Arcanjo Miguel - Emanando o que Queremos

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!

Muitos devem estar estranhando que eu ainda não terminei os textos das Cartas de Cristo; mas a cada dia se faz necessário um novo comentário, uma nova explicação, para acalmar os corações de vocês, neste momento tão difícil, para vocês e para o seu planeta.

Meus irmãos, nada acontece por acaso. Para quem leu as Cartas de Cristo entende perfeitamente quando falo, que vocês recebem o que emanam. Entendem que tudo aquilo que vocês projetam para o Universo, ele lhes devolve da mesma forma, ou mais intensamente; dependerá da lição que você estará passando. O que posso dizer sobre tudo isso que está acontecendo em seu planeta? A circulação dessa doença gerou o medo, e o medo é o pior inimigo que vocês podem ter à sua frente. Ele derruba todas as barreiras energéticas que vocês têm. Então cada vez que vocês sentem medo, vocês se despem de toda e qualquer proteção. É como se vocês estivessem no meio do furacão, gritando para o vírus: “Venha, eu estou pronto”.

Muitos não entendem quando falo, que tudo que acontece é exatamente consequência das ações de vocês. É interessante fazer um pequeno comentário acerca desse “vocês”. Cada alma que hoje está reencarnada aqui neste planeta, e mesmo aquelas que já não estão mais, tem uma caminhada. Com exceção das almas que estão chegando agora ao planeta para serem o futuro da nova era, todas as almas que estão aqui, na sua grande maioria, não é a primeira encarnação. Vocês vêm de várias, e como vocês estão já cansados de saber, vocês esquecem tudo que fazem nas encarnações anteriores. E aí voltam a cometer os mesmos erros; e o pior, acrescentam outros aquela lista enorme que vocês já tinham.

Então quando eu falo “vocês”, eu não me refiro a consciência humana que está encarnada aqui agora, apenas; quando falo “vocês” não vistam a carapuça para cada um de vocês. Quando falo “vocês” eu quero dizer a raça humana como um todo. Vocês vêm emanando sentimentos ruins há muito tempo e hoje eles estão sendo devolvidos à vocês. Eu não tenho como separar quem entende isso, de quem não entende. Não existe como um professor chegar na frente de uma sala de aula e dizer assim: “Bom, para direita os alunos que só tiram 10 porque entendem tudo que falo, e para esquerda os alunos que não entendem nada, têm dificuldades de aprendizado!” Algum professor faz isso? É claro que não, porque isso desestimularia aqueles que se sentiriam rejeitados, se sentiriam humilhados.

Então quando eu falo “vocês”, eu preciso falar vocês como um todo. Eu não tenho como separar aqueles que entendem, que compreendem tudo o que acontece. Aí muitos acham ruim ficarem ouvindo por coisas que não são causadores. Ah!! Aí eu vou fazer uma pergunta a vocês que não aceitam ouvir determinadas coisas: cocê sabe o que a sua alma fez nas encarnações passadas? Isto está num relatório à sua frente, você realmente pode levantar o dedo e dizer: “Olha eu sou uma alma pura, eu sempre andei no caminho certo, nunca fiz nada errado”. Algum de vocês pode se levantar e dizer isso? Não, não pode.

Digo aqui e repito agora, a grande maioria de vocês que está aqui comigo, são almas elevadas, são almas que vieram de dimensões superiores, e que por “n” motivos estão aqui hoje, vivendo na Terceira Dimensão. Mas não é porque vocês são almas evoluídas que vocês estão vivendo aqui e são almas puras; vocês desceram até esta vibração. Então vocês vivem o que está aqui, independente do restante da sua alma estar lá em cima. Então não queiram porque vocês são almas evoluídas, achar que vocês são perfeitas, porque não são. Se vocês tivessem realmente evoluído dentro da Terceira Dimensão vocês já teriam desencarnado, e não teriam encarnado mais, teriam seguido seu caminho espiritual e evoluído.

Mas vocês ainda tiveram que voltar; vocês tiveram que estar aqui nesta era, neste momento, por quê? Porque é neste momento que está sendo dado a cada uma de vocês a oportunidade de evoluir, sem mais passar pela densa energia da Terceira Dimensão. Agora a decisão de evoluir ou não, é de cada um de vocês, independente se é uma alma já evoluída ou não, Muitos, muitas dessas almas que vieram de dimensões superiores para este planeta, se encaixaram tão perfeitamente aqui na Terceira Dimensão... por que digo aqui? Porque eu estou falando através de uma pessoa que vive na Terceira. Muito bem.

Então estas pessoas se adaptaram tão bem à esta dimensão, que mesmo lá dentro tendo aquele bichinho incomodando e dizendo: “Oi, você tem que largar isso tudo, você tem que evoluir”, não ouve; porque se deixou levar por toda esta dimensão, e crê fielmente em tudo que vê, e em tudo que aprendeu. As ataduras e os véus são tão fortes, tão poderosos, que não consegue desmanchá-los porque vive integralmente nesta dimensão.

Então meus irmãos, vocês podem perceber que no meio de vocês existe todo tipo de alma. Aí muitos ficam pensando: “Por que que ele só fala em alma, eu não sou alma eu sou um ser humano. Por que que ele só fala em alma?”. Então vamos lá, eu vou explicar, por que que só falo em alma: A alma se revestiu deste corpo que vocês têm; a sua essência interior é a sua alma, o seu Eu Interior é a sua alma. Só que dentro desta roupagem que vocês vestem, vocês têm uma coisa chamada consciência humana. Então é como se habitassem duas consciências num lugar só; habita a sua consciência humana com o livre arbítrio, e habita a consciência da sua alma.

Então a sua alma quando encarna, ela passa para a sua consciência humana, tudo aquilo que ela sabe que é bom para o caminhar dela; ou todas aquelas lições que ela quer passar nesta vida; tudo aquilo que ela decidiu no momento que encarnou, que se acoplou àquele pequeno ser dentro da barriga da mulher.

Então muitas vezes vocês seguem o caminho que a alma determinou. Sem entender muito como, mas vocês sabem que têm um caminho a seguir, porque a sua conexão com seu eu interior que é a sua alma, é muito grande. Você ouve as suas intuições, você escuta os pensamentos mais profundos. Então você procura respeitar aquilo que vem de dentro, aquilo que vem do seu coração. E aí você faz a caminhada de alma, praticamente cumprindo o que a alma queria, e com certeza você será uma alma em evolução. Porque a alma sabe o que é bom para ela evoluir. Muito bem. Agora eu vou dar um outro exemplo: você é aquela pessoa que não escuta intuição nenhuma, porque acha que tudo isso é baboseira, tudo isso é maluquice, você faz aquilo que você quer. Então você segue o caminho que você quer. Muito bem. Você segue o seu caminho. A alma está lá gritando dentro do seu peito: “Não faça isso, isso não vai lhe levar à nada”. Mas você resolveu pegar aquele atalho, e você pegou o atalho. Muito bem.

Este atalho está totalmente fora do caminho da sua alma. Aí é aquela vida é cheia de tropeços, nada dá certo; é aquela vida de sobe e desce, em que você não prospera, você se arrasta; você ora está bem ora está mal, você não consegue evoluir. E você fica se perguntando: “Por que que nada na minha vida dá certo?”. Por que? Porque você nunca ouviu a sua intuição, você nunca soube ouvir aquilo que a sua alma estava lhe dizendo. E aí muitas vezes alguns acórdam. “Bom, agora eu vou começar a ouvir o meu interior”. E muito bem, consegue sair daquele atalho e volta para o mesmo ponto aonde saiu.

Se aquele atalho durou anos, não importa, quando você voltar para o ponto que você saiu da caminhada da sua alma, você voltará exatamente para o mesmo ponto. Então se você já estiver quase perto de se extinguir esse seu corpo físico, aquela caminhada de alma planejada, se foi; você terá passado por uma encarnação sem evoluir quase nada. Porque você pegou um atalho e permaneceu nele muito tempo. E têm aqueles que nunca reconhecem nada, acham que tudo dá errado porque ele é um coitadinho:“Ah, eu sou um coitadinho, eu nasci para sofrer, então eu vou sofrer até o fim da vida”. Perfeito você acabou de fazer um decreto: irá sofrer até o fim da vida, e nem volta para a estrada original de evolução da alma; aquele atalho vai até o fim, até a morte do corpo físico.

Então meus irmãos, cada um de vocês se encaixa num desses exemplos. Muitos entram e saem de atalhos todo tempo. Porque vocês têm o livre arbítrio, vocês são capazes de tomar decisões, independente do que a alma está falando na sua mente; vocês tomam a própria decisão. “Aí eu não vou escutar nada disso. Isto é besteira, eu vou por onde eu quero”. E aí se dá mal. Então é onde muitos perguntam: “Como saber se eu estou seguindo o caminhar da minha alma?”. É só perceber os sinais. Tudo aquilo que muitos dizem que vem de graça, sem fazer força, sem você batalhar muito, pode contar que é o seu caminho de alma. Porque ela faz tudo para que o Universo traga para você claramente, o que você tem que fazer; e aí você recebe de graça, muitas vezes. Muitas vezes você tem que batalhar um pouco, porque aquilo faz parte das suas lições, ser perseverante, ser confiante, não desistir no primeiro obstáculo. Mas aquela certeza dentro de você, faz que você caminhe, que você acredite, que você creia que você vai conseguir aquilo e você consegue. E aquilo lhe dá uma felicidade imensa, isto também é o caminhar da sua alma,

Aquilo lhe trouxe alegria, lhe trouxe felicidade, lhe trouxe prazer. Ótimo. Então tudo aquilo que o seu coração grita de felicidade, é o seu caminhar de alma. Isto vale e se estende à tudo: a trabalho, relacionamento, estudo, postura de vida; em relação à tudo. Aí muitos interpretam: “Ah, então o primeiro obstáculo que eu tiver, é porque não é meu caminho de alma”. Não, não é assim; porque é como eu disse a pouco, pode ser que exista um obstáculo, porque aquilo é uma lição, para que você seja perseverante. Então como descobrir se o obstáculo é para desistir, ou o obstáculo é uma lição? Ouvindo o coração. Se aquele obstáculo, é um obstáculo que se repete, você não tem certeza... Vamos lá, vamos fazer um exercício. Você não tem certeza do que aquele obstáculo está querendo lhe dizer, ótimo. Então o obstáculo apareceu, você não deu muita bola para ele. Daqui a pouco ele aparece de novo, você continua não dando muita bola; até que um dia você vai cair em si que aquele obstáculo você tem que transpor. Muito bem.

Por enquanto nada decidido, é uma lição ou está mostrando para você que aquele não é o caminho? Aí quando você realmente consegue superar aquele obstáculo, que você diz: “Bom, eu aprendi essa lição, isso eu não retorno mais”. A sua sabedoria deverá dizer o seguinte: “Bom, eu superei o obstáculo, mas ficou um vazio, é como se aquilo não, não tivesse me preenchido. É como se aquilo não fosse importante, e no entanto, eu sei que era uma lição que eu tinha que aprender, mas ficou um vazio”. Este é um não da sua alma; você seguiu o caminho errado, volte e comece tudo de novo. Agora se você cumpriu aquela lição e aquilo lhe deu uma vitória, lhe deu uma satisfação: “Poxa eu consegui, eu consegui. Agora eu vou adiante!”. É o seu caminho; aqueles obstáculos eram lições que você tinha que aprender.

Aí muitos dizem: “Mas é muito difícil descobrir isso, perceber isto”. Entendo e concordo, não é fácil distinguir um obstáculo do outro, e muitas vezes vocês insistem numa mesma situação a vida inteira. Insistem num trabalho que nunca lhes deu alegria, que você só está ali pelo sustento da sua família; mas cada dia que você levanta e que você sabe que vai para lá é um tormento. Mas você continua, porque aquilo é o sustento da sua família. Você a cada dia se torna mais revoltado, mais triste, mas você continua porque aquilo é o sustento da sua família. Pensar em encontrar uma nova solução... “Nem pensar, porque aquilo é o sustento da minha família”.

E aí meus irmãos, quando vocês se dão conta que passaram uma vida inteira, tristes, revoltados, doentes; porque vocês só atraem doenças com essas atitudes. Aí vocês vão se ver velhos, doentes, sem forças para mais nada. E aí muito se arrependem do que não fizeram. Isto é muito mais comum do que vocês pensam. Aí eu posso dizer para vocês o seguinte: quem não leu as Cartas de Cristo sugiro que leia, para que entenda o que eu vou falar adiante. Vocês emanam aquilo que vocês querem. Então você poderá ter aquele emprego, que você levanta todos os dias, revoltado por ter que trabalhar; porque é o sustento da sua família, mas ao mesmo tempo você todos os dias fala para o Universo: “Poxa Universo, eu quero cumprir o meu caminho de alma, eu sei que não é esse. Me ajuda a encontrar. Eu vou encontrar o meu caminho de alma; eu quero; eu quero muito ser feliz; eu quero melhorar; eu quero ser feliz para minha família também”. Você está cumprindo o sustento da sua família, mas você está dizendo para o Universo que quer mudar, que aquilo não está bom para você, e todos os dias você emana isso pro Universo.

E aí o que acontece? Aquelas partículas de energia que você emanou, começam a se solidificar, e algo voltará para você através do Universo. Você poderá ter uma nova oportunidade de emprego, que vai lhe tirar daquele que não era bom, e você poderá se sentir mais feliz, poderá sentir que estará fazendo até melhor pela sua família. Porque cada vez que você chega em casa, você está chateado, revoltado, aí grita com todo mundo; às vezes até bate em todo mundo, porque todo mundo é culpado das suas decisões, não é assim? Todos são culpados, menos você. A sua família empurrou você para aquela caminhada, porque você tem que sustentá-los. E aí você desconta neles? Interessante. Muito interessante essa forma de pensar.

Enquanto cada decisão que vocês tomam é única e exclusivamente decisão de vocês, ninguém os empurra para nada. Ou vocês são marionetes, que os outros empurram vocês, e vocês vão porque os outros estão mandando? Ah, aí é diferente, se você quiser ser uma marionete, você será uma marionete a vida inteira.

Então meus irmãos, é desta forma que vocês mudam a caminhada; é dizendo para o Universo todos os dias, a todo instante o que vocês querem. Quanto mais vocês disserem, mais aquela egrégora aumenta. É a mesma coisa. Vou dar um exemplo: vocês têm um jarro, vocês têm várias bolinhas na mão. Aí uma vez por dia vocês colocam uma bolinha ali. Então, uma vez por dia você teve aquele pensamento de mudar de vida, que é aquela bolinha; ela foi para o jarro. Aí no dia seguinte você fala novamente: “Eu quero mudar de vida Universo”, e aí bota outra bolinha lá. Quanto tempo vai levar para você encher aquele jarro? Não importa o tamanho do jarro, nem o tamanho da bola. Eu quero que vocês entendam; quanto tempo vai levar para você encher aquele jarro, pedindo uma vez por dia?

Agora se a todo instante, vocês falam: “Ah, a minha vida vai melhorar. Eu vou ter uma vida maravilhosa. Eu vou ter tudo que eu quero, porque vai ser bom para mim, vai ser bom para minha família, vai ser bom para o Todo. Eu vou ter”. E aí, a cada momento, a cada coisa que você fizer, você repete: “Ah, isso aqui vai melhorar, porque quando eu tiver aquela vida maravilhosa, que eu vou ter, isto vai ser melhor”. E aí outra bolinha caiu lá, e aí daqui a 5 minutos você faz alguma coisa: “Quando eu tiver a minha vida, isso aqui será diferente, eu vou fazer assim, assim, assim, assim, assim…”. E começa a pensar começa a sonhar, começa a criar, várias bolinhas entraram no jarro. Então vocês percebem, o tamanho da força que vocês têm na mão? Vocês percebem, o quanto que vocês são poderosos em criar a sua própria realidade?

Aí eu vou fazer o sentido inverso. Aquele mesmo jarro e uma bolinha, e aí você reclama:

“Ai que emprego chato que eu tenho. Infelizmente eu tenho que trabalhar”. Opa, foi uma bolinha para lá. Aí no dia seguinte a mesma coisa: “, tenho eu que trabalhar; emprego chato!”. Opa, outra bolinha no jarro, e aí durante o dia você esbraveja, você reclama você xinga: “Que droga de emprego, porque eu não aguento mais isso”. Opa, várias bolinhas entraram no jarro. Só que, o quê que o Universo vai devolver para vocês? A mesma coisa que você emanou, você reclamou de tudo, você achou ruim tudo. Então o Universo vai mandar mais do que? Mais coisa ruim referente aquilo, para você. Ponham isso em suas mentes.

Então pensem, exatamente dessa forma, que cada vez que vocês pensam a respeito do que vocês querem, vocês estão enchendo aquele jarro. E quanto mais vocês falarem com amor, porque o sentimento também ajuda. Se você fala assim: “Ah, eu quero mudar de emprego, eu quero ser melhor”. Vai uma bolinha, caiu dentro do jarro. Agora se você fala: “Poxa eu um dia vou ter um emprego maravilhoso, eu vou ter condições, eu vou ter uma casa bonita, eu vou ter uma condição de vida melhor, eu vou ser feliz, minha família vai ser feliz, o Todo vai ser feliz!”. Olha a vibração que vocês colocaram nessas palavras, e aí em vez de uma única bolinha, vai cair várias. Porque você colocou sentimento, você colocou aquela vibração de alegria.

Então se vocês querem encher, vasos, jarros, panelas, bolas, o que vocês quiserem, encham qualquer coisa, mentalizem qualquer coisa, mas encham, encham a todo instante. Joguem para o Universo. Não é problema de vocês como vai acontecer, isto é problema do Universo, materializar o que vocês querem. Porque quando vocês pensam assim: “Ah, eu vou pedir uma casa nova, uma casa mais bonita. Ué, mas eu não tenho dinheiro para nada, como que essa casa vai vir para mim?”. Acabou, você acabou de colocar um grande paredão na sua frente. Você vai jogar bolinha na parede, você não vai jogar bolinha no jarro do Universo, você vai jogar na parede; e ela vai voltar como? Como nada. Porque você não emanou nada, você emanou uma vontade, mas você já colocou uma parede. “Eu não tenho condições financeiras de conseguir aquilo”. Acabou. O seu objetivo se foi.

Então, é problema do Universo, atender o que vocês querem. Tudo virá de formas que vocês nem imaginam. Eu já disse isso para vocês, tudo que vocês emanam com amor volta com amor. Então, este mesmo sentimento de amor, jamais trará nada para vocês que os deixem preocupados. Vou dar um exemplo: vocês estão pedindo uma casa linda, vocês estão querendo mudar de vida, ter uma casa melhor. Aí de repente, vocês estão andando pela rua e aparece uma casa linda a sua frente, vazia. Aí você invade. “Apareceu a casa que eu queria, eu vou invadir e vou morar nela”. O que você fez? Você realmente recebeu do Universo? Não, você não recebeu nada, porque aquilo não/era seu.

Se você achou que deveria invadir porque era a casa exatamente que você queria; opa, opa, aí tem uma lição. Saiba esperar o momento certo; o momento correto. “Ah, então como que eu vou saber que é a casa que eu esperei?”. Ela terá que vir dentro das leis do seu mundo, nunca através de falcatruas, nunca através de roubo, nunca através de maracutaias. Aí não será o Universo lhe dando; ou melhor, será até o Universo lhe dando, mas lhe testando, para ver até onde vai a sua integridade. “Ah, se o Universo está me dando eu vou aceitar, não importa de onde veio”. Muito bem, então da mesma forma que veio, você poderá perder amanhã, porque aquilo não veio de merecimento; aquilo veio através de ações ilícitas. Então aquilo não veio para o bem.

Então meus irmãos, não se preocupem como as coisas chegaram até vocês. E elas serão totalmente lícitas e dentro das leis do seu mundo; jamais o Universo vai retornar para vocês algo ilícito. Ah, apenas faço um comentário: se vocês começarem a emanar: “Eu quero uma casa; não importa o jeito que ela virá, pode vir de qualquer jeito, até roubo”. Ah, muito bem, você poderá até conseguir, agora depois você sofrerá as consequências dos seus atos, é nada passa despercebido pelo Universo; nada. O Universo sabe exatamente o que fazer e como fazer para atender o desejo de cada um.

Muitas pessoas, enriquecem rapidamente, sim elas estão emanando para o Universo. “Ah! Eu quero”. Sim, o Universo não tem muita lógica, ele devolve o que você emanou. Agora se o caminho que você seguiu para ter aquilo tudo, foi um caminho ilícito; cuidado, porque lá na frente você poderá perder tudo. E aí toda a sua emanação de riqueza foi pelo ralo. Então cuidado, cuidado com o que vocês emanam porque vem. Agora se vem por vias tortas, aguente as consequências depois.

Então meus irmãos, eu tenho tentado com esses meus ensinamentos abrir os olhos de vocês, mostrar a vocês o quão poderosos vocês são. Poderosos para fazer ações para o bem de vocês e para o mal também. Quando vocês ficam bradando coisas ruins; quando vocês bradam medo. E aí muito de vocês repetem ao longo do dia: “Eu tenho medo deste vírus”. Aquela bolinha foi para o jarro. Aí alguém comenta com você e você repete: “Ah, eu tenho muito medo de pegar este vírus”. Opa, outra bolinha no jarro; e você repete isso várias vezes, ao longo do dia, de dias, semanas e meses e as bolinhas caindo lá no jarro. O que vai acontecer? Não só você abriu todas as suas proteções como o Universo: Opa, sai aí uma doençazinha para ela. Porque ela está querendo tanto, ela está com tanto medo, então vamos mandar aquilo para ela; ela está emanando, vamos mandar para ela.

É, é assim que funciona. Quem acha que isso não funciona desta forma, leia as Cartas de Cristo. Ele explica exatamente cada um desses pontos para vocês. Então meus irmãos, nesse tempo de pandemia o que vocês têm que fazer? Entender as lições que o Universo está passando; porque existem muitas lições aí, muitas mudanças. E quem está sem medo, está conseguindo ver claramente tudo o que está mudando. Agora quem só emana medo, só acompanha números, só fica apavorado porque o mundo inteiro está morrendo.

“Ai porque eu vou morrer também”. Muito bem, continue emanando isso. Porque quem não está nem aí para os números está entendendo perfeitamente o que está acontecendo.

Existe uma mudança muito sucinta, muito sutil no seu planeta, mas existe; não uma mudança física no planeta, é uma mudança em vocês. E vocês ainda não se deram conta. Muitos de vocês ainda não se deram conta, continuam olhando somente os números. Os demais, já se deram conta, e aqueles que se deram conta recebem, por uma estranha coincidência, mensagens sempre de ânimo, de explicações, para que possam cada vez mais entender o que se passa. E estão com as mentes abertas; estão com as mentes gratas por passar por tudo isso, assim, íntegros, confiantes, certos do que estão fazendo.

Cada um está aonde deveria estar. Ninguém é coitadinho por estar na linha de frente. Quem está na linha de frente, no combate, tem um porquê de estar ali; não está ali simplesmente por estar. Não, não, está ali porque tem alguma lição a ser aprendida e tem uma missão a cumprir. Se vocês estão em casa, é porque vocês tinham que estar em casa; os seus caminhos de alma levaram vocês à isso.

Então não se revoltem, porque alguns estão em casa e outros estão trabalhando. Cada um está onde tem que estar. Não julguem; não julguem os desígnios de cada alma, não julguem porque vocês não sabem de nada. Vocês pensam que sabem. Por tudo o que vocês aprenderam, vocês acham que já sabem tudo; ah, vocês não sabem nada. Porque as suas mentes ainda continuam sendo de Terceira, elas não mudaram. Então vocês ainda têm que crescer muito para pensarem da forma que nós pensamos.

Então meus irmãos, para finalizar este vídeo, pensem muito bem o que vocês emanam. Ouçam os seus corações. Deixem suas almas falarem. Sigam as suas intuições e vocês aprenderão como crescer rapidamente. Então para terminar este vídeo, alguns têm perguntado sobre a meditação do dia 4. Tudo será avisado ao seu tempo. Tudo será avisado. Então aguardem que estaremos juntos no momento adequado. Alguns estão colocando, se haverá deslocamento de tempo. O deslocamento de tempo existe exatamente para isso, para que aqueles que por algum motivo não possam participar no momento, possam se deslocar no tempo, e estarem junto com todo o grupo. Isto é perfeitamente correto.

Então, da mesma forma que iremos publicar todas as instruções, aguardem que terá o deslocamento de tempo também. Então meus irmãos, analisem muito bem o que disse aqui hoje; e mudem, mudem sua caminhada para melhor. Encham vários vasos por dia com coisas boas, encham. Isso será muito bom para cada um de vocês, e por consequência, bom para o Todo.

EU SOU O ARCANJO MIGUEL! Estou aqui para ajudá-los nessa caminhada, e cada vez mais, puxar todos vocês para o topo daquela pirâmide.


263 visualizações
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2016 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com