Arcanjo Miguel - Erros e Culpados

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!


Hoje iniciamos mais um mês dentro do seu calendário. As festas aparentemente terminaram; agora é hora de retomar a caminhada, de contar as perdas e seguir adiante! O que falo aqui não é para que ninguém sinta tristeza, e nem fique com julgamentos e condenação de si mesmo. O que está feito está feito; chorar agora não adianta de nada; é levantar a cabeça e seguir adiante.


Meus irmãos o mundo parece estar bastante estranho nesses últimos tempos, tudo parece estar fora do lugar, tudo parece estar extremamente agitado, extremamente exacerbado. O que tenho a dizer à vocês? Nada de novo; não tenho nada de novo a dizer, apenas o que tenho dito sempre. Tudo que está acontecendo em seu planeta, em suas vidas é consequência das ações.


Muitos entendem que quando falamos: você colhe aquilo que planta! Esta frase ela é atemporal. Por que atemporal? Porque não há um tempo definido para a colheita, depende muito de como foi feita a semeadura e do caminhar de cada alma. Se vamos falar aqui no sentido mais comum da palavra, de plantar uma semente e ela germinar e dar um fruto, este ato também não tem um tempo definido. Cada colheita pode demorar dias, meses, anos. Quanto tempo uma grande árvore frutífera leva para expor seus frutos?


Então não há tempo definido para a colheita, cada semeadura tem uma colheita diferente. Então muitos de vocês ficam se perguntando, o que é que quero dizer em relação a esta frase? Que muitas vezes, vocês cometem atos que fogem da linha mestra de nosso Deus Pai/Mãe, e muitos acham que a colheita é logo a seguir. Sim, acontecem casos em que a colheita é muito rápida, em que o resultado daquele mal passo é quase que instantâneo; mas existem muitos casos que demoram anos, e vocês se esquecem totalmente. E depois ficam se perguntando, ou melhor, olham para o céu e perguntam a Deus porque estão passando por aquilo?


O que é a semeadura? Normalmente, na grande maioria dos casos, a semeadura vem de atos, que muitas vezes vocês acham que são atos inconsequentes, acham que as regras são para serem burladas, que não vão fazer mal a ninguém se você não as cumprir. “Ah, ninguém está vendo, ninguém vai nem saber o que fiz!”. Realmente, muitas vezes vocês fazem as coisas erradas e ninguém fica sabendo, mas vocês se esquecem que vocês são observados o tempo todo; não por Deus, pelo Universo, pelo que está à sua volta, existem olhos energéticos em você todo tempo. Então aquela energia que você liberou ali, que não era uma energia positiva, ela vai se somar a mesma energia que outras pessoas também produziram, e isto vai sendo acumulado. Um dia quando aquela egrégora, daquela energia se tornar extremamente grande, ela causa um desequilíbrio no Universo e aí retorna, exatamente para quem a gerou. Porque cada pedacinho daquela egrégora tem um dono, e os seus donos recebem exatamente a consequência do que fizeram.


Quando muitos de vocês se perguntarem: “Por que que eu estou passando por isso?” Não pensem apenas no dia anterior, no mês anterior, parem e pensem de que maneira vocês contribuíram para aquilo, de que maneira vocês fazem parte dos catalisadores que provocaram aquilo ali. Mas sabe qual é o grande problema? É que vocês não gostam de assumir culpas. O ser humano tem o maior prazer de apontar o dedo para o outro, muitas vezes até culpando-o de coisas que ele não fez. Mas para vocês isso está ótimo, porque vocês não vão carregar a culpa, ele irá carregar, e até que ele prove que não foi ele o culpado, vocês estão vivendo plenamente, tranquilamente. E vocês acham que isso nunca vai voltar? Vocês acham que isso passará impune no Universo?


Volto a repetir, a volta não é um castigo, como vocês gostam de dizer e foi proclamado por suas religiões, é apenas o retorno daquilo que você fez; nada mais. Ninguém está lhe castigando, se alguém está na verdade lhe castigando é você mesmo, porque foi você que gerou aquele evento; e um dia ele volta com a mesma intensidade ou até maior.


Então meus irmãos, esta lição é uma das mais difíceis que vocês têm que aprender: reconhecer os próprios erros, reconhecer o quanto vocês são causadores daquilo que está acontecendo. Eu tenho dito aqui, várias vezes, que muitas vezes a esperteza traz retornos imensuráveis. Então não pensem que vocês são, como vocês costumam dizer, sabidos, e fazem as coisas sem que ninguém perceba. Sim pode ser até que o seu vizinho do lado não perceba, mas o Universo percebe. Porque aquela semeadura, ela não é só apenas atitudes, ela também tem os sentimentos. Ou vocês se esqueceram que pensamentos e palavras também alimentam as egrégoras?


Então aquele pensamento de sempre tentar se dar bem, pode funcionar durante um tempo, mais um dia ele volta, mostrando para você que aquilo que você tentou fazer estava errado; você terá a sua colheita. Meus irmãos, eu tenho dito isso aqui muitas vezes, não nos culpem pelo que de ruim acontece em suas vidas. Muitos acham que nós somos obrigados a protegê-los todo o tempo, e que temos que impedir tudo de ruim que pode acontecer em suas vidas. A grande maioria pensa assim, que já que somos seres de luz e protegemos vocês, temos a obrigação de impedir qualquer sofrimento, qualquer coisa ruim de acontecer em suas vidas.


E aí quando acontece vocês blasfemam contra quem? Contra nós; contra Deus Pai/Mãe, porque fomos nós, porque não protegemos vocês. Aí muitos podem estar se perguntando, por que que eu estou falando isso novamente? É meus irmãos ouçam seus noticiários e vocês entenderão. Gaia não está nervosa, Gaia não está querendo destruir ninguém, vocês estão colhendo o que plantaram, e vocês estão emandando isso todo tempo. Enquanto vocês emanarem o medo contra a natureza, mais a natureza agirá contra vocês, porque o Universo devolve exatamente aquilo que vocês têm medo.


É meus irmãos, as coisas estão aceleradas, vamos poder dizer que as coisas estão intensificadas, porque as lições não têm sido apreendidas. As lições vêm, vocês passam por elas, reclamam um tempo e depois se esquecem, voltam a cometer os mesmos erros. Então cada vez mais tudo está acelerado, tudo está se intensificando; então os resultados serão sempre mais pesados, serão sempre mais assustadores.


Não é Gaia que está provocando isso, apenas aquelas egrégoras que vocês criaram durante tantos anos, estão se esvaziando. De que forma? Retornando para vocês as consequências do que vocês fizeram. Tudo está acelerado. Então tudo acontece com uma potência maior. Se você tem uma torneira aberta enchendo o balde com um filete de água, aquilo demorará um tempo; se você acelera aquele filete de água, aquele balde vai se encher muito mais rápido.


Então aí está a razão porque tudo está extremamente estranho. Coisas que não acontecem há dezenas de anos estão voltando acontecer. Porque tudo está acelerado, porque as lições, vocês não têm mais tempo para ficarem anos e anos para aprender uma lição. Vocês estão sendo jogados contra a parede de uma forma bastante violenta, para que vocês acordem, e entendam aonde está o erro, entendam aonde vocês têm que mudar, entendam o que vocês têm que fazer para melhorar o que está à volta, o que vocês têm que fazer pelo outro, as decisões corretas que vocês tem que tomar.


Quando falo aqui de governantes, muitos entendem que eu tomo partido de A ou B. Eu só digo a verdade, se vocês se incomodam é porque a verdade incomodou vocês. E aí como eu já disse aqui um tempo atrás, vocês esquecem que sou eu que estou falando, acham que é a canalizadora que está colocando as suas ideias políticas. Porque aquilo que foi dito incomodou lá no fundo do seu coração. E aí você tem que reagir, e nessa hora você esquece que sou eu, acusa ela, claro. Você vai bater de frente comigo? Óbvio que não! Você vai me questionar? Óbvio que não! Então você lança sua raiva, da sua incapacidade de escolher um bom governante para cima dela.


Isso eu tenho dito aqui e vou repetir quantas vezes forem necessárias: vocês não sabem escolher os seus governantes. Vocês não sabem. Em todo o planeta, vocês não sabem escolher os seus governantes. Vocês só pensam em si, naquilo que é bom para vocês, não para o Todo! Então se eles prometem algo que seja bom para você, está perfeito, você vota neles.


Então muitas coisas que vocês estão recebendo de volta é fruto das suas más escolhas, é fruto das escolhas mal pensadas, que vocês fizeram, dos seus governantes. Eu quero que alguém me aponte, que eu estou errado no que eu estou dizendo. Claro, muitos vão dizer, que eu estou, que eu continuo sendo político, não eu não sou político. Vocês esquecem que eu vejo a verdade um pouquinho mais acima, porque eu sei o que se passa no coração de cada um de vocês.


Então muita coisa é o resultado do individualismo, de vocês pensarem somente em vocês, em terem uma coisa boa para vocês, o resto não importa; cada um que pense em si. Bom, então enquanto vocês pensarem desta forma, está aí o resultado que vocês estão vendo. Cada um recebe a lição que tem que receber, na intensidade que tem que receber. Eu já disse, todos estão no lugar certo na hora certa; ninguém está no lugar errado na hora errada.


Vocês fizeram escolhas; arquem com as consequências. Não fiquem culpando Gaia; “Ah, porque Gaia está fazendo isso!” Não, Gaia não está fazendo nada. Gaia está interiorizada se preparando para o grande momento. Ela só está deixando as coisas acontecerem, as lições voltarem para cada um de vocês; só isso. Ela não está fazendo nada.


Então vocês continuem emanando medo do que aquilo possa acontecer, e aquilo realmente acontece. Muitos de vocês ainda não acreditam nessa máxima, mesmo aqueles que leram as Cartas de Cristo, ainda fazem questão de não entender. Porque nas cartas Sananda é muito claro, Sananda é muito explícito, quando fala da lei da ação e reação. Mas vocês continuam achando que isso tudo é bobagem, que a culpa é sempre do outro, e que a culpa é sempre do Alto. Não importa de quem seja, é do Alto, aí vocês viram para o Alto e perguntam: “Por que eu estou passando por isso?” Interessante, muito interessante, essa forma de vocês verem as coisas, vocês nunca têm culpa de nada; a culpa é sempre do outro.


Vou fazer uma pergunta aqui e quero que vocês respondam sinceramente:

algum de vocês, em algum momento de sua vida nunca culpou ninguém por alguma coisa que você tenha feito? Eu quero que vocês se façam essa pergunta, porque quem responder que sim, realmente, não sei o que você está fazendo na superfície do planeta. Você deveria ser santo, deveria estar no céu, como vocês dizem.


Então eu posso afirmar que em algum momento de suas vidas, vocês fizeram uma coisa errada e deixaram outro assumir, ou apontaram outro como culpado. Todos vocês. Porque é da natureza do ser humano não admitir que é culpado, não aceitar a culpa, o erro, do que fez. Aceitar que errou para muitos é vergonhoso, mas para os olhos de nosso Deus Pai/Mãe é uma bênção. Porque quando você assume um erro e admite que o fez, neste momento você aprendeu a lição. E tenho certeza, que na maioria das vezes, você agora pensará duas vezes antes de culpar alguém.


Então faça aquela reflexão interna, quantas vezes vocês culparam o outro, por erros que vocês cometeram. É fácil né culpar o outro, é fácil ocupar o Alto; esse então é culpado de tudo, nosso Deus Pai/Mãe é culpado de tudo, ele é que castiga vocês, não é assim? Então ele é o culpado. Olha que coisa interessante, que coisa boa, culpar o Alto. Ele vai descer à Terra para dizer que não é ele o culpado? Claro que não! Então vocês culpam sempre ele. Só que tudo que vocês fizeram foi passado para o Universo, e o Universo uma hora vai devolver. E aí vocês vão dizer que nosso Deus Pai/Mãe é que foi o culpado, que castigou vocês.


É meus irmãos, infelizmente, eu gostaria aqui de todos os dias só falar coisas boas, mas eu preciso ensinar a vocês a se tornarem seres humanos melhores a cada dia. Porque são nessas pequeninas coisas que vocês vão evoluindo; que vocês vão se preparando. É como eu tenho dito em relação as tarefas, as tarefas não são diárias, as tarefas são para serem feitas sempre que vocês se lembrarem, tornando-as um hábito. Então assumir os seus erros, nunca culpar o outro, é um hábito que você tem que aprender, qual seja a consequência do que você fez. Você errou, então você tem que arcar com os seus erros. Não é errar e culpar o outro, porque aí você erra duas vezes; e aí a conta vem mais alta.


É meus irmãos, ser Humano não é fácil, principalmente no meio que vocês vivem em Terceira Dimensão, onde esses sentimentos da esperteza, da superioridade, estão sempre à volta de vocês. Porque foi ensinando a vocês que quem assume os erros é inferior, é bobo, e muitas vezes é até atacado, todos apontam os dedos por aquilo que você fez. Sim, você poderá passar por isso, mas pelo menos você vai ter a certeza de que fez a coisa certa, e isto é muito bom para você. Porque essa dor que você sente, do escárnio, da humilhação, fará com que você pense várias vezes antes de errar novamente.


Agora aqueles que lhe apontaram os dedos, esperem o retorno, porque ninguém pode apontar o dedo para ninguém. Como vocês costumam dizer, todos vocês têm telhado de vidro, e vidro muito fino, que uma pena é capaz de quebrá-lo. Então como apontar o dedo para o outro. Você é perfeito? Você não comete erros? Será que um dia você não será capaz de fazer exatamente o que ele fez? Então não julgue, não condene, você não é juiz.


Então meus irmãos, eu já disse isso alguns dias atrás, sejam solidários mas não sofram o sofrimento do outro. Cada um tem a sua caminhada, cada um fez as suas escolhas. Façam o seu papel ajudando, não sofrendo por eles. Cuide do seu caminho, cuide da sua caminhada. Porque você poderá estar lançando para o Universo as mesmas coisas que aquele, que você está sofrendo por ele, lançou.


Então tire do exemplo dele, alguma coisa para sua vida; analise o que está acontecendo com ele, se você também não faz a mesma coisa; em vez de ficar sofrendo por ele. Eu já disse isso e vou repetir, sejam solidários, ajudem aqueles que precisam. mas não sofram por eles. Porque cada um tem uma história, cada um tem uma caminhada, vocês não podem julgar ninguém pelo sofrimento. Se eles estão sofrendo alguma lição eles têm que aprender, alguma colheita eles têm que fazer.


Então para que sofrer o sofrimento deles? Cada um tem que olhar para sua própria caminhada, cada um tem que olhar para o seu próprio livre-arbítrio, para fazer as escolhas certas. Para tornar a sua caminhada cada vez mais iluminada, para tornar a sua caminhada cada vez mais livre, para que os retornos que você tenha para sua vida sejam retornos bons, de alegria, de felicidade; e não de sofrimento, pelas escolhas erradas que você fez.


Esta semana, teremos o nosso encontro ao vivo, na quarta-feira, no mesmo horário, 21 horas. Desta vez eu vou pedir a cada um de vocês que tenham apenas uma vela branca. É fácil para todos; eu não vou pedir vela azul, vela branca. O que eu preciso é o elemento fogo, este é que eu preciso. Se vocês puderem ter um prato; seria interessante que vocês comprem, quem puder, quem não puder, faça com prato que tem em casa. Se vocês puderem comprar um prato transparente ou branco, e deixarem apenas para os rituais comigo, seria bom! Quem não puder comprar, não há a menor diferença, faça com prato que tiver em casa, desde que não seja um prato escuro, seja um prato claro para que a luz da vela ilumine, não traga escuridão.


Então é só isso que vocês precisam ter para a quarta-feira, um prato transparente ou branco, e uma vela branca comum, não é aquelas velas que duram vários dias; uma vela branca comum. E já vou adiantando, porque senão depois vem uma enxurrada de perguntas: se a vela fizer alguma borra, joguem no lixo, porque esta vela será para limpeza; então tudo que estará naquela borra é para ser jogado fora. Então vocês já estão avisados.


EU SOU O ARCANJO MIGUEL! Estou aqui. Sempre pronto a mostrar a vocês tudo aquilo que é necessário, para que vocês cresçam e evoluam.



348 visualizações
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2016 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com