Arcanjo Miguel - As Religiões - I

Atualizado: 15 de mai.

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!

Vamos iniciar hoje, mais uma parte das religiões. Como eu já disse, não gosto muito aqui de ficar citando nomes, ficar remontando a história. É claro que em alguns pontos eu preciso citar nomes, para que vocês se organizem no tempo e no espaço. Já falei aqui das religiões africanas, que são bem antigas. Então muito já foi explicado. Então na mesma época que surgiu as religiões africanas, aqueles que haviam descoberto essas religiões como uma forma de manobra, resolveram ampliar isto pelo mundo. E aí vamos falar de Deuses; vamos falar de mitologia grega; vamos falar de uma série de crendices que foram criadas na época.

É como sempre tenho dito para vocês: a luz nunca esteve ausente no planeta. Nós sempre estivemos aqui de uma forma ou de outra, acompanhando o desenrolar do planeta; o desenrolar da expiação deste planeta. Porque como eu já havia dito aqui; este planeta era um planeta escola, onde as pessoas vinham para cá exatamente ressoar com os sentimentos da Terceira Dimensão. Muito bem. Tudo estava correndo bem. A manipulação que já estava iniciando, já havia sido contra balanceada. Como eu já expliquei em relação às religiões africanas, onde almas de luz passaram a incorporar nas pessoas, em detrimento daqueles seres que queriam que fossem apenas eles, a manipular as pessoas.

As crendices sobre deuses e deusas, com formas não humanas; não posso dizer para vocês que foram apenas crendices. Exatamente da mesma forma que nós equilibramos as religiões africanas, muitos seres de luz chegaram ao planeta. Para sempre mostrar, àqueles que estavam aplicando as provas e os testes, que eles não tinham o controle; que eles podiam realmente adotar algumas técnicas, mas que sempre estaríamos ali, mantendo o fiel da balança na posição 0.

Então eu posso afirmar para vocês, que muitos dos Deuses que vocês conhecem, não eram simplesmente lendas, nem imaginação de alguns. Eles realmente vieram para a Terra, para justamente manter este equilíbrio. Posso afirmar à vocês, que muitas de suas histórias, cinematográficas, de união desses seres com seres terrenos, isto nunca aconteceu. Não era essa a ideia. Então aí sim, tem uma produção de histórias, para exatamente tirar a força, a superioridade daqueles seres que aqui chegaram. Por que, o quê que isso, demonstra? Que um ser de altíssima dimensão, se deixaria envolver por um humano, com baixíssima frequência? Isto não tem o menor sentido! A tentação venceria eles? Então, isto não existe!

Os seres realmente aqui chegaram, implantaram algumas ideias, trouxeram desenvolvimento. Nada além disso. Sempre com o objetivo, de manter a balança equilibrada. Então, muitas crenças nos Deuses foram criadas. Exatamente aí, aprendeu-se: a adoração, a idolatria, a sempre imaginar que aquele Deus (quando digo Deus aqui, não é Deus Pai/Mãe, eram os deuses das mitologias antigas), era sempre imaginar que aqueles Deuses, para trazer algo de bom para a Terra, teriam que ter uma oferenda, teriam que ter algum sacrifício, para que eles pudessem agir.

Já comentei sobre isso aqui, mas não custa relembrar: nosso Deus Pai/Mãe, jamais mandaria seres de luz para o planeta, que exigissem sacrifícios de qualquer ordem; sejam sacrifícios de animais, sejam sacrifícios de humanos. Isto nunca foi da Luz. Então se sacrifícios eram feitos, em nome de um Deus, tenham certeza, de que nunca eram feitos para aquele Deus. Por detrás das cortinas, aquele sangue daquele indivíduo, daquele humano, ou daquele animal, tinha finalidade certa, que era manter os escuros vivos. Lembrem-se: muitos deles, para se manterem aqui no planeta precisavam disso; precisavam das substâncias que correm nas veias de vocês. Por isso o sangue, é uma coisa tão poderosa.

E cabe aqui uma pequena orientação. Seja em qual caso for, pequenos acidentes domésticos que vocês tenham, que se machuquem, e que haja a saída de sangue dos seus corpos, imediatamente envolvam aquele ponto em luz. Não deixem exposto. Não fiquem achando “bonitinho”, o sangue pingando. Eu diria para vocês (vou fazer uma comparação horrível, mas que vocês irão entender o porquê dela): na mesma forma que vocês foram ensinados, que os tubarões já atacam com vocês quando tem sangue (o que não é mentira, mas não do jeito que é feito nos seus cinemas); o cheiro de sangue, a energia do sangue de vocês, atrai toda a espécie de energias ruins. Então não se deixem atacar. Envolvam o que quer que seja; um pequenino corte, não importa. Ali tem a energia saindo, e é uma energia, que é sentida a muitas distâncias.

Então, cuidado! Cuidado quando vocês se cortam. Não deixem ser sugados, porque é isto que acontece! Inúmeros aparecem, para sugar aquele seu sangue, pois ele é o alimento, para eles. Não, não estou aqui colocando medo em ninguém. Eu estou ensinando, exatamente o que fazer; envolva o ponto em Luz. Simples assim. É como se vocês estivessem envolvendo, o ponto cortado numa atadura de luz. Acabou. O problema se foi.

Por que que grandes acidentes acontecem? Quanto sangue é expelido ali? Aí muitos, vão dizer: “Mas espera aí, não era a hora das pessoas morrerem?”. Sim, mas aquelas pessoas poderiam morrer, de uma outra forma. Então digamos que muitos, são cumpridas realmente a suas missões de tempo na Terra, mas poderiam ser de um outro jeito, sem ter escorrimento de sangue. Onde há sangue, há seres sugando. Pensem sempre isso; lembrem-se sempre disso. Então mesmo, que não sejam vocês: vocês viram alguém sangrando; envolvam aquele irmão em luz. Pratiquem um ato de amor. Pratiquem um ato de luz.

Então, esse era o objetivo dos sacrifícios. Não era para agradar Deus algum; era para agradar e para manter vivos eles mesmos, para que eles ti