Arcanjo Miguel ao Vivo 15-12-2021

Atualizado: 18 de jun.

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!


Algumas coisas eu não consigo aprender tudo, né? Eu acabo falando algumas abobrinhas, mas é bom! É bom que eu faço vocês rirem um pouco, gosto disso, gosto muito! Eu já disse isso aqui para vocês, nós não somos carrancudos, nem sérios o tempo todo, vocês não têm ideia! No Universo, nós rimos muito, gostamos de contar histórias. Sim, temos histórias para contar. Cada um de nós, de suas próprias vivências, de suas batalhas. É! Eu gosto muito de falar das minhas batalhas, mas não no sentido de vangloriar-me, nem de me achar superior porque venci todas, apenas, no sentido do aprendizado.


Agora, também falamos muita bobagem, sim! Gostamos de humor, gostamos de falar bobagem, de vez em quando, da mesma forma que vocês. Isso é bom para aliviar a alma, para esquecer os problemas, para levantar o astral, como vocês dizem. Aí, eu fico pensando: Levantar o astral, não é muito pesado? Porque o astral que nós entendemos é um reino muito poderoso, muito pesado e vocês usam direto essa expressão! Realmente, não entendo muito, mas ouço vocês dizendo e aí eu repito. Às vezes, eu sou que nem papagaio, eu repito o que vocês falam e vejo a reação. Se foi certo? Ótimo! Se não? Deixo para lá, vamos embora, continuamos falando bobagem, não tem problema! É onde muitos acham: “Ih, esse não é o Arcanjo Miguel, nunca! Como que ele vai falar tanta bobagem?” Infelizmente vocês foram habituados a acharem que Seres de Luz são aqueles que falam muito certinhos, não brincam, não falam nada errado! Ai, que coisa chata, isso! Seria muito chato se todos nós fôssemos assim. Então, é comum nós quebrarmos a seriedade, de vez em quando! É claro que, muitas vezes, temos que falar um pouco mais firmes, um pouco mais fortes com vocês, para que vocês escutem, para que vocês aprendam porque quando falamos algo que toca no coração, algo que mexe com a mente de vocês, aquilo fica! Muitas vezes, vocês têm até raiva: “Ai, levei mais uma bronca!” Vocês não gostam de levar broncas! Mas eu digo a vocês que não são broncas, são chamadas de atenção para que vocês andem no caminho certo, para que vocês andem na estrada, no lado correto, não andem pela contra-mão. Então, variamos o nosso humor, de acordo, com o que temos que falar. Já falei muita coisa engraçada, aqui nos nossos encontros e que vocês não esquecem, isso é muito bom! É sinal de que vocês não esquecem de mim, não esquecem das minhas palavras e tenho certeza que a maioria não esquece!


Estamos juntos há muito tempo! Não, eu não estou falando do tempo deste cana! Eu estou falando de tempos longínquos, em que batalhamos juntos! Sim, muitos de vocês, já batalharam ao meu lado, muitas vezes, apenas, vocês esqueceram. Mas, brevemente vocês se lembrarão e será uma glória, vocês se lembrarem de tudo o que viveram com cada um de nós! Muitos aqui viram aquele que chamaram de Jesus ser crucificado e, digo mais, muitos aplaudiram. Então, eu diria que, no momento em que vocês se lembrarem dessa cena, não se julguem, não sintam raiva de vocês mesmos. Naquele tempo, tudo foi manipulado para que acontecesse, daquela forma. Vocês bateram palmas porque acreditavam que Ele era realmente culpado. Não há julgamento! Nenhum de nós o julgará. Muitos foram discípulos Dele! Muitos estiveram, lado a lado com Ele, cresceram com Ele. Sim, muitos foram da família Dele. E todos vocês se lembrarão disso, lembrarão das vezes em que empunharam um espada, junto comigo ou das vezes que fizeram uma grande magia com Merlin ou das vezes que… Ah, vou deixar vocês curiosos! Maria não teve uma única encarnação, neste planeta! Ela esteve aqui, durante muitas vezes e vocês não sabem quem ela foi, mas saberão. E muitos de vocês viveram ao lado dela, como viveram ao lado de cada um dos Mestres Ascensionados, hoje! Isso é muito interessante.


Eu vou dizer para vocês que vocês se surpreenderão muito com o que vocês lembrarão de suas vidas. Mas eu digo a cada um de vocês: Não se julgue, não se aponte o dedo, não sinta raiva de você pelo que você fez no passado. Aquele tempo, era outro tempo, outra ideia, outros conceitos, outras leis. Houve um tempo em que se matava em nome de Deus e vocês acreditavam nisso! Que Deus mandava matar e vocês matavam. Hoje, alguns de vocês sabem que isso não é certo, que não era Deus que mandava matar e aí, o que vocês vão fazer a respeito? Vão se odiar? Vão se julgar? Vão se crucificar? De nada adiantará, porque o ato está feito, nada mudará o que vocês fizeram no passado. Então, o momento será de olhar para o passado e perdoar-se, entender que aquela foi uma outra época, outro caminho, outras ideias, outras crenças e agradecer sempre por terem chegado, hoje, até essa encarnação e poderem ter este conceito todo, essa sabedoria de saber que aquilo está errado. Olha que maravilha! Quantos morreram naquele tempo e não quiseram encarnar mais? Continuam ainda com aquelas ideias que tinham, naquela época, não evoluíram em nada! Vocês não! Vocês foram para frente e chegaram até os dias de hoje! Olhem o que vocês estão vivendo? Este contato tão próximo conosco, com cada um de nós, isso nunca aconteceu!


Então, percebam o quanto vocês evoluíram, o quanto as suas almas caminharam, o quanto as suas almas cresceram, o quanto as suas almas melhoraram nos seus conceitos, nas suas formas de ser. Então, não cabe a vocês julgá-las, foram outros tempos, foram outras encarnações, outros caminhos, não importa, não importa mais. O que importa é seguir adiante, é olhar para frente. E olhar para frente são decisões novas e o que não fazer. Tudo o que vocês fizeram, lá atrás de errado, não repitam, aprendam a não repetir, saibam que era errado. Hoje, vocês têm essa consciência, então não repitam. E é dessa forma que vocês irão evoluindo, que vocês irão para frente, que vocês crescerão naquela estrada para a Quinta Dimensão.


Ouçam com atenção o que Ashtar tem a dizer, hoje. São palavras muito sábias de alguém que já está neste mundo, há muito tempo! De alguém que viu muitas eras, de alguém que viu vocês evoluindo ao longo do tempo. Então, ele tem todo o poder, todo conhecimento para dizer o que disse. Então, cada um de vocês está, nesse momento, fazendo uma escolha! Ir ou não ir para a Quinta Dimensão! E como ir para a Quinta Dimensão? Procurando não repetir os erros passados da sua alma e das suas próprias consciências atuais. Então, vocês, hoje, sabem o que é certo e o que é errado. Se ainda repetem? Sinal de alerta, acende uma luz vermelha! Porque vocês precisam aprender e não repetir mais. Entendemos que não é fácil! Vocês foram acostumados a péssimos hábitos, péssimos! Exatamente hábitos que tiraram o poder de vocês. O hábito de depender do outro, isto é um problema muito sério entre vocês. Vocês não conseguem se ver como almas isoladas, vocês sempre têm que depender da opinião de alguém, do que o outro vai achar, do que o outro pensa, sempre! Vocês nunca se bastam, tem sempre que ter alguém envolvido na história e essa dependência tira o poder e a sabedoria de vocês porque vocês raramente escutam os seus corações, vocês escutam o que o outro diz, a opinião dele, a visão dele, não a sua! Porque você tem que agradá-lo, você tem que bajulá-lo, então, você faz o que ele quer. Onde está o seu amor-próprio? Onde ficou? No meio do caminho? Então, pare de olhar para o outro e olhem para dentro de vocês, esse é o momento de vocês acharem o elo perdido de suas almas. Sim, vocês têm um elo com suas almas