta e alguém desequilibrou isso, e trouxe ele para a cidade. E se vocês continuarem desmatando, cada vez mais, coisas novas vão aparecer, cada vez mais, haverá mais pânico. Porque é isto que os escuros querem, o pânico. Não era para tanto. Assusta? Assusta, porque é uma coisa nova, mas não era para tanto.


Pensem o seguinte; para finalizar este meu vídeo, vocês têm que ter uma preocupação muito grande em relação ao outro. “Por que em relação ao outro e não a mim?”. Eu gostaria que muitos de vocês pensassem nas condições dos seus hospitais. Não tenho muito a falar. Então se você está doente, se isola dentro do seu limite, cumpre todas as determinações que forem feitas, evita espalhar isso para sua família; o que acontece? Se você tiver o seu quadro piorado por algum motivo, você terá lugar para ser atendido, você terá lugar para ser internado.


Agora se você não se preocupa com isso, se você acha que todo mundo tem que sofrer igual à você, que se você pegou todo mundo tem que pegar também. Ótimo. Vai chegar a um ponto que vocês não terão mais atendimento, porque os seus hospitais não vão suportar. E aí sim, a coisa vai ficar bastante complicada, porque vocês morrerão sem atendimento. Exatamente, porque vocês não se preocuparam, em nenhum momento, em não disseminar o vírus que vocês estavam, pelo contrário, vocês fizeram questão de disseminar. Como vocês costumam dizer nessas horas: “Para sacanear!”. Aí eu lhe pergunto, sacanear quem?


Você mesmo, porque como serão muitas pessoas doentes, cada vez mais, enquanto as pessoas pensarem assim, você também não terá atendimento meu irmão, e será bem capaz de você morrer, se você estiver muito doente. E aí, quem colheu o resultado do que você plantou? Muitos outros. E lembre-se, você também será responsável pelo que você causou, você plantou isso, você podia ter ficado doente sozinho, mas não, você fez questão de espalhar. Então você plantou isso, e a colheita não será nada boa; isso eu lhe garanto.


Então meus irmãos não pensem apenas em si, pensem no outro, pensem no Todo. Lembrem-se como estão os hospitais à sua volta, estão vazios? Estão perfeitamente adaptados para muitas pessoas? Eu vou lhes responder que não, que agora vai ser uma correria para fazer tudo que não foi feito durante muitos governos. Porque na verdade isto não era importante. Não vou me estender nesse assunto, porque vão me chamar de político de novo, mas o que que eu posso dizer? Não tenho outra coisa a dizer.


Então faça, cada um de vocês, faça a sua parte. Pense no tudo, pense que se você se isola, você não transmite o que tá ali, você estará esvaziando os hospitais para atenderem um número suficiente de pessoas, e que possam ser recuperadas. Agora se muitos chegam ao mesmo tempo, como vai ficar? Então, pensem em vocês, mas pensem no Todo.


Bom meus irmãos, o recado está dado. Espero que vocês tenham entendido. Não estou negando, que não existe uma pandemia, existe, vocês criaram isso, vocês atraíram isso. Então agora ajam corretamente, pelo menos isso, ajam corretamente, para que todos possam ser salvos; para que todos possam passar da melhor forma possível.


EU SOU O ARCANJO MIGUEL! Estou aqui, pronto para ajudá-los. Basta que me peçam com confiança e coração.



1,589 visualizações2 comentários

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2020 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com