Arcanjo Miguel - Interpretando o Raio Branco

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!

Finalizamos mais uma semana. Hoje, finaliza a volta completa nos Sete Raios. Quero lembrar à muitos de vocês, que quem não terminou de transmutar tudo, poderá dar mais uma volta completa. Não é iniciar, terminou de transmutar e parar. Não; terá que dar uma volta completa. Como eu disse há dias atrás; eu darei um prazo de três voltas completas, para depois oferecer mais alguns presentes à vocês.

Então vocês terão bastante tempo, para transmutarem tudo e para estarem bem. Quem quiser passear pela roda dos Sete Raios, mesmo sem transmutar, problema nenhum. Poderá fazê-lo sem problema. Apenas vivencie aquela energia, tomando conta do seu corpo a cada dia. Excelente.

Então falamos aqui sobre a criação, referente ao Raio Azul, falamos da sabedoria referente ao Raio Amarelo, falei durante dois dias sobre o amor. Então hoje comentaria sobre a referência ao Raio Branco. O Raio Branco é como se fosse o fiel da balança. É como se fosse uma pequena parada de análise, de avaliação entre os Sete Raios. Percebam que antes do Branco, vem três e depois do Branco, tem mais três.

Então os raios iniciais, vocês estão criando com sabedoria, com muito amor; e é como se no Raio Branco, vocês começassem a tomar forma daquilo que vocês criaram, daquilo que vocês efetivamente querem. Os próximos três Raios, se trata da elevação da alma, a cura, a forma de efetuar aquilo, que efetivamente que foi pensado, e a elevação através da transmutação do Raio Violeta. Então os três últimos raios, cuidam da elevação da sua alma. Entre a cura, a elevação dos pensamentos e a transmutação de tudo que é ruim, em amor e luz.

Então podemos aqui comentar, que o Raio Branco seria o preparatório para uma outra caminhada, poderíamos dizer. Seria uma caminhada voltada totalmente ao espiritual; totalmente à alma. A ascensão de vocês, eu já expliquei aqui, se dará através do quantum de energia que cada um de vocês conseguir atingir. Não custa lembrar que não haverá portas separatórias, não haverá ninguém carimbando a passagem, não haverá ninguém olhando para vocês: “Hum, não gostei desse, então esse não vai.”. Isso não existe. O que dará a vocês a posse daquela passagem do trem, é o seu quantum vibratório; é a quantidade de energia que vocês terão acumulado. Então estar no Raio Branco, é o mesmo que se preparar para largar tudo que não serve e começar, a se preparar com muitas armas, para a próxima caminhada. É um equilíbrio, é uma transformação, são vários adjetivos que podemos colocar.

Então, podemos dizer que, para falar um pouco do sentimento do Raio Branco... Vou iniciar falando do que é a cor branca. A cor branca é o somatório de todas as cores, isso vocês aprenderam na escola. Quando a luz refrata no vidro ou na água, vocês veem o arco-íris, que é a liberação de todas as cores. Então dentro da luz branca. tudo está contido; todas as frequências estão contidas. Então estar ali naquele ponto, da Roda dos Raios, é ter percorrido já três Raios e seguindo pelos próximos. Não, as cores dos Sete Raios planetários, não correspondem ao arco-íris. Quando eu comentei aqui sobre outras cores, quando eu falei dos Mestres, eu comentei as cores de uma forma diferente através do arco-íris. Porque o seu planeta, tem vários tipos de frequências ao redor dele.

Aqueles, quando eu comentei que seriam das cores do arco-íris, eram círculos concêntricos. E agora vocês estão caminhando pelos raios planetários. Uma coisa nada tem a ver com a outra. “Ah, mas alguns Mestres coincidem.”. Sim alguns Mestres coincidem, sem problema algum. Então estar neste ponto de equilíbrio; é como se fosse aquele ponto da jornada, em que vocês têm que parar; vocês criaram no Raio Azul, usaram a sabedoria para mantê-lo, para continuar a criação; colocaram todo amor ali no Raio Rosa e agora vão efetivamente fazer acontecer. Mas vão fazer acontecer, para o crescimento da alma.

Então será o fazer acontecer através da cura, da energização e da transmutação. Então levem isso para as suas vidas. Tudo que vocês planejaram, tudo que vocês criarem, sigam sempre estes passos: “Eu planejo, eu crio, eu tenho sabedoria no que eu estou criando; criando algo que seja bom para mim e para o Todo. Eu ponho amor naquilo que eu planejo, naquilo que eu quero, naquilo que eu cocrio. Dou uma parada, analiso, como aquilo está funcionando, e agora eu retiro toda a força daquilo que eu cocriei, para a elevação da minha alma”. É desta forma que vocês tem que pensar.

Isto vale e se encaixa perfeitamente naquela máxima; de que tudo que vocês plantam vocês colhem. Então se vocês estão cocriando algo que não seja bom. para você e para o Todo, quando chegar no ponto que vocês vão analisar, o que aquilo fará de bom para a sua alma; vocês não vão encontrar nada. Porque não foi algo que foi bom para o Todo. Então não elevará a sua alma. Foi bom apenas para você; então aí há o egoísmo e isto não eleva alma nenhuma.

Então tudo aquilo que vocês cocriarem, tudo aquilo que vocês planejarem, pensem em si claro, mas pensem no Todo. Porque quando vocês chegarem naquele ponto, em que vocês estão colhendo os frutos e vão começar, a jogar esses frutos para a alma; vocês terão o que elevar para a alma. Eu quero que vocês aqui, percebam e façam uma volta no tempo e comecem a analisar todas as conquistas que vocês tiveram. Comecem a observar, que todas as conquistas que vocês tiveram, e que envolveram o Todo,,elas foram muito mais vitoriosas.

Aí muitos vão dizer: “Ah, mas a minha caminhada não foi nada fácil.”. Eu não estou levando em conta isso. A caminhada será fácil ou difícil de acordo com suas crenças. Mas o resultado é o que importa. Se a caminhada foi difícil, você batalhou bastante, mas você chegou lá e foi bom para você e para o Todo? Parabéns para você, você conseguiu trazer até o último grau da sua alma; a sua alma evoluiu efetivamente; com aquilo que você decidiu, com aquilo que você criou, com aquilo que você viveu, com aquela forma de trabalho. Agora tudo aquilo que vocês fazem mecanicamente, ou apenas por dinheiro, por status, por exibição, não elevam a alma. Vocês perderam uma boa parte das suas vidas, e chegaram no ponto do Raio Branco e não terão nada o que levar para os outros Raios; metaforicamente falando.

Lembre-se sempre dos Sete Raios. Vocês criam com sabedoria, com amor. Aí vocês dão aquela parada, colhem os frutos daquilo que vocês criaram. E se foi bom para você e para o Todo, a jornada continua para a cura, energização e transmutação do que não era totalmente bom. Mas aquilo levou algum quantum de evolução para a sua alma. Agora se você não pensou no Todo, você para ali, não vai adiante.

Então é desta forma meus irmãos, que vocês evoluem. Não existe evolução, pensando apenas em si. Então quando muitos aqui ficam preocupados: “Qual a minha missão de vida, o que devo fazer para evoluir?”. Tudo aquilo que faça o seu coração feliz. De que adianta. vocês terem um emprego maravilhoso, no sentido financeiro, mas que cada dia você sai de casa e se sente arrasado, por ter que ir trabalhar? O que você está fazendo com a sua vida? Você já pegou um atalho, porque se aquilo não lhe traz prazer, é a sua alma gritando: “Para, volta para o caminho certo. Você está no caminho errado!”. Mas você insiste, porque aquilo lhe dá retorno financeiro, lhe dá uma boa vida, lhe dá status, lhe dá uma bela casa, um belo carro, lhe dá festas. Mas se você parar e perguntar: “Eu sou feliz?”. Você custará a responder; porque aquilo tudo não lhe preenche, é tudo vazio.

Eu não estou dizendo aqui, que ter bens materiais e usufruí-los, não é bom, é. Desde que vocês olhem para aqueles bens e digam: “Foi com meu suor, mas com a minha felicidade também, que eu consegui isso tudo. Eu trabalhei ou eu trabalho e sou muito feliz e o Universo me deu isso! Olha só o que eu consegui, com o meu amor ao meu trabalho!”. Aí sim, aí vocês vão estar extremamente completos, suas almas batendo palmas e vocês evoluindo. Agora olhar para aquilo tudo e dizer: “Poxa consegui isso tudo; é, mas às custas da minha saúde, às custas de depressão, as custas de vários problemas que tenho no meu corpo, por não estar satisfeito com o que eu fazia.”.

Então qual foi a moral da história? Você contaminou o seu corpo físico, com aquele sentimento de insatisfação? Conseguiu tudo que você queria: a casa, o carro, status, festas, amigos interesseiros (que não podemos chamar de amigos). Mas e o seu corpo, a sua mente, a sua alma? Pelo contrário, você deu marcha ré. Porque para a sua alma, você não saiu do lugar e você ainda conseguiu, várias doenças, em paralelo. Então de que adiantou tanto dinheiro, tanto status, tantos falsos amigos? Vocês sempre pensaram assim: “Eu quero ter tudo!”. A alma que se dane, o corpo menos ainda, vocês nunca se importaram. E aí o que acontece? Muitos trabalham uma vida inteira e aí na hora que conseguem, aquilo que sempre quiseram, financeiramente falando; vem a doença e morrem. Não vivem nada. De que adiantou, de que adiantou tanto esforço, para ter tanto dinheiro, se a felicidade nunca habitou o seu coração?

Então ficar se perguntando, “Qual é a minha missão de vida?”. Eu gostaria que vocês fizessem essa pergunta hoje: “Qual é a minha missão de vida hoje?”. Claro que vocês podem sonhar. Não estou dizendo aqui, que vocês parem de sonhar. Cocriem com amor, mas pensem sempre em vocês e no Todo. E aquele sonho, como num passe de mágica, acontece. Porque você não pensou só em si. Pense em voz alta, desenhe o que você quer. Mostre para o Universo no momento em que você está desenhando, o que você quer; coloque seu amor ali. “Aqui Universo; olha a casa que eu quero, eu quero assim, assim, assim, assim”. E coloque todos os pré-requisitos que você deseja. Mas ao mesmo tempo, diga: “Ah, Universo, eu vou ter essa casa muito grande, então vou poder empregar muitas pessoas; para que elas tenham um trabalho, mas um trabalho honesto, para que elas tenham comida na mesa. Vou ajudá-las no que for possível, porque para ter esta casa aqui, Universo, eu vou ter que ter bastante condições financeiras. Então eu terei condições de ajudar muita gente, eu vou ajudar quem trabalhar para mim. Serão meus colaboradores, não empregados, e eles vão estar junto comigo, mantendo todo aquele meu cantinho de uma forma amorosa também. Vou atrair pessoas, que queiram trabalhar com amor e eu ajudarei sempre que possível”.

Então vejam que vocês estão pensando em si e no Todo. Aí muitos vão pensar: “Ah, isso é bobagem, eu não vou ter dinheiro para isso tudo.” Acabou, aquele seu sonho, pode rasgar o papel. Porque você acabou de enterrá-lo. Esse é o mal de vocês, vocês sonham e não acreditam. Então para que sonham? Eu já disse aqui, vocês jogam pro Universo; e se for do seu merecimento, se efetivamente, o Universo sentir que aquele sonho será bom para você e para o Todo; não é você que tem que se preocupar, como você vai conseguir aquela casa. O Universo dará um jeito, é isso que vocês não entendem. “Como, eu não tenho dinheiro para comprar uma casa dessa!”. Não é você que tem que se preocupar; se você efetivamente sonhou e quando disse tudo aquilo, pensou realmente no Todo, aguarde e o Universo dará o seu jeito. O Universo lhe proverá, mas você tem que acreditar! E aí você pega aquele papel e todo dia mostra para o Universo: “Aqui ó, tô esperando minha casa e aí cadê?”. Mostra à ele que você realmente quer aquilo, não é desenhar e colocar dentro da gaveta. Você pediu uma única vez. Aí o Universo vai entender: “Ah, ele não quer muito não, pediu uma vez só. Eu vou providenciar, mas vou botar ele lá no fim da fila”.

Porque você não botou urgência naquilo. Você não disse para o Universo que aquilo é urgente para você. Agora se você pegar aquele papel, cola no armário e todos os instantes, que você passa ali e vê aquilo, você diz: “Universo aqui ó, tô esperando, cadê? Vamos lá, vamos fazer bem para mim e para o Todo?”. Porque você botou as condições para o Todo também. Aí o Universo começa a perceber: “Eu acho que realmente ele está com urgência. Pera aí então vou passar o pedido dele, um pouquinho mais para frente.”. E começa a agir.

Então eu não estou dizendo, que os seus pedidos não serão atendidos. Serão, mas levarão um bom tempo; porque vocês não colocaram urgência. Agora aquilo que vocês repetem, todos os dias, com a mesma intensidade, com o mesmo amor, com a mesma vontade, pensando em si e no Todo; o Universo providenciará. Agora tem um detalhe, não se esqueçam que nesse processo todo, vocês decretaram algumas coisas. “Porque eu vou ajudar o Todo, contratando muitas pessoas. Fazendo delas companheiros, não simplesmente empregados, vou ajudá-los”. Olha quantos decretos você fez. E aí mais à frente o Universo lhe dá tudo aquilo.

E aí tudo aquilo que você pediu acontece, inclusive as pessoas chegarão até você. Aí naquele momento, você olha assim: ”Ah, vou dar nada, vou ajudar nada. Cada um faz o que tem que fazer, é meu empregado e ponto”. Opa! Opa! Aí o universo vai olhar e vai dizer: ‘Ué ele não cumpriu nada do que ele falou. Tenham certeza meus irmãos, que da mesma forma que aquilo caiu do céu, como vocês dizem, você perderá tudo. Porque você não cumpriu o que você prometeu. Tudo estava organizado e orquestrado, dentro dos seus decretos. Para que você fizesse bem a si e ao Todo. Então você está somente aproveitando da casa. Agora os empregados, você tornou-os empregados sem amor, sem compaixão, apenas pagando um salário no fim do mês. Mas não foi isso que você prometeu; você prometeu que eles seriam colaboradores. Que você iria ajudá-los que você iria evolui-los dentro do possível.

Então você não cumpriu nada, pelo contrário, você está sendo egoísta. Pensando apenas em si, no que você está vivendo, com a sua casa. Então do mesmo jeito que ela veio, ela irá embora. Não brinquem com o Universo. Não brinquem com as coisas que vocês falam. Tudo que vocês falam, é guardado em algum lugar no Universo; e volta, vocês sabem disso... que volta. Então todo sonho, um dia volta. Mas se vocês não colocam empenho, ele vai para o fim da fila. Eles vão atender aqueles que estão mais desesperados, para que o sonho seja atendido. E não apenas porque você está pedindo; é porque você está fazendo pelo Todo. Então o Universo estará ajudando você e muitas pessoas à sua volta. Aquilo é bom, é bom para o planeta, é bom para o Todo. Assim o Universo trará.

Então meus irmãos, sonhem, cocriem planejem com sabedoria, com amor. Mas quando vocês tiverem com tudo nas mãos, saibam manter tudo que vocês pediram. Para que vocês possam continuar a caminhada, para a evolução da alma. Porque se vocês mantêm tudo aquilo que vocês prometeram, que vocês falaram que iam fazer, a sua alma dá um passo à frente; você evolui. É isso que vocês precisam entender. Então vocês agindo desta forma, é como se vocês estivessem saindo do Raio Branco, e seguindo adiante; se curando de todo aqueles sentimentos ruins, que um dia você teve; energizando mais ainda sua alma e transmutando tudo que falta, para que ela dê aquele salto em evolução.

Porque você fez por onde, você fez por si e fez pelo Todo. Este é o segredo. Aí muitos costumam sempre bradar: “Tudo que eu peço não se realiza, porque será?”. Será porque você está pedindo apenas para você? Onde está o resto? Você não se lembra do resto, só de você. Então é como se o Universo, pegasse aquele seu pedido e colocasse numa outra fila. Esperando que um dia você perceba, que tem que refazer o seu pedido e pedir pelo Todo também. Aí vem para a fila do atendimento. Entendem por que que vocês pedem muita coisa e não acontece? Porque vocês pediram só para si, e isto não é bom para o Todo; é bom para você. Então você está pensando só em você, e isto é o que? Egoísmo. Você é o centro do Universo, é o centro das atenções.

Então aprendam a fazer os seus pedidos; coloquem urgência no que vocês querem. E vocês verão tudo acontecendo. Eu digo para vocês, vocês estão numa fase em que a cocriação, está muito fácil de acontece. A cocriação nada mais é que, vocês estarem junto do Universo fazendo tudo acontecer. Então vocês estão emanando todo aquele sentimento diariamente, a todo instante. E cada vez que você olha aquilo ali, o seu coração vai pulando, porque é como se ele sentisse que aquilo já está no alicerce, que o pedido está quase pronto, já está sendo levantado.

Então cada dia que você pede aquilo para o Universo, você se sente mais encorajado a pedir. Porque algo dentro de você está dizendo assim: “Isso, continua, porque vamos conseguir.” E vocês conseguem; a cocriação acontece. Isto é cocriar, é acreditar, mas acreditar que já está acontecendo; que tá ali. Já tem operários montando tudo, seja o que for; tudo está pronto quase para ser entregue à você. Não ponha prazos no Universo: “Ah, eu quero esta casa, com tudo que você falou, até o fim deste ano.”. Não, você acabou limitando. E se o Universo quisesse lhe entregar semana que vem? Você limitou, você estabeleceu uma data. Então o Universo só vai entregar no fim do ano; e você, vai ficar pedindo ali à toa. Porque se você pediu com tanto amor, com tanta emoção, o Universo já tinha quase tudo pronto. Porque você já tinha feito esse pedido lá atrás, lembra? Você já fez esse pedido lá atrás; só que agora, você está intensificando. E aí já está quase pronto. Aí o Universo dá um jeito de acelerar e te entrega na semana seguinte. Mas você colocou para o fim do ano. Então você vai ficar pedindo até o fim do ano. Entenderam?

Não limitem nada, não estabeleçam datas. Para o Universo, não tem tempo. Mas se vocês colocam tempo, eles respeitam o tempo. Então simplesmente peçam e entreguem ao Universo. “Que aconteça quando tiver que acontecer; quando for do meu merecimento”, perfeito. Aí se vocês se colocaram totalmente receptivos para qualquer coisa. Então façam desta maneira. Colham os frutos daquilo que vocês cocriaram. Mas tudo aquilo que vocês cocriaram com amor. E tudo que é criado com amor, tem o Todo envolvido. Porque o que não tem o Todo envolvido, não tem amor, tem egoísmo.

Então se é feito com amor, o Todo está lá.

Então para finalizar, eu vou refazer novamente a pergunta: Qual a grande missão de vocês agora, neste momento? A grande missão é se preparar para evoluir. Estar pronto para a sua ascensão, ter aquele quantum de energia necessário para ser captado para a Quinta Dimensão. Então, façam por onde. Paralelo à isso, não é também ficar sentado. deitado na rede: “Ah, estou aqui esperando a minha ascensão.”. Não é deste jeito que você vai ascender. Então uma das formas de vocês se ajudarem a evoluir, a ganhar mais alguns quantuns de frequência, é pensando em si e no Todo. Então façam por si e pelo Todo, e garanto à vocês, que a frequência vai subir. E vocês vão estar lá muito próximos, quase faltando nada, para chegar à Quinta Dimensão.

EU SOU O ARCANJO MIGUEL! Estou aqui, sempre pronto, para ajudá-los na caminhada. Mas é preciso sempre, que vocês não esqueçam, que quem comanda as suas vidas, são vocês.



0 visualização
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2016 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com