Arcanjo Miguel - O Corpo Etérico e o Meio

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!

Hoje vou dar continuidade, ao assunto que eu falei anteriormente, sobre o corpo etérico. Relembrando: o corpo etérico é uma camada de energia, que vocês têm acima do corpo físico; é como se fosse uma bolha que envolvesse vocês, mas com uma certa espessura. Então o corpo etérico, reproduz todo o seu corpo físico. E por que ele não é visto? Porque ele é energia, então ele reproduz o seu corpo físico, energeticamente falando. Já expliquei aqui, que existe uma troca entre o corpo físico e o corpo etérico. Todos os corpos que vocês possuem, são trazidos pela alma no momento da encarnação, daquele fractal que está encarnando. Então aquele fractal quando desencarna, leva com ele todos esses corpos. E quando ele encarna novamente, os corpos voltam e ficam no externo do corpo físico.

Muito bem. Então a alma passa para o corpo etérico; todos esses sentimentos, todas as ações, todas as cicatrizes, que ela arrecadou ao longo da sua caminhada e principalmente, aqueles sentimentos que ela não conseguiu digerir. Vale a pena sempre ressaltar, como é interessante. Os sentimentos positivos, são rapidamente esquecidos. Vocês... não estão dizendo aqui, que vocês não se lembram; mas vocês fazem questão; de repetir, de se lembrar, de remoer sempre, aqueles acontecimentos negativos. O que acontece quando vocês fazem isso? Vocês dão mais força àquele sentimento. Então é sobre isso, que vou complementar o assunto do corpo etérico hoje.

Eu disse para vocês que, a alma traz cicatrizes, de sentimentos mal digeridos, justamente de sentimentos alimentados ao longo do tempo. Os seus Chakras estão aí, mantendo o equilíbrio disso tudo, mantendo aquelas minas bem escondidas para que não explodam. Este é o corpo perfeito. Aí vocês começam a viver. Os sentimentos positivos, as ações positivas, os pensamentos positivos, alimentam o quê? Alimentam este equilíbrio dos seus Chakras; porque são sentimentos, ações e pensamentos positivos. Ou seja, são luz; e onde há luz, há equilíbrio, há produção de coisas boas. Então, os seus organismos trabalham equilibradamente, as glândulas funcionam perfeitamente, vocês dormem bem, vocês mantém um peso ideal, porque não comem para satisfazer as suas tristezas; vocês procuram se alimentar corretamente, de vez em quando até dão uma derrapada, mas aquilo é tão pequeno, que não tira o contexto geral do equilíbrio.

Então, é o que sempre digo aqui: vocês estão procurando se alimentar corretamente. Aí um dia vocês assim, vão numa festa, em que vocês não podem deixar de comer aqueles docinhos, afinal aquilo, não aparece todos os dias na sua vida. Meus irmãos, ninguém está proibido de nada; comam os docinhos. Mas o que vocês têm que fazer? Não é carregar mais docinhos para casa; comeu na festa, acabou. E aí no dia seguinte, se alimentar com comidas frescas, com comidas da terra, sem carne, para que o seu organismo se reequilibre, daquele monte de doce que você comeu. Entenderam? É assim que vocês podem sair da linha, de vez em quando, e voltarem para ela.

Não é simplesmente cortar tudo e nunca mais. Quem tem força de vontade e consegue isso, Parabéns! Eu vou dizer que você nunca na verdade, foi viciado em nada. Mas quem tem o vício do doce, como o exemplo que eu falei, sempre tem uma recaída. E não é isso que vai fazê-la sair da linha, para a Quinta Dimensão. Desde que aquele desequilíbrio, seja compensado no dia seguinte; com muita água, com alimentos frescos e com alimentos da terra; e sem carne de espécie alguma. Aí eu digo para vocês, que tudo se reequilibra novamente.

Observem qual foi o meu exemplo, uma festa. Para a grande maioria aqui, festas não acontecem todos os dias, são festas assim, bastante esporádicas. Então esse deslize, foi esporádico. Aí alguns, vão dizer: “Ah, mas aí, todo fim de semana então eu vou fazer isso e no dia seguinte, eu me equilibro” Opa! Opa! Aí você está saindo da linha com constância e aí isso terá um preço. Tudo meus irmãos, tem que ter equilíbrio. Entendam o que eu disse: vocês podem sair da linha, raras vezes, podem. Mas não é sempre, porque se isso se torna uma constante, aí o equilíbrio foi para o espaço.

Voltando aos sentimentos. Então vocês têm sentimentos bons, vocês estão equilibrando os seus corpos; os seus corpos brilham, porque aqueles sentimentos positivos emanam luz. E você se sentem felizes, se sentem alegres; às vezes por nada, vocês estão rindo à toa. Tem dias que vocês acordam, com uma alegria indescritível: “Por que eu estou assim? Nada dia de especial me aconteceu, mas eu estou alegre, estou feliz”. O que é isso? É o seu corpo lhe dizendo: “Obrigado”. É seu corpo etérico lhe dizendo: “Obrigado”. Os seus outros corpos dizendo: “Obrigado. Você nos colocou em equilíbrio”. Então você sente essa alegria do nada, essa alegria que vem lá de dentro e que você não sabe, porque está assim. Então agora você já sabe, é o seu corpo todo, a sua aura, os seus corpos todos dizendo: “Obrigado. Estamos em equilíbrio”.

Então meus irmãos, este é um estado que vocês deveriam procurar se manter diariamente. Porque aí não há nada; não há doença, não há notícia; não há nada que vá tirar vocês do equilíbrio. Vocês se manterão equilibrados, rindo à toa; como vocês costumam falar. Então percebam o bem, que vocês fazem à vocês mesmos, quando vocês se mantêm equilibrados. Equilibrados nas ações, nos pensamentos, nas palavras e na alimentação. Nunca esqueçam que a alimentação é que dá energia ao seu corpo. E esta energia pode ser boa ou ruim. E ela vai interferir neste quantum, que é somado para dar um valor positivo ou negativo. Muito bem.

Infelizmente, vocês não conseguem se manter assim durante muito tempo. Vocês ficam alegres num dia e nos próximos dias, aquela alegria se foi. Porque algo desequilibrou vocês, em uma dessas fontes: sentimentos, pensamentos, ações e alimentação. Uma dessas provocou tamanho desequilíbrio, que vocês já não conseguem mais rir à toa. Vocês estão pensativos, acabrunhados, tristes mesmo. Então aí vale parar e analisar: “Por que eu estou assim? O que me causou este sentimento de tristeza?” Às vezes meus irmãos, uma única palavra dita por alguém, para você é suficiente para você se achar um lixo; para você se achar um João ninguém – esta expressão é de vocês. Me desculpem aqueles que têm esse nome.

Aí está um ponto onde vocês têm que ter muita atenção. Aqueles cujo, os que estão à volta não ressoam com nada disso, a todo instante tentam lhe desequilibrar. Eu vou dizer por quê. Vocês não se apercebem, mas vocês emanam luz. Vocês emanam uma forma de viver invejável; vocês não comentam notícias, vocês não fazem fofoca, vocês não falam da vida alheia, vocês não julgam ninguém, vocês não criticam ninguém. Então vocês acham, que isso passa despercebido? Vocês acham que os que estão à sua volta, não percebem isso? Que você é imune ao meio? E aí o que eles fazem? Pela própria natureza deles, por não estarem despertos, eles não gostam que você seja diferente; porque eles não são assim, então por que que você tem que ser? “Então vamos desequilibrá-lo”. E aí você sofre toda sorte de ataques.

Muitas vezes vocês se desequilibram, porque o ataque é tão profundo, o ataque é tão violento, que vocês ainda não são imunes aquele tipo de ataque. E aí vocês se desequilibram; ficam tristes, muitas vezes chorosos. Porque vocês pensam: “Eu não mereço isso. Eu estou me mantendo, procurando me manter equilibrado, fazendo meu papel e só sou atacado!”. Meus irmãos quando vocês pensarem assim e se acharem os coitadinhos, pensem no que Sananda, o Jesus, o Cristo passou na Terra. Depois da iluminação que ele teve, ele já era uma alma evoluída, ele já era um ser humano evoluído. E o que ele passou? Então por que que vocês acham, que vocês têm que ser blindados? Por que que vocês acham, que vocês não têm que sofrer nada? Que porque vocês estão na caminhada, vocês têm que ser protegidos contra qualquer tipo de ataque? Foi assim com Jesus? Então não queiram se achar melhores que ninguém. Aí eu pergunto: Ele, Sananda, na figura de Jesus, desistiu? Não, ele nunca desistiu. Mesmo aqueles que riam, que não acreditavam, que o condenavam, não o impediram de continuar a caminhada. E é isso que vocês têm que fazer, continuar a caminhada.

Meus irmãos se fosse fácil, você já estariam lá. Por que Sananda, na figura de Jesus, continuou? Porque o amor incondicional dele, era maior do que tudo aquilo. Ele queria passar todo o ensinamento que ele tinha, para todos. Mas ele incomodou tanto, ele tirou os pilares das crenças de uma tal maneira, que ele se tornou um obstáculo àqueles que queriam continuar no poder. O resto da história, vocês já conhecem.

Então meus irmãos, vocês vão atrair sim, toda sorte de sofrimentos, toda sorte de insultos, toda sorte de comentários maldosos, toda sorte de desequilíbrios. Porque ninguém aguenta ver uma pessoa como vocês. Ninguém aguenta ver tanto...eu vou dizer, eles pensam assim: “Não aguento mais ver tanta santidade. Virou Santo agora”. É assim que vocês parecem e isto incomoda e muito. Porque eles não conseguem ser assim; eles não são assim. Se fossem, não lhes atacariam. Então estejam sempre prontos, para receber toda sorte de coisas que desequilibram vocês.

Então vamos lá! Eu conto o problema e procuro dar uma ajuda à cada um de vocês. Então a partir de agora que você está ouvindo estas minhas palavras, aja da seguinte forma: quando alguém lhe falar algo, que você se sinta agredido de alguma forma, ou não concorde com aquilo que foi dito, você dirá:

“Ele/ela pensa assim. Eu penso diferente. Eu Sou Luz! Eu Sou Luz! Eu Sou Luz!”

E vou dizer para vocês o seguinte: que cada vez que vocês fizerem isso, o seu cérebro vai começar a perceber, que aquilo não lhe atinge mais. E vai chegar ao ponto, de vocês não ouvirem mais. Não é ficarem surdos; é não ouvirem coisas que lhes agridam; não ouvirem coisas que lhes tirem do equilíbrio. Façam isso e vocês verão com o passar do tempo.

Retomando o assunto sobre os sentimentos negativos. Então vocês como alma, como seres humanos, como consciências humanas, sempre gostam de relembrar coisas negativas. Porque não perdoaram; porque não esqueceram aquela mágoa. Porque quem perdoa, não volta ao assunto. O assunto morreu. E se alguém lembrar: “Ei Fulana/Fulano, e sobre aquilo do passado?” Não, eu perdoei, acabou. E encerra o assunto. Não tem que ficar explicando: não eu perdoei por isso, por aquilo. Eu perdoei e acabou. Encerra o assunto. Aí sim, você estará demonstrando ao Universo, que você perdoou; que aquilo não lhe traz mais nada; que aquilo que você passou, passou, mas você perdoou. Então morreu; aquela mágoa não virá mais. Porque enquanto vocês falarem do assunto, e aquilo voltar com uma pequenina intensidade, não importa, você não perdoou totalmente. Aquilo tem que voltar neutro. Você tem que falar no assunto de forma neutra, sem colocar naquilo ali tristeza ou raiva, ou mágoa, ou ódio, ou revolta. Enquanto você não conseguir isso, você não perdoou.

E aí cada vez que vocês emanam um sentimento negativo; cada vez que vocês emanam ou se lembram de algo negativo, essa energia vai se acumulando e tudo isso é passado para o seu corpo etérico. E aqueles guardinhas começam a ficar um pouco incomodados; porque você está jogando para o seu corpo etérico, um quantum de energia negativo. E aí aqueles guardinhas, que são os Chakras, vão se desequilibrando ao longo do tempo.

E ai, é a história que eu já contei ontem.

Da mesma forma, vocês, corpo físico, estão expostos ao meio. Então o meio também altera a energia de vocês. Como explicar o meio? Um ambiente de trabalho, onde todos só reclamam; onde só existem chefes tiranos, autoritários. Esta empresa tem uma energia negativa, porque ali não é cultuado o amor; ali é cultuado a superioridade, a obediência em troca da manutenção do seu emprego. Outro exemplo: vocês vão em algum lugar, que vocês nem conhecem. A casa de alguém, um consultório, uma loja; vocês entram e aquele ambiente ali, também não tem uma egrégora boa. Você não sabe disso, você nunca entrou ali. Mas quando você entra, a sua aura capta toda aquela energia que está ali. E isso chega no seu corpo físico e vai parar lá no seu corpo etérico, desequilibrando aqueles guardinhas também. É onde muitas vezes, vocês entram em alguns lugares e se arrepiam, se sentem mal e não sabem o que é. Então eu lhes diria que quando isto acontecer, deem meia volta e saiam imediatamente. Para que aquele quanto de energia, que você já absorveu, seja infinitamente pequeno. Muito bem.

Vamos pensar em ambientes fechados. Eu vou aqui citar desde festas até grandes multidões em shows. Nas festas, dependendo do número de pessoas, ali você tem toda sorte de sentimentos. Você tem alegria de alguns, você tem a tristeza de outros, você tem inveja, você tem a raiva, daqueles que não podem ter aquilo. Você tem toda sorte de sentimentos ali. Soma-se à isso a bebida. A bebida por si só, a bebida alcoólica, ela já atrai almas, que vagam pelo planeta e que bebem junto com vocês. “Ah, então toda vez que eu estiver bebendo vai ter alguém do meu lado bebendo comigo?”. Eu não vou afirmar, que toda vez; eu vou dizer que depende de onde você estará.

Uma festa é uma concentração de pessoas, é uma emanação de energia grande, que chama a atenção. E esses seres sabem, que neste tipo de acontecimento, não há proteção, não há proteção espiritual; porque todos ali, estão bebendo. Então eles podem se aproximar e se fartarem de beber também. Muitos são suficientemente, vamos dizer assim, espiritualizados, que não vão carregar aquele amigo viciado junto. Acabou a festa, parou de beber, aquele amigo vai embora. Por quê? Porque aquele corpo, aquele ser, ele não é um ser que tem pensamentos ruins, não é um ser que vibre negativamente. Ele apenas bebeu aquele dia. Muito bem.

Então aquele espírito, não o acompanhará, porque dali ele não vai tirar nada. Porque ele emana energia positiva. Ele apenas bebeu junto com ele, partilhou da mesma bebida. Muito bem. Agora tem aqueles que não; tem aqueles que vibram negativo, tem aqueles que têm atitudes negativas, que é um ser humano negativo. Então aquele amiguinho, aquele novo amiguinho viciado, vai acompanhá-lo aonde ele for. Até que ele, ou se eleve energeticamente, ou descubra que está obsediado. Não posso afirmar aqui, que isto acontece em 100% dos casos. Eu estou contando a maioria; a maioria acontece desse jeito. Então é como eu disse: agora eu vou para os shows.

E aí vocês podem estar numa casa de espetáculos, todo mundo ali dentro, felizes pelo show que estão assistindo. Aí vai depender do tipo de música, do que está sendo emanado ali dentro. Se são músicas elevadas, com letras superiores, ou apenas uma boa Sinfonia, tudo certo. Mas a maioria não, a maioria dos shows, são o que? São músicas de tristeza, são músicas de traição, são músicas de bebedeira. Então olha a energia que já está imperando naquele ambiente; fora a bebida também. Ela está em todos. E aí o que dizer dos grandes shows? Não há nem o que comentar. Soma à tudo isso que eu já falei, as drogas que rolam facilmente por ali. Tirando a consciência e o equilíbrio total daqueles que as consomem. Então aqueles são totalmente obsediados. Aí é onde muitos de vocês, escutam casos que Fulano estava drogado, chegou em casa e agrediu todo mundo; matou o pai, matou a mãe, matou não sei quem. Por quê? Ele estava fora da sua consciência, mas ele também não estava sozinho.

É meus irmãos, vocês não tem noção do que acontecem nessas reuniões de pessoas. Vocês não queiram nem saber. Se vocês pudessem ver, eu garanto, garanto que ninguém ia mais. Se vocês pudessem ver o que nós vemos, vocês não fariam mais shows. Primeiro porque muitas vezes, a energia negativa, sai de quem está tocando, de quem está cantando. Porque algumas bandas, são ligadas com o maligno. E cada música que elas fazem, elas colocam a energia ali e quem canta vai junto. Eu ficaria aqui falando, milhões de coisas para vocês, do que vocês não deveriam fazer. Mas, o mundo está aí; vocês foram acostumados à isso; vocês vivem isso. Ensinar como se limpar disso tudo, após cada evento desse, adianta para vocês que entendem; para vocês que aceitam, o que está sendo dito.

Então para vocês eu diria, que ao chegar em casa, imediatamente, direto para o chuveiro. E mentalizem que vocês estão tomando um banho de Luz Violeta. Muita Luz Violeta; que a água que cai, cai Violeta; e se possível, o corpo inteiro. Porque vocês esquecem da cabeça. Onde está o cérebro, onde está o ponto da manipulação? Na cabeça; e aí vocês chegam e tomam banho do pescoço para baixo. De que adiantou? A manipulação não é pelo corpo, é pela cabeça. Então é tomar banho inteiro, da cabeça aos pés. Vendo-se envolvido em Luz Violeta. Aí muitas mulheres vão dizer: “Ah, mas eu vou dormir com o cabelo molhado?” Eu acho que este é o menor problema que você tem, não é? Enrolem com toalha, sequem, façam qualquer coisa. Se vocês querem se livrar, de tudo que vocês trouxeram, façam isso.

Agora se vocês não querem, querem ficar cheio de amiguinhos colados na sua mente, muito bem. Fiquem. Tomem um banho simples e deixem eles aí, manipulando a sua mente. Simples assim. Agora, é o que eu disse, dizer para aqueles que não acreditam em nada, fazerem isso, aí já começa a ficar difícil. Mas que pelo menos, vocês os convençam, a tomar um banho inteiro. Inventem o que for, para que pelo menos, uma boa parte da energia negativa seja eliminada. E o que vocês podem fazer? Quando eles estiverem tomando banho, vocês mentalizem eles, debaixo de uma Luz Violeta; funciona. Vocês vão limpar um a um, da sua família.

Então essa é mais uma coisa, que vocês podem fazer, para se manterem equilibrados; para manterem os da sua família equilibrados; principalmente os jovens, que frequentam esse tipo de evento. Façam isso. Façam com que tomem banho da cabeça aos pés e vejam eles envolvidos numa luz Violeta. Vejam aquela água saindo do chuveiro Violeta e vocês estarão limpando todos eles.

Como vocês podem perceber, este assunto é extenso e não vou terminar ele aqui hoje. Porque o corpo etérico de vocês, é aquele que mantém o equilíbrio. E eu ainda vou falar que ele recebe, todas as trocas dos outros corpos. Mas isso é para depois, vamos devagar. Então o assunto não se encerra aqui, ainda tem muito a ser dito. Continuamos semana que vem.

EU SOU O ARCANJO MIGUEL! O que quero a cada dia, é dar ferramentas à vocês, de proteção e de equilíbrio. Espero que vocês concordem com elas.



664 visualizações2 comentários

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2020 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com