Arcanjo Miguel - O Corpo Etérico

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!

Acredito que a grande maioria já tenha terminado as três voltas. Não tem problema se não terminou; não se esqueçam, vocês têm que cumprir as três voltas. Eu havia dito que quando terminasse, eu iria dar alguns presentes para vocês. Não esqueço o que prometo. Apenas eu prefiro dar mais um tempo, para que todos vocês consigam efetivamente, cumprirem as três voltas. Então hoje iniciaremos um novo assunto; alguns novos ensinamentos. Vamos começar hoje, a falar um pouco do corpo energético que vocês têm: o corpo Etérico ou Etéreo.

Cada vez que uma alma encarna, assume uma roupagem física... Isto não é exclusivo de vocês aqui na Terra, isso é em qualquer lugar do Universo. Cada roupagem física, vem atrelada à todos os corpos necessários, para a manutenção desta vida. Então a cada dia, eu vou comentar sobre um desses corpos. Hoje, como eu falei, vou comentar sobre o corpo etérico.

Então imaginem que isso não tenha uma medida exata. Vou dar aqui como média, uns 10 cm, além do seu corpo físico. Então existe uma capa, podemos dizer que cobre todo o seu corpo físico, e que se distancia dele em média 10 cm. Isto não é uma medida padrão, é uma forma de vocês entenderem. Então este corpo etérico, ele contém energia. Vocês não o veem, por que? Exatamente por ele ser energia. Não, ele não está em outra dimensão, ele está na Terceira Dimensão, junto com vocês. Tanto está que muitas pessoas, conseguem ver as auras de vocês, que é a composição de todos os corpos. Apenas ele é um corpo que não tem fisicalidade, ele é pura energia.

Então este corpo Etérico, é a cópia fiel e exata do corpo físico que vocês têm. Então vamos voltar lá no começo. A alma vai encarnar, vai assumir uma roupagem física. Então no momento da concepção da vida, uma alma é atrelada àquele pequeno conjunto de células, que ainda está se formando. Ela já sabe que irá usar aquela roupagem. O bebê enquanto se desenvolve no ventre da mãe, ainda não possui esses corpos. Porque ele não tem ainda, a alma incorporada nele. Ele é apenas um ser vivo, que reage a todos os impulsos que vêm de fora; ele já tem a consciência humana. Muito bem. Mas qual a consciência humana ele tem? A da sobrevivência, que é a consciência inerente à todos os seres. Muito bem.

O bebê nasce. Neste momento, aquela alma que já estava atrelada, assume aquela roupagem. Então comecem a entender, alguns pontos do que eu estou falando. Não é a alma que dá vida ao bebê, ele já tem a consciência divina; já tem a centelha divina no seu coração. Ele já está atrelado ao Alto. Por isso ele está vivo, por isso ele vive. Muito bem. A alma assume aquela roupagem, exatamente isso. A alma entra naquela roupa e neste momento, todos os corpos vêm junto com ela, todos os corpos são criados. Muito bem.

A alma é um composto de vivências. Ela fez muitas caminhadas, assumiu muitas roupas, trilhou caminhos corretos, trilhou caminhos errados. A alma tem todas as propriedades, que vocês já conhecem. E a cada sofrimento, a cada vivência importante, a alma vai acumulando aquilo. Pensem o seguinte: a alma é sábia. Sim é, até certo ponto. Porque nesta longa caminhada, que todos vocês fizeram, as suas almas não se lembravam de nada, porque vocês estavam na Roda de Samsara. Que foi criada exatamente para mantê-los aqui, sem a lembrança, para que não evoluíssem. Muito bem.

Então tudo que vocês fizeram, foi acumulado ao longo do tempo. Sentimentos bons, sentimentos ruins. Mas vamos descartar todos os sentimentos bons, coisas que vocês fizeram de bom, isto afeta positivamente a alma. Então não há o que explicar, não há o que comentar. O que temos que comentar é exatamente o contrário, tudo aquilo que sua alma fez e que causou problemas nela. Vale ressaltar, que quero comentar a respeito de sentimentos, não necessariamente das ações. Vamos separar as duas coisas.

Vou dar um exemplo: você foi um soldado, batalhou bastante. Por ordens do seu Comandante, você tinha que matar os seus inimigos; então você o fez. E você ao chegar em casa, colocava a mente no travesseiro e dormia. Aquilo não afetou a sua alma, porque você estava cumprindo ordens. Por favor não se julguem. Isto não é para ninguém se julgar. Vocês fizeram o que tinha que ser feito. Não é este o ponto que eu quero comentar. Então vocês simplesmente, cumpriram ordens e aquilo para sua alma, não foi nada. Claro que o carma da vida que você tirou, está atrelado à sua alma, isso você não perdeu. Mas isso não lhe causou traumas. É aí que eu quero chegar.

Já pode ter existido um outro soldado, que a cada irmão que ele matava, ele sofria muito. E pensava muitas vezes, em sair daquilo. Mas o que ele iria fazer? Só tinha aquele trabalho e ele tinha que alimentar a família. Sem julgamentos também. Mas este soldado, a cada irmão que matava, era um sofrimento absurdo. Então isto sim, ficou marcado naquela alma, como uma cicatriz. Exatamente isso, uma cicatriz. Muitos de vocês aqui, foram soldados. A grande maioria; sejam almas evoluídas ou terrenas, não tem diferença. A grande maioria foi soldado, porque há séculos atrás, era só isso que existia. Batalhas pelo poder, batalhas pelos territórios, batalhas pelas religiões. Tudo era resolvido na ponta da espada. E com passar do tempo, na ponta do revólver, do canhão. Muito bem.

Então cada sentimento, fica uma pequena cicatriz naquela alma. Só que com o passar do tempo, ela vai esquecendo aquilo. Na vida seguinte, ela não lembra de nada, mas aquela cicatriz está lá. E uma coisa que é importante lembrar, erros semelhantes se somam. Então digamos assim: uma alma que tirou a vida de um irmão, ela tem uma cicatriz. Se esta mesma alma, tirou a vida de 10, aquela cicatriz terá o tamanho proporcional aos 10. Não será uma outra cicatriz, será aquela mesma, que será somada à tantas outras. Muito bem.

Então comecem a perceber, que se vocês persistem no mesmo erro, a cicatriz é imensa; porque a cada encarnação, se vocês repetem o mesmo erro, aquela cicatriz vai engordando, vai aumentando de tamanho. E muitas vezes, a alma carrega aquela cicatriz de vidas muito antigas, muito longe, mas ela está ali; a alma carregando sempre. E cada vez que ela encarna, ela tenta relembrar, a consciência humana, de não repetir. Mas ela não se lembra quando encarna. No momento da encarnação, tudo é esquecido e vocês voltam a cometer os mesmos erros. Muito bem.

Então vocês podem imaginar, que suas almas estão cheias de cicatrizes. E cicatrizes posso dizer, bem volumosas. Não são pequenas cicatrizes, que quase não têm poder. São grandes cicatrizes com um poder imenso. Que tipo de poder? Daqui a pouco, eu volto à este assunto. Então da mesma forma que tem os sentimentos, têm os acidentes físicos. Exatamente como soldados, muitos de vocês perderam partes do corpo. Perderam a cabeça, perderam braços, perderam pernas, foram mutilados. E naquele momento, antes do momento da morte, a alma guarda aquela dor. Não queiram imaginar o tamanho da dor. Aquela sensação fica na alma, mesmo que ela tenha sido decapitada, a alma sentiu uma perda, da conexão com aquela roupa e a forma como foi feita. Então aquilo fica marcado na alma, é uma cicatriz que a alma carrega.

Muitos morreram queimados ou têm queimaduras profundas pelo corpo. Tudo isso a alma absorve, por quê? Porque são coisas ruins para ela, são sentimentos negativos, e tudo que é o negativo, a alma absorve com a tentativa de se lembrar depois de tudo que fez, para não repetir. Então quando a alma perde a roupa, ela faz um apanhado de tudo que ela fez de errado; com a esperança de se lembrar na próxima encarnação. Só que isso não acontece. Então a alma vai ficando cheia de cicatrizes. Muito bem.

O que isso tudo, tem a ver com corpo etérico? Agora sim, vou explicar para vocês. Todas essas nuances que a alma viveu, todos esses acontecimentos que a alma viveu, quando ela encarna, ela joga tudo isso para o corpo etérico. Porque ele é a cópia da alma. O corpo etérico então, vem cheio de cicatrizes também. Nos dias de hoje, muitos de vocês fazem tratamentos holísticos ou energéticos, para se livrarem de muitos sentimentos. E o que acontece, quando vocês fazem esses tratamentos? Aquele ponto da alma, aquela cicatriz, começa a ser curada; e a alma se liberta daquilo. Ela percebe que carregar aquilo, não fará bem para ela, muito pelo contrário. Então ela começa a arrancar, aquela cicatriz dela mesma. Então através dos tratamentos holísticos, o corpo etérico repassa esse tratamento para a alma. É um vai e vem de troca de informações. Muito bem.

Muitos de vocês, até bem pouco tempo, não sabiam a respeito dessas informações. E aí muitos me perguntam, por que o corpo físico adoece? Já expliquei aqui, mas vou voltar a falar. Essas cicatrizes, é como se fossem bombas-relógio. Elas ficam lá, quietinhas no corpo etérico. Vocês não sabe de onde elas vieram, mas elas estão lá. Aí vocês têm pela própria consciência humana, vocês se desequilibram. Então, vou voltar um pouquinho.

O que é o corpo etérico? O corpo etérico é um campo de batalha, todo minado. Onde muitos pontos daquele corpo etérico, contém várias bombas-relógio. Eu vou até mudar, eu não vou dizer que é uma bomba-relógio, eu vou dizer que é uma mina, pronta para explodir. Porque bomba-relógio tem tempo e não é o caso. É uma mina, uma mina pronta para explodir. Então o seu corpo etérico é um campo de batalha, onde você tem que saber muito bem aonde pisa. Os seus Chakras, que são os pontos de equilíbrio energéticos do seu corpo, ficam ali mantendo tudo em equilíbrio. Mantendo as minas, muito bem protegidas.

É como se os Chacras, tomassem conta dessa de minas. Não deixando que elas interferiram na vida atual, não deixando que elas interferiram na sua saúde. Mas atentem ao detalhe: os Chakras estão equilibrados. Então vamos imaginar, sete guardinhas, tomando conta dentro do seu corpo etérico. Cada guarda toma conta de uma parte do seu corpo. Exatamente muito próximo, aonde está o Chakra. Muito bem.

Se você é um ser humano, que é uma pessoa positiva, é uma pessoa do bem, é uma pessoa que emana sentimentos bons, é uma pessoa que se alimenta adequadamente, é uma pessoa que não tem vícios; eu diria que é uma pessoa perfeita, aquele ser humano perfeito, quase um santo. Aqueles guardinhas, recebem todo o produto deste seu equilíbrio. Porque você passa todos esses sentimentos – você consciência humana – passa todos esses sentimentos para o corpo etérico. Então os guardinhas estão lá, fortes, animados, mantendo tudo em ordem; as minas todas protegidas, tudo certo.

Um detalhe, cada guardinha mantém as minas protegidas de que forma? Pela sua própria energia. Então o guardinha sabe aonde tem as minas. Então ele, pela sua própria energia, ele mantém elas em equilíbrio, mantém elas adormecidas, com o equilíbrio dele. Então percebem a ligação, vocês consciência humana, corpo físico, passam tudo de bom para os guardinhas, que são os seus Chakras principais, e eles mantêm este equilíbrio que receberam, mantêm essas minas no seu corpo etérico adormecidas, hibernando. Muito bem.

A imagem está linda. Aí vocês não são nada disso, vocês não são corpos perfeitos, vocês não são consciências perfeitas. Vocês produzem erros e muitos erros, e principalmente erros de sentimentos. Vocês se deprimem, vocês ficam com raiva, vocês têm ódio, vocês têm revolta. E aí o que acontece com o guardinha? O guardinha recebe toda essa carga negativa de vocês, e aí ele se desequilibra. Ele pode simplesmente se sentir mal, e passar a manter aquele equilíbrio de uma forma muito lenta; ou você pode acelerá-lo de novo, de forma rápida e ele também perder o equilíbrio.

O guardinha perdendo o equilíbrio, o que acontece com as minas? Elas explodem, porque era o equilíbrio dele, que mantinha a mina equilibrada, hibernando. Ele se desequilibrou; então a mina explode. E aí o que acontece quando a mina explode? Vêm as doenças internas; vêm problemas exatamente naquela área, aonde foi o desequilíbrio. E se o desequilíbrio for intenso, todas as bombas do seu corpo explodirão; e aí vira uma doença para o corpo todo. Muito bem.

E o que acontece depois que a doença se instala? Não tem mais jeito, é deitar e morrer? Não, esta não é a solução. Vocês acham que é. Vocês acham que a solução muitas vezes é deitar e morrer, mas não é. Porque com a mudança de forma de vida, com a mudança de forma de viver, vocês podem se curar novamente. Que seria o quê? Aquele guardinha voltar, a ficar em equilíbrio e tentar controlar aquela bomba. Porque sim, a bomba volta a ficar armada de novo. Porque aquilo é da sua alma, você não limpou aquilo ainda. Para limpar as bombas, vocês têm que tratar os sentimentos da alma. Aí sim, vocês limpam a bomba. Enquanto não, é como se ela explodisse e depois se remontasse de novo, ela volta para lá.

Então é como se fossem aquelas doenças, que vocês tratam, tratam, tratam, tratam, e nunca ficam bom. Porque vocês não trataram o problema, que foi manter o guardinha equilibrado. Ele continua desequilibrado a vida inteira, e a bomba continua explodindo. Então vocês continuam doentes, porque vocês não se modificaram. Não adianta combater o efeito, tem que combater a causa; tem que combater a causa daquele desequilíbrio. E com certeza a causa provém da sua consciência humana; o que você sente, o que você faz, o que você come.

Então meus irmãos, isso explica muitas doenças que vocês têm, que são internas. A mais comum é o câncer. A sua ciência diz: “Ah, mas houve um desequilíbrio nas células daquele órgão”; sim, porque aquela bomba que estourou no corpo etérico, passa para o físico. É como se aquele ponto no seu corpo, também estourasse. E aí é doença aparece. Porque, o que é o câncer? É um crescimento desordenado e desorganizado das células, naquele ponto. Formando um tumor, que é exatamente, a explosão da bomba. Pensem na explosão de uma bomba, é exatamente isso. Ela explodiu no etérico e passou para o físico, porque a troca é constante.

Aí vocês voltam, vocês começam a se tratar. Enquanto vocês estão se tratando, a bomba está sendo remontada lá no corpo etérico. Porque vocês não trataram aquilo ainda. Vocês não foram tratar a causa do problema, vocês só estão tratando o problema. Aí vocês fazem tratamento e ficam curados. Aquele tumor foi embora, mas a bomba tá lá. E aí você continua a mesma vida de antes, repetindo tudo de novo. A mesma causa que causou a explosão, da outra vez. O guardinha continua lá desequilibrado novamente, e novamente a bomba explode. E aí vocês têm uma recidiva; como você chamam. “Ah, mas por que que eu fiquei doente de novo?” Porque você não se tratou, você não se curou, você manteve as mesmas coisas que você fazia e que provocou o desequilíbrio todo. E às vezes essa bomba explode de uma forma tão profunda, que todos os guardinhas se desequilibram. E aí a doença se espalha pelo corpo todo.

É meus irmãos, vocês são poderosos; poderosíssimos. Só que vocês não sabem disso. Vocês conseguem se autodestruir. É impressionante, vocês se autodestroem, porque vocês gostam de cultuar sentimentos negativos. Vocês gostam de cultuar o sofrimento, porque lhes foi ensinado, que sofrer é o alimento da alma. Que tamanho absurdo! Deus Pai/Mãe não fez filho nenhum para sofrer. Deus Pai/Mãe quer vocês felizes e alegres, prósperos e abundantes. Não sofredores. Isto é ridículo. E vocês seguem isso ao pé da letra. Vocês fazem por onde sofrer todo o tempo. Porque é isso que vocês fazem, vocês não se cuidam, não se alimentam direito, têm vícios, cultuam aos sentimentos de baixa vibração. E aí depois ficam reclamando pelos cantos, que estão doentes.

Ora meus irmãos, acordem! Vocês causam suas doenças. Não é Deus, não é a vida; aquele ser imaginário chamado Vida que causa as doenças em vocês. São vocês mesmos. Aí muitos até falam que a doença foi uma lição de vida. Parabéns para quem entendeu isso, porque se compreendeu que foi uma lição, é sinal de que vai procurar não cometer a causa de novo. E aquela bomba vai ficar lá, hibernando e o guardinha, bem equilibrado. Perfeito. O câncer não voltará mais, porque você aprendeu a lição. Vocês entenderam? Vocês desequilibram seus guardinhas, que são os seus Chakras, e ai tudo à volta explode.

Qual a solução para isso tudo? Manter-se equilibrado. Apenas isso. E tratar a alma, procurar tratamentos energéticos, que limpem esses pontos; essas minas que estão no seu corpo etérico, que vieram da sua alma. Vocês têm como eliminar isso, isso são chamados de miasmas, que vêm de outras encarnações. Então vocês podem limpar isso. Como? Existem milhões de técnicas por aí. Não vou aqui ficar ensinando vocês o que fazer. Vocês têm que procurar, aquilo que cada um acha que vai ser bom para si. Aquilo que cada um achar que poderá ajudá-lo. Então procurem, antes que suas minas explodam.

Então vocês sempre foram ensinados a tratarem o efeito. É o que eu disse, os seus medicamentos, corrigem os seus corpos. Muito bem. Não estou dizendo que não, mas corrigem o efeito; não a causa. Enquanto vocês tratarem só o efeito, vocês poderão até ter melhora, mas não ficarão curados. Porque vocês continuam alimentando a causa do problema. Aí muitos já nascem doentes. O que significaria isso? Significa que a sua alma decidiu, que por aquela doença, você teria alguma lição a aprender. É como se no auge do desespero a sua alma dissesse: “Tudo bem, eu vou esquecer quando reencarnar, mas eu vou mandar uma doença, para que eu não esqueça!” E aí vocês nascem doentes. Às vezes, o sentimento na alma é tão profundo, que vocês nascem com problemas físicos, deformações. Porque aquilo está tão entranhado na alma, que ela esqueceu que ela era apenas uma alma. E aí vocês nascem com problemas congênitos, com falta de membros. Porque a sua alma, não tem aqueles membros, ela acha que perdeu.

Então quando ela entrou naquele bebê, quando ela se acoplou à ele, ela passou para ele toda essa deformação que ela tinha. E o bebê nasce todo deformado ou sem membros ou com membros atrofiados; porque a alma, acha que não tem aquele membro. Aí vai depender muito também, da caminhada daquela alma, da caminhada dos pais daquela criança. Então não pensem também, que é assim; a alma decide vir toda torta e tudo é feito à vontade dela. Não, ali também tem uma lição a ser dada, ao pai e à mãe; não aquela alma. É a lição do amor incondicional.

Então não podemos generalizar tudo. E aí também vale comentar: sim, cada gene, que gera o bebê, tem um da mãe e o do pai. A lista contém toda a genética da raça de cada um. O somatório nascerá um outro ser; o somatório daquelas duas raças. Então vocês percebem, que ninguém neste planeta, tem um gene totalmente terreno. Vocês conseguem entender isso? Mas isso é assunto para outro vídeo, não neste.

Bom. Então meus irmãos, espero que vocês tenham entendido, qual a importância de vocês se manterem equilibrados. Porque tudo que vocês fazem, reflete no corpo etérico. Vocês estão contidos nele, ele não é um corpo à parte. Vocês estão contidos nele. Então cada órgão de vocês, cada coisinha que vocês têm, o corpo etérico tem igual. O que vocês fazem, passa para o corpo etérico e o que tem no corpo etérico, passa para o corpo físico.

O que nós estamos tentando fazer com vocês? Quando falo para vocês, caminharem pelas meditações dos raios? Qual objetivo? O que vocês estão fazendo? Vocês estão transmutando muita coisa errada, os sentimentos que vocês guardam aí dentro. Então agora eu posso explicar: vocês estão desativando muitas minas, porque vocês não estão dando, mais suplementos para aqueles sentimentos. Então aquilo foi destruído no nível da alma. Vocês estão limpando suas almas, e aquelas bombas, estão sumindo. Ah, mas tem uma coisa importante a dizer aí. “Ah, então agora, já que eu detonei todas as minhas minas, não tenho mais nada no meu corpo etérico. Agora eu posso me desequilibrar a vontade!” Faça isso; faça isso e você verá o resultado. Aqueles guardinhas não tomam conta apenas de minas, eles tomam conta de todas as suas glândulas, do funcionamento do seu corpo. Então se você continua o desequilíbrio, você vai arrumar problema no seu corpo. Da mesma forma, o seu corpo vai adoecer. Porque as minas trazem doenças do passado, mas o desequilíbrio provoca doenças no presente, mesmo que não tenham as minas. Então não pensem dessa forma. O objetivo é vocês se limparem e não se desequilibrarem novamente. Este é o grande objetivo. Sabemos que não é possível, porque o próprio meio, sempre causa desequilíbrio em vocês. Mas estamos fazendo o possível, para ajudá-los a se livrarem dessas minas.

A grande maioria está conseguindo, está transmutando, está deixando as minas para trás. Elas não existem mais, porque estão transmutando os sentimentos, enraizados de longas eras; estão conseguindo limpar isso tudo; estão fazendo uma verdadeira faxina no seu corpo etérico. Então espero que assim, vocês também entendam o porquê, desta meditação dos raios. E para aqueles que estão andando pelo raio e já transmutaram tudo, o que vocês estão fazendo? Aqueles raios que vocês recebem e ficam 24 horas com eles, eles ficam atuando no seu corpo etérico; ainda limpando, tirando aqueles cantinhos que vocês não enxergaram, para que tudo fique efetivamente limpo. Então pode ser que, você pode ter terminado tudo, e lá no último dia da terceira volta, você se lembrar de algo. Porque eles estão vasculhando tudo.

As energias dos raios estão vasculhando tudo, que você pode ter esquecido ou que você não sabia. E eles vão lhe dar a intuição, de que você tem que tratar aquilo. Então não deixem de fazer as três voltas. Por isso que eu disse, sabemos que as três voltas são necessárias, porque a limpeza continua.

Então meus irmãos, espero que vocês tenham entendido a importância de se manterem equilibrados. Não é porque vocês estão limpando as possíveis minas, que estejam no corpo etérico, que vocês ficaram livres de tudo. Não, se aquele guardinha se desequilibrar novamente, o seu corpo físico vai sofrer; outras doenças aparecerão. Tenham certeza disso. Então procurem se manter equilibrados.

EU SOU O ARCANJO MIGUEL! Estou aqui, tentando esclarecer muita coisa para vocês. E espero sinceramente, que vocês entendam e se modifiquem.


614 visualizações3 comentários

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2020 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com