Arcanjo Miguel - Os Conselhos Universais

Atualizado: 30 de Out de 2019


Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!

Vamos retomar as nossas aulas. Eu já estava sentindo falta dos nossos assuntos. Vamos elevar um pouco as nossas vibrações. Chega de tanta confusão. As coisas vão se acalmar; as coisas vão se organizar; e pronto, tudo continuará da melhor forma possível. Na melhor forma que vocês encontrarem. Tudo vai dar certo. Então continuando os nossos ensinamentos.

Hoje, vou continuar o que eu estava falando da última aula, em que eu falei sobre mim; sobre nós os Arcanjos. Então eu vou continuar um pouco nesse assunto. Como eu já disse, nós os Arcanjos, somos um desdobramento de nosso Deus Pai/Mãe. Então, não somos um pedaço dele; somos uma parte que se desdobrou para que nós saíssemos, para que nós fossemos criados. Eu vou usar os termos mais comuns na linguagem de vocês. Então vamos lá! Foi um pedaço de nosso Deus Pai/Mãe que se multiplicou para que nós fossemos criados; não apenas nós; muitos outros Arcanjos. Não somos os quatro únicos que temos todo este poder; não, existem “n” outros; muitos outros. Só que pelo conhecimento, e pelo interesse de diminuir o nosso poder, fomos colocados, misturados com “n” outros Anjos, numa categoria, vamos dizer assim, das mais baixas entre as hierarquias conhecidas como angelicais.

Sim, existem Hierarquias entre nós, mas não Hierarquias como vocês conhecem. Não Hierarquias de tamanho, nem de poder, não, o que vocês costumam chamar de Hierarquia, nós entendemos como grupos; grupos de seres Angelicais, que cada grupo tem determinada função. Então não existe aqueles mais fortes, aqueles menos fortes. Cada grupo tem a sua incumbência. Cada grupo tem a sua função. É o que eu digo para vocês: vocês têm sempre que criar alguma coisa para entender o que acontece. Como sempre o poder vem a mente de vocês, vocês colocam como hierarquia para quê, vocês entendam como graus de poderes. Interessante. Muito interessante.

Então, os Querubins, os Tronos, os Principados, Arcanjos, Anjos; não existe hierarquia de poder; não existe aqueles que estão mais altos; aqueles que estão mais baixos. Cada grupo tem uma função. Ninguém é melhor que ninguém, porque este sentimento não existe em nosso Deus Pai/Mãe. Não existe ele criar grupos de seres melhores que outros; não, este nivelamento por poder não existe para nós, seres de luz. Somos todos iguais perante o Pai. Não existem sentimentos de inferioridade; nem sentimentos de superioridade. Isto é coisa da cabeça de vocês, porque vocês tinham que nos colocar de alguma forma; então saíram inventando grupos de poder.

Então estou lhes dizendo que isto não existe. Cada grupo de nós se preocupa com determinados aspectos da vida humana; da vida de todos os seres. Eu já disse para vocês: vocês não são os únicos no Universo. Então vocês não têm, os Arcanjos, os Querubins, os Tronos presos à vocês tomando conta apenas de vocês; eles têm todo um Universo para tomar conta. Eles têm todo um Universo para controlar. Não controlar no amplo sentido da palavra que vocês conhecem, de manipular, de exigir que seja feito que eles querem; não, é o controle para que o equilíbrio aconteça; é o controle do equilíbrio; não o controle da manipulação; nem o controle pela escravidão.

Todos trabalham no sentido de manter este Universo em equilíbrio; de criar sempre as situações, as regras; sim, o Universo também tem regras, mas não regras impostas. São regras que são apreciadas por um grande Conselho. Então vamos começar a falar sobre determinados aspectos do que acontece à sua volta. Sim, nosso Deus Pai/Mãe, é onipresente, onipotente, onisciente; sabemos de tudo isso, mas ele não é egoísta, ele não é egocêntrico, e nem quer cuidar de tudo. Não, ele separou determinados grupos para que o ajudem a comandar tudo neste mundo; todo o Universo.

Então existem vários Conselhos, e que muitos de vocês já ouviram falar nos Conselhos de Anciães. Por que Anciães? Porque nesses postos a experiência é que conta, e não, não venham com as mentes de limitantes de vocês acharem que porque são velhos, estão ultrapassados, pois o que vocês chamam de velhos, aí no seu planeta, nós chamamos de anciães. E esses Anciães nunca param de aprender; nunca param de se atualizar. Então eles sim, possuem todo o conhecimento necessário para opinar e para orientar, o que deve ser feito nas situações de conflito do Universo. São regras, ensinamentos que são passados de grupos em grupos.

Então não existe aquela possibilidade de um Ancião ter uma opinião própria, porque todas as decisões são tomadas em conjunto, para o bem do Todo. Então não existem decisões unilaterais; não existem decisões individuais; todos são ouvidos. Este Conselho é composto de muita gente, e todos têm direito à fala; todos têm direito de opinar, e tudo é decidido quando o Todo entra em consenso. Enquanto um, deste Conselho não concorda, o assunto não é encerrado, porque não pode haver discordância. Todos têm que estar plenamente envolvidos na decisão, mas envolvidos no amor; na ideia de que aquilo que está sendo decidido é bom para o Todo; não bom para si mesmo.

Então se tem um, que não está confortável, que não concorda, a decisão não é encerrada. Voltamos a conversar, porque talvez ele esteja percebendo alguma coisa que os outros não estejam. Então sempre estamos prontos para ouvir, e o que ele não concorda, nós analisamos; e muitas vezes acontece, de vermos mais alguma coisa que tinha passado. Então percebam meus irmãos, não existe conflito, não existe atrito. As decisões têm que ser tomadas em uníssono. Não existem decisões, meio a meio; não existem decisões 51 A 49; não, existem somente decisões 100%; onde todos os seres que estão ali concordam com que está sendo decidido. Porque se fosse permitido um único ser, ser vencido na sua ideia, aquilo gera um desequilíbrio, e aquele ser poderá expandir esse desequilíbrio para o Universo e não é isso que nosso Deus Pai/Mãe quer. Ele quer sempre o equilíbrio.

Então nestes Conselhos é assim que as coisas são decididas. E o que é decidido nesses Conselhos? A criação de novos sistemas; como está a expansão do Universo; como está cada planeta. Cada planeta, cada sistema solar, é analisando. De tempos em tempos, eles voltam a pauta para que sejam analisados, como está o andamento daquele grupo. Caso haja algum desequilíbrio, atitudes são tomadas. Eu ainda não cheguei na história do seu planeta. Então aguardem. Eu estou chegando lá, mas ainda não cheguei.

Então tudo é analisado, calmamente. Então existem vários Conselhos. Existe um conselho maior que é o Conselho dos Anciães, que é quem vamos dizer assim, para que vocês consigam entender, que são aqueles que criam as regras; que criam todas as decisões para que o equilíbrio aconteça. Muito bem, a partir daí, outros Conselhos menores recebem essas determinações, e isso é passado para cada grupo de Subconselhos, e por aí vai.

Existem vários tipos de conselhos. Tem os Conselhos da Vida, aqueles que se preocupam apenas com as almas; aqueles que se preocupam em popular os planetas; aqueles que se preocupam em criar as almas. Então, é um Conselho bastante complexo, com o que vocês chamam de geneticistas, para criar os corpos; imaginar os corpos ideais; as carcaças ideais para cada habitat de planeta. Eu poderia até dizer para vocês que vocês têm primos muito próximos, com esta mesma estrutura molecular que vocês têm, em outros planetas.

Então eu posso afirmar que existem outros planetas muito parecidos com o planeta Terra. Com toda essa profusão de água, terra, vegetais, animais, e cujos seres que o habitam, são muito parecidos com vocês. Poderia até dizer que são idênticos, mas não, não existem seres idênticos. Cada planeta tem exatamente o ser apropriado para habilitá-lo, dentro da zona do Universo. Então esse Conselho, é o Conselho responsável por popular os planetas; por popular o Universo.

Então, quando o grande Conselho de Anciães resolve: “Bom, vamos criar um novo sistema solar”; muito bem, esta ordem é passada para este Conselho da Vida, e eles começam a ver... É passado para eles quantos planetas; como são os planetas; tudo direitinho, e eles começam o trabalho deles. Onde vocês vão imaginar que existem o Conselho dos planetas, dos Astros, porque nem tudo são planetas. Então o Conselho dos Astros, começa a criar os sistemas solares de acordo com a zona do Universo; de acordo com o propósito, porque nada é criado sem propósito.

Ah, Deus hoje acordou entediado e resolveu criar um sistema solar. “Ah, hoje eu vou criar um sistema com 30 planetas”. Aí fala para o Conselho de Anciães: “Pessoal, cria aí um sistema com 30 planetas”. Não gente; não é assim que funciona. Deus não tem essas vontades. Isso não é uma vontade como vocês imaginam. “Estou entediado, vou fazer alguma coisa”. Não, não, não, não, não é isso. Tudo tem um propósito; tudo tem uma razão. Então todos os astros, todas as galáxias, todos os sistemas solares... Porque nem todos os sistemas são solares. Existem sistemas que não precisam da luz do sol. Hum...muita gente pensando: “Se não tem a luz do Sol, eles são geridos pelo quê? Pela escuridão?”. Não, existem outras formas de luz, não apenas a luz estelar. Chegarei lá. Então voltando ao Conselho dos Astros; este conselho recebe a ordem e começa a planejar um novo sistema, seja o que for.

Aí temos o Conselho, eu não vou chamar aqui de Conselho da Guerra, não, porque nós não temos guerras; nós não visualizamos guerras. Então o nome deste Conselho, é Conselho da Ordem. Este Conselho é que é o responsável por manter a ordem no Universo. É este conselho que cria as armas, que cria as naves, que cria todo o maquinário para que possamos manter o Universo em equilíbrio. Aí já tem muita gente aqui pensando: “Epa! Vocês criam armas, mas como?”. Meus irmãos, vou fazer apenas uma única pergunta: “Vocês não têm armas? Vocês não criaram armas?”. Vocês hoje têm armas capazes de derrubar uma nave, e nós vamos ficar fazendo o quê? Assistindo de fora, vendo os nossos soldados morrerem pelas armas de vocês?

Então sim, temos que ter armas para lutar, para nos proteger. E tenham certeza disso, infelizmente, infelizmente o seu Universo está em constante batalha, porque o Universo não é composto apenas de seres de luz; se fosse praticamente nós não teríamos função. Sim, eu digo nós, porque vocês podem imaginar que eu pertenço à esse Conselho. Eu sou um dos Generais deste Conselho.

Agora que fique muito claro uma coisa, nós não batemos o martelo: vamos criar uma guerra. Não, não existe invasão, não existe domínio. Não da nossa parte. As nossas armas são exclusivamente para defesa. Nós jamais atacamos um planeta, ou um astro, qualquer que seja, ou não seríamos parte de nosso Deus Pai/Mãe. Então não existe planejamento de atacar lugar algum. Nós apenas observamos e quando se faz necessário, aí sim, nós atacamos; mas isto é quase que raro.

Muito bem, um outro Conselho; é o Conselho da... das Almas, mas não o Conselho da Vida que cria essas almas. É o Conselho das Almas, aonde ficam os seus Registros Akáshicos. Esse Conselho é responsável pelo Akasha do Universo. Ali estão os Mestres Akáshicos, que cuidam de cada alma deste Universo, e a partir destas informações é possível se saber exatamente a quantas anda todo o Universo; o que se passa dentro de cada alma. Não existe barreira entre uma alma e o seu Mestre Akáshico. Ela pode ser aprisionada o quanto for, a conexão com o Mestre Akáshico nunca é eliminada; nem bloqueada. Exatamente para que ele possa saber tudo que aquela alma está passando.

Então eu posso dizer para vocês que esse Conselho é um dos maiores que temos; porque vocês imaginem a quantidade de almas que existe neste Universo. Se vocês aqui num único planeta já são bilhões, imagina no Universo todo. E é a partir daí, dessas informações de cada uma das Almas, que todo o planejamento acontece. É a partir daí que se consegue o equilíbrio. Eu não teria como explicar aqui de que forma, mas apenas digo à vocês, que através dessas informações que se sabe exatamente aonde o Universo está em desequilíbrio. Porque, se temos um grupo de almas volumoso em um dado local todas emanando a mesma coisa, acende um alerta vermelho; muito parecido com o que vocês têm aí na Terra. Ficamos atentos. Ali tem um desequilíbrio grande. Então algo tem que ser feito.

Então é desta forma que tudo que acontece no seu planeta, e em todos os outros, é trazido até nós. É através dessas informações, que são atualizadas dentro do tempo de vocês, segundo a segundo. “São computadores que processam essas informações?”. Claro que não, isso tudo é energia, apenas isso, energia. E o somatório dessas energias é que nos dá a visão exata do que está acontecendo e aonde.

Existem outros Conselhos menores, como os Conselhos de Organização. Sim temos que nos organizar, planejar, aonde as coisas vão acontecer; é como se fosse um grande mapa, em que aquele Conselho está focado em saber exatamente aonde está cada coisa. Ali tem a informação da menor partícula desse Universo mapeada e catalogada. Esses são os principais Conselhos que existem. Aos poucos eu vou falando um pouco mais sobre as funções de cada um.

Então acho que por hoje já tem bastante coisa para vocês pensarem, para vocês analisarem. Pensem a respeito. Tudo é muito grandioso. Tudo é imenso. Mas tudo é feito para o equilíbrio. Infelizmente não conseguimos equilibrar 100%, porque... vocês sabem por quê. Existe o contraposto de tudo isso, que um dia vou explicar para vocês, como isso tudo nasceu. Como o mal... o que nós chamamos de mal e vocês também, se originou. Já que nosso Deus Pai/Mãe é puro amor. O mal não nasceu dele. Então aguardem as próximas aulas.

EU SOU O ARCANJO MIGUEL! Estou aqui, sempre pronto, para ajudar cada um de vocês a ampliar seus horizontes.



142 visualizações
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

CNPJ - 29.898.085/0001-59 - Anjos e Luz Terapias - RJ

Copyright 2016 - Anjos e Luz Terapias - Todos os Direitos Reservados à www.anjoseluz.com