Arcanjo Miguel - Explicando Mais Uma Vez

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!


Tenho observado, que esta nova forma de usar a folha da espada gerou mais dúvidas do que qualquer outra coisa. Então vou iniciar o vídeo de hoje explicando para cada um de vocês o que vocês têm de fazer. Meus irmãos, em primeiro lugar parem de tentar pensar com suas mentes de Terceira, sobre tudo que eu faço. Vocês questionam as coisas que são feitas, como se fosse aquela que está falando aqui que errou, porque vocês não têm coragem de dizer que fui eu que errei. Então vocês passam para ela: “Olha isso está errado!”. Como se fosse ela que tivesse feito errado. Eu já disse para vocês aqui que eu conheço cada um de vocês. Independente se vocês se fazem manifestar ou não, porque quem entra neste canal e passa a ouvir as mensagens aqui, independente de acreditar no que é dito ou não, cria uma conexão comigo.


Então eu sei o que se passa no coração de cada um de vocês. Então enquanto vocês abordam que há um erro, vocês não estão criticando ela, vocês estão criticando a mim, eu me enganei, eu errei. Eu já disse isso aqui várias vezes; tudo que eu faço tem sempre segundas intenções. É como se fossem pequenos testes que vocês têm que passar; e infelizmente sou obrigado a reconhecer que a maioria não passa. Por que não passa? Primeiro, porque vocês ouvem aquilo que vocês querem ouvir, vocês não têm o hábito de parar... “Eu acho que eu não entendi.”. Ouvir de novo, e se não entendeu, pedir ajuda. Não, vocês entendem, porque vocês são sempre muito inteligentes e perspicazes, então você entendeu de primeira. E vai fazendo tudo errado, porque você entendeu muito bem o que estava dito ali.


É meus irmãos, pequenos testes, muitos erros. Quando eu fizer qualquer coisa aqui, vocês acham o que? Que se ela escrevesse alguma coisa errada, eu iria deixar passar, principalmente em relação à um procedimento ou à um ritual qualquer? Então quando vocês questionam o que está ali, vocês não estão questionando ela, estão questionando a mim; eu errei.


É. Parem para pensar e vejam, porque é isto exatamente que vocês pensaram. Porque vocês pensam com mentes pequenas, mentes de Terceira em que tudo tem que ser muito certinho. Eu digo para vocês meus irmãos, que se eu chegar aqui e disser: A partir de amanhã vocês vão repetir uma única palavra durante o dia, e vocês vão estar totalmente protegidos! Será que todos acreditariam nesta palavra?


Eu vou responder, não. Vocês não acreditariam. “Como assim uma única palavra será capaz de me proteger o dia inteiro? Ah, isto não existe!”. Claro, porque vocês estão pensando com esta mente pequena que vocês têm aí. Que é uma mente que tem que ter sempre uma oração imensa, tem que ter sempre um monte de palavras para que vocês acreditem. É desse jeito que vocês são. Para mim, bastaria um pensamento, nenhuma palavra. Se vocês pensassem em determinado objeto, em determinada imagem para mim seria o suficiente para entender o que vocês querem.


Mas vocês precisam de algo material, vocês precisam de uma coisa muito certinha. Então tem que ter as palavras corretas, não pode errar as palavras; porque se errar as palavras, perde o sentido. E aí eu errei tudo! Eu já disse: tudo que faço tem segundas intenções; e com certeza são sempre pequenos testes, e vocês não percebem; vocês caem direitinho na armadilha. Porque vocês não percebem que estão sendo testados, e caem, caem, caem todas as vezes.


Muitos se acham poderosos: “Não, eu não vou fazer nada com esse grupo, vou fazer a hora que eu quiser, porque eu tenho poder, então eu faço a hora que eu quero!”. Muito bem, continue pensando assim, continue sendo egoísta e individualista e siga o seu caminho; escolha sua; escolha sua. Outros não entendem o que têm que fazer mas acham que entenderam, e vão em frente fazendo tudo errado.


Meus irmãos, este canal tem um grupo de pessoas que estão ali, prontas para ajudar a qualquer dúvida que vocês tiverem. Mas vocês não perguntam, por que? Vergonha? Vergonha de admitir que não entendeu? Por que vergonha, por que vergonha? Ninguém é obrigado a entender de primeira, para isso existem pessoas que estão ali prontas para lhes ajudar, mas vocês preferem fazer tudo errado do que perguntar.


Então sinceramente, eu não gostaria de estar aqui perdendo mais um dia, que eu poderia estar falando dos Complementos de Sananda para estar falando isso tudo aqui. Não foi tão sem sentido que eu disse para que todo mundo entendesse errado. Quem está no grupo de tratamento desde o início, sabe que o que eu falei não tem nada de absurdo.


Mas vocês optaram por cada um entender ao seu jeito, e cada um fazer o jeito que quisesse. Agora uma coisa que eu peço a vocês, não fiquem dizendo para ela que está errado; digam para mim: “Você errou Arcanjo. Isto aqui está errado”. Tenham coragem, não fiquem acusando ela de que está errado.


Eu gostaria que vocês pensassem muito, porque vocês estão tomando caminhos muito estranhos, daqui a pouco, isso aqui vai virar uma mesa de discussão. Porque vocês vão começar a questionar tudo o que eu falo, e aí se isso acontecer eu simplesmente vou parar. Ou vocês aceitam o que eu falo, ou simplesmente... Porque vocês estão me escutando? Não entendi. Eu não sou o coleguinha do lado que você pode simplesmente dizer: “Não, você falou besteira!”.


Repensem suas posições; repensem os seus argumentos. Vocês estão acostumados a dar jeitinho em tudo; não aceitam; tem que ser do jeito que vocês querem, sem regras. E aí vocês reclamam porque o mundo de vocês está do jeito que está; porque vocês não aceitam regras. Vocês sempre querem dar aquele jeitinho para burlar tudo. Entendo que daqui para diante, eu terei que fazer um ditado, como vocês aprendiam na escola antigamente, para que seja tudo muito bem explicadinho para que vocês entendam.


Eu não estou questionando quem não entende, porque é perfeitamente normal não entender; a minha questão, é não entender e fazer por conta própria, fazer errado por conta própria ou questionar que está errado. Isto eu não vou aceitar. Vocês têm ajuda todo o tempo; peçam, mas também tem um outro lado que eu gostaria também de citar aqui. As pessoas que estão ajudando nesse canal, fazem todo o possível para colocar tudo, deixar tudo a mão de vocês, e vocês fazem o quê? “Ah, onde é que tá aquilo mesmo?”, “Ah, peraí que eu vou perguntar!”. Não se dá ao trabalho de procurar; sabe que tem como procurar, mas não procura.


É mais fácil sentar e mandar uma mensagem: “Ah, eu não estou encontrando tal coisa, aonde é que está?”. Pessoas que estão entrando no canal agora, eu até admito, que não sabem ainda como é a rotina, mas pessoas que já estão aqui há muito tempo? Meus irmãos, parem de jogar para o outro as coisas que são vocês que têm que fazer; são pequeninas coisas que, dia a dia, vocês vão minando todo aquele processo de evolução de vocês. Isto não é uma coisa pequena. Se feita uma vez é perdoável, agora se feita sempre, aquilo começa a tomar peso e aquele caminho começa a ficar um pouquinho mais complicado de você seguir.


Vocês têm mãos, vocês têm pernas, vocês têm cabeça, para agirem. Deixem para quem não pode efetivamente agir a ajuda que pode ser dada. Agora vocês se acomodam. Vocês sentam naquela rede, na beira da varanda, na frente do mar tomando brisa, tomando suco e pedindo: “Fulano pesquise isso aí para mim por favor, porque eu não estou achando!”. E você lá tomando brisa... tomando suco... balançando na rede. E aí o fulano tem que parar o que está fazendo para procurar o que você quer.


É meus irmãos, vocês não têm a menor noção das coisas erradas que vocês fazem. E aí, vocês ficam perguntando para mim se já estão no ponto de evoluir. Isto é evolução, isto é caminhar com toda a força para frente? Ou ficar deitado naquela rede balançando sem fazer nada. É isso que vocês querem? Porque enquanto vocês balançam na rede o seu caminho está parado, o seu caminhar está parado; não tem caminhar; não tem evolução. Porque vocês não buscam, vocês não procuram melhorar, vocês não procuram evoluir, vocês não procuram aprender: “Eu sou o que eu sou, e não vou mudar!”


Muito bem, você acabou de fazer um decreto, então o seu caminho parou. Porque se você é o que você é, você não vai mudar, o caminho acabou de estacionar. Você não irá para frente; porque quem quer evoluir, tem que aprender a cada dia lições novas, tombos novos. Porque a maioria está levando tombo. Muitos se esborracham no chão e entendem: “Opa, aqui tinha uma pedra grande, preciso tirá-la do meu caminho!”. E aprende a lição, tira a pedra do caminho, e vai adiante com os joelhos todos machucados. Não importa, está indo adiante, esqueceu a dor e tá indo adiante, porque essa pessoa quer evoluir. Esta pessoa quer ser cada vez um ser humano melhor, quer ser um ser humano cada vez mais pronto, para a evolução.


Não ficar deitado na rede balançando, tomando brisa. Isto não evolui ninguém. Se você tem dificuldades, faça por onde quebrar as suas dificuldades, ou você está se resignando: “Ah, eu tenho as dificuldades. Então não tenho como fazer!”. Muito bem, mais uma vez eu repito, escolha sua; depois não reclame. “Ah, eu fiz tudo que eu tinha para fazer porque que eu não evoluí?” Como é que é? Você fez tudo que tinha para fazer, você ficou deitado na rede o tempo todo, balançando, pegando brisa, e você fez tudo que tinha que fazer?


É meus irmãos, realmente alguns de vocês ainda não entenderam o que é passar para Quinta Dimensão. Vocês não entenderam. Muitos acham que basta ser bonzinho: “Ah, eu amo todo mundo, eu sou uma pessoa boa, então eu vou evoluir!” Realmente, esses são pontos importantes, mas não são todos. O caminho tem muito mais aprendizado do que isso. Então meus irmãos, acordem, percebam o que está à sua frente. Cada movimento meu tem um sentido, tem um porquê. Agora não tentem entender esse sentido e esse porquê ao pé da letra, porque vocês não entenderão. Eu sei o que eu faço.


Então eu vou explicar pela última vez, e não quero mais ninguém comentando sobre isso. Eu tentei fazer alguma coisa para ajudá-los, e parece que a coisa tomou uma proporção imensa e ninguém entendeu. Todos sentados nas carteiras porque eu vou começar a dar a aula, então sentem-se nas suas carteiras e fiquem quietos; tem que ser assim que nem professor de escola. Muito bem.


Existe uma egrégora de luz. O que é uma egrégora de luz? Para que fique fácil para vocês entenderem, é como se fosse uma grande bola de luz verde, a luz da cura. Esta egrégora foi criada pelo Arcanjo Rafael e por Mãe Maria, para que fossem tratados aqueles jovens, aquelas pessoas que estavam em profundo estado de depressão e se suicidando. “Ah, para que existe aquela imagem?”. Apenas para que vocês consigam mentalizar um local, porque a egrégora é criada naquele local. Foi uma escolha minha.


Então a egrégora é criada ali, para que vocês possam posicionar a egrégora dentro do planeta, dentro do espaço. Muito bem. Esta egrégora foi criada. Então foram criados grupos de pessoas que doam energia para esta egrégora; que fazem o seu papel de doação para ajudar as pessoas que ali estão. Muito bem, foram criados vários grupos por dia: são dois grupos a cada dia. Muito bem. Eu havia dito aqui, que o ideal é que as pessoas participassem duas vezes por semana, não mais do que isso.


Os grupos são formados às 22 horas, todos os dias; e vocês escolhem o dia ou dias que querem participar. Por que não pode ser qualquer horário? Porque é naquele horário que o Arcanjo Rafael, quebra o livre-arbítrio de todas as pessoas que estão ali dentro; e vocês podem enviar energia sem terem consequências em razão disso. Existe a minha proteção para que as forças negativas que estão com aquelas pessoas, não se voltem contra vocês.


Mãe Maria, faz o trabalho de cura, atendendo um a um. Quem vê Mãe Maria trabalhando sabe que ela chega perto de cada um que está dentro da egrégora. Os Pleiadianos se encarregam de levar os seres escuros que ali estavam, para o treinamento, para uma nova abordagem de vida. E os Arcturianos ajudam no processo da cura através de projeção astral.


Então vamos imaginar essa egrégora: é uma bola verde com uma grande nave em cima, em que os Pleiadianos e os Arcturianos trabalham ao mesmo tempo; Arcanjo Rafael tirando o livre arbítrio, eu, fazendo a proteção de vocês, e Mãe Maria curando a todos. Aí vocês resolvem fazer na hora que vocês querem. O que vocês fizeram? Vocês imaginaram a egrégora, mandaram energia para lá, e tenham a certeza que tem sempre alguém a espreita para pegar justamente esses distraídos. Cadê a proteção de vocês? “Ah, mas eu fiz a oração que você passou!”. Muito bem, você fez a oração que eu passei, mas e todo o conjunto que tem que estar, todos juntos naquele mesmo momento?


O que pode acontecer com você? Muita coisa, porque você não está envolvido em todo aquele processo ali. A minha proteção ali é imensa, não é individual. “Ah, então você tá dizendo que a oração para uma pessoa só não protege?”. Não é que não proteja, mas você está aberta para receber qualquer coisa. Aí você vai responder: “Então não protege!”. Eu vou lhe dizer o seguinte: cada um de vocês quando faz a doação de energia, vocês estão doando a própria energia, porque a grande maioria não é Reikiana; quem é Reikiano ou tem outras técnicas envia energia da técnica, mas a grande maioria não; a grande maioria envia a própria energia. Então sim eu lhe protejo, não resta dúvida, você não estará desamparada apenas porque não está no grupo, mas esta minha proteção não é suficiente para a sua ação. Porque você está mandando para algumas pessoas ali dentro, e você está invadindo o livre arbítrio delas.


É como se... Vou dar um exemplo muito fácil para vocês: como que vocês usam, esses pequenos cartões para terem o dinheiro do banco? Ah, vocês têm uma senha, correto? Sem a senha vocês não fazem nada. Então eu vou dizer para vocês que aquela oração, nada mais é do que uma senha para vocês participarem do processo todo. Então não é que eu não lhe proteja, mas você não tem acesso a nada, você tem acesso a qualquer coisa que você esteja imaginando na sua mente, não aquela egrégora. Porque não foi lhe dada a comprovação da sua senha, aonde? Naquele momento o banco não está aberto, o banco só abre às 10 horas da noite para que você digite a senha e possa entrar na egrégora.


Então aí, eu volto explicar o que eu disse no iníciozinho desse vídeo. Eu monto essas orações, para que vocês tenham alguma coisa para acreditar, para que vocês se concentrem através da oração. Mas o sentido ali por trás, para mim e para todos os outros seres, é exatamente esse, é a solicitação da participação na egrégora. Entenderam agora, que fazer por conta própria não resolve de nada? Você está criando uma egrégora na sua mente, que não é aquela, e você está digitando uma senha num banco que não é o seu.


Então você pode atrair qualquer coisa. Isto por quê? Porque você resolveu fazer as coisas por conta própria, você mudou todo o processo. “Ah, 10 horas para mim é muito ruim, é muito tarde. Eu vou fazer outro horário!”. Desloque-se no tempo não tem problema, existe o deslocamento de tempo, então faça com o deslocamento de tempo, mas faça corretamente.


Muito bem. Continuando meus alunos. Foi criado esse grupo. Junto com esse grupo eu criei a folha da espada. Aí muitos queriam desenhar a folha, sem comentários. Vamos lá, continuando. Isto porque não perguntaram, continuando. Então tem a folha da espada. O que é a folha da espada, na versão quando foi criado o grupo de tratamento, a egrégora de luz; era para que ali vocês colocassem o nome daquelas pessoas com depressão, ou com doenças sérias que deveriam ser tratadas.


Muito bem, está ali, vocês colocaram os nomes ali e eu pedi para que vocês deixassem este papel à sua frente, dos doadores. A folha fica a frente e a pessoa está doando energia. Então quem tem a folha à sua frente, durante o processo da egrégora de luz, sabemos que temos que pegar aquelas pessoas e levá-las para a egrégora. É desta forma que a pessoa é levada para lá, é através da folha da espada. Muito bem.


Depois nós ampliamos este processo. Pessoas poderiam pedir por sua cura; mas não era aquele pedir: “Ah, bota meu nome aí e pede cura para mim!”. Não, não, quem quisesse a cura, ia escrever o seu nome na folha da espada, e ficar os 15 minutos, da mesma forma que os doadores, participando. “Ah, mas a oração é de doação, não é de recebimento”. O que eu acabei de dizer: aquela oração é a senha para entrar, não importa o que está dito ali, é uma senha para participar da egrégora de luz.


Vocês continuam me questionando da oração que eu criei? Continuando. Então quem quer a cura, entra nos grupos de tratamento e não faz nada, apenas tem a folha da espada à sua frente, e fica os 15 minutos ali recebendo aquela energia. Porque o seu nome foi levado para a egregora, e essa pessoa recebe a energia de volta. Muito bem. Com esta avalanche que está acontecendo no seu planeta, eu me propus a ajudá-los, a dar força para os seus familiares. E digo à vocês, essas pessoas não ficam no mesmo lugar da egrégora que os doentes, ficam em outro lugar. Nós separamos um cantinho da egrégora, para abençoar essas pessoas, para envolvê-las com uma capa de luz de energia, para que elas se protejam, muito bem.


Então como que essas pessoas serão envolvidas? Vocês vão pegar, outra folha da espada, vão escrever os nomes; não sabe o nome inteiro, bota o primeiro nome, pode ser amigos, pode ser animais, não tem problema. Muito bem. E o que vocês vão fazer? Quem é doador pega esta nova folha, com os novos nomes e põe a sua frente. Quem é recebedor de cura, pega esta folha põe a sua frente e faz os 15 minutos do tratamento. Quem não é uma coisa nem outra? Aí vocês ficaram perdidos. Se você quiser participar como doador, aja como doador. Se você quer ser recebedor, aja como recebedor. Qual a diferença? A diferença é que um, doa energia, e o outro não faz nada; só fica concentrado 15 minutos recebendo a energia.


Muito bem, quantas vezes vocês podem fazer isso? Então vamos lá. Isto realmente eu não falei, admito, isto eu não falei. Quem é doador de energia no máximo duas vezes por semana, não tem outro ponto. Quem é recebedor, quantas vezes quiser. Só que vocês têm que participar do grupo, seguindo todas as orientações das 22 horas às 22:15h; ali sentadinho concentrado recebendo a energia, para todos os que estão ali naquele papel, na folha da espada.


Eu acho que mais claro do que isso, eu não posso ser. Acho que consegui ser um professor bem didático. E espero que não haja mais dúvidas porque eu não vou voltar mais a este assunto. E perguntas a respeito, não serão mais respondidas, vocês terão que ouvir o vídeo. Pronto, é desta forma que vocês aprendem. Vamos parar de passar a mão na cabeça de cada um de vocês; ou vocês não vão aprender nunca. É isso meus irmãos, não questionem o que faço, porque daqui a pouco eu vou pegar esta oração e vou criar uma única palavra. E aí é que ninguém vai entender mais nada, porque vocês não confiam no que eu falo.


Eu tento seguir um pouco, as coisas de forma que vocês se sintam mais confortáveis. Mas sendo assim, eu vou parar, vai ser do jeito que eu quiser. Bom, quem quiser participar, vai ter que pensar assim, assim, assim e pronto. Quem não conseguir pensar não entra. Eu vou começar a dificultar cada vez mais as coisas para vocês. Para ver se assim, vocês entendem que as coisas não são do jeito que vocês pensam aí na Terceira Dimensão. As coisas são um pouquinho diferentes e vocês têm que estar preparados para isso.


Eu espero que esse assunto se encerra aqui hoje, porque eu não falarei mais sobre isso, eu só voltarei a falar sobre isso quando terminar, que eu disser para vocês queimarem´, esta folha com os nomes da família, amigos e animais. A outra não; a outra são pessoas que precisam de cura. Então a folha tem que estar na sua frente. E não é a colocar o nome do fulaninho que precisa de cura a sua frente, o fulaninho tem que participar do grupo. Se você está colocando o nome do fulaninho na sua frente, você está invadindo o livre arbítrio dele. Isto, o Arcanjo Rafael não vai tirar. Ele tira o livre-arbítrio de quem não tem capacidade de pensar por si só; quem tem, ele não tira. E aí vocês vão ter um pequeno probleminha de invasão do livre-arbítrio do outro. Aprendam isso. Não sofram o sofrimento do outro, se o outro está doente peça a ele: “Participa, você vai receber 15 minutos de energia de cura. Olha que maravilha!”. Não é você pedindo para ele que ele vai receber nada, pelo contrário, ele não vai receber e você ainda está encrencado. Espero que isso tenha ficado também bem entendido.


Bom, meus irmãos, é isso que eu tenho para dizer hoje. Infelizmente, de vez em quando eu tenho que dar as minhas broncas, como vocês falam, para ver se vocês acordam. Porque parece que vocês entram num estado de sonolência, e começam a esquecer tudo; começam a pensar novamente com mente de Terceira. E eu quero que vocês pensem com a mente de Quinta, para que vocês realmente estejam preparados para ir para lá.


EU SOU O ARCANJO MIGUEL! Estou aqui, sempre ajudando vocês a evoluir, mesmo que pareça o contrário.



0 visualização
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2016 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com